Notícias

Sinergias

29.12.2005


  PARTILHAR



Vítor Andrade

A UNIVERSIDADE da Beira Interior e a Câmara Municipal da Covilhã juntaram-se para realizar quatro projectos na área florestal. Do trabalho conjunto deverá resultar a produção de biocombustíveis e materiais para a construção civil a partir de resíduos florestais e ainda o desenvolvimento de um sistema de vigilância de matas e florestas com detecção de incêndios.

Este é um bom exemplo do que deve ser a investigação académica ao serviço da sociedade civil. Não menos importante é ainda a possibilidade que se abre de, com esta iniciativa, novos postos de trabalho poderem surgir nesta região afectada pela desertificação.

E não se trata de um trabalho qualquer, pois estamos a falar de mão-de-obra altamente qualificada para explorar as potencialidades de um dos recursos que começa a escassear na região: a floresta. Parabéns aos promotores da iniciativa. E que tenha um efeito multiplicador.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT BANKING SECTOR-PSA BANK

Spring Professional Portugal

ARCHITECT / PROJECT MANAGER

Michael Page Portugal

ASSISTANT ACCOUNTING CONTROLLER

Spring Professional Portugal