Notícias

Como encontrar um emprego na silly season?

Como encontrar um emprego na silly season?

Se pensa que o Verão é uma época morta para quem procura emprego, desengane-se. Este pode ser o momento ideal para você conseguir a carreira que tanto ambiciona ou dinamizar a sua estratégia de abordagem ao mercado. A silly season já não é o que era para os recrutadores, desde o momento que as contratações acontecem à escala global.
18.08.2011 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



O mund o não pára só porque está calor e Portugal também não, muito embora durante anos no mês de agosto fosse quase proibitivo falar de trabalho. Com a gestão das carreiras a acontecer cada vez mais a uma escala global, a silly season deixou significar um travão na atividade da contratação. Por isso, se pensa meter férias na sua atividade de procura de emprego, desista. Esta pode ser a melhor altura do ano para redifinir a sua estratégia, reatar contactos e preparar o seu regresso ao mundo do trabalho.

Em muitas empresas, a tradicional silly season (como são apelidados os meses de verão), continua a fazer jus ao nome: nada acontece. Contudo, são cada vez menos as organizações que optam por encerrar os seus serviços nesta época do ano. Tal como as empresas aproveitam cada vez mais o verão para delimitar estratégias de competitividade e abordagem ao mercado, também os profissionais não devem negligenciar o imenso potencial desta época do ano para procurar emprego. Yves Turquin, managing director da Transitar, empresa especializada em outplacement e transição de carreira, “o verão pode ser uma excelente época para estabelecer novos contactos e dinamizar a procura de emprego”.

O especialista explica que “são cada vez menos as empresas que encerram no verão, pelo que este poderá ser um excelente momento para avaliar potenciais trabalhos e enviar candidaturas espontâneas e personalizadas”. E o managing director reforça a ideia de que “o facto de ser verão e de muita gente estar de férias não significa que as empresas estejam paradas ou mesmo que não estejam a recrutar”. Na verdade, uma redução da atividade dá mais tempo às empresas para avaliarem propostas e conhecerem candidatos. Para além disso, a rentrée que se segue imediatamente ao verão, é sempre uma época privilegiada para o recrutamento, pelo que investir nesta altura e fazer “o trabalho de casa” pode ser bastante útil.

O poder do networking informal

A disponibilidade para alargar a sua rede de contactos é talvez um dos grandes trunfos que esta época do ano oferece. É perfeitamente possível aproveitar o verão para apanhar sol, descansar, ir à praia ou passar uns dias no campo e, ao mesmo tempo, tornar o tempo de lazer e confraternização numa ferramenta de grande valor para alcançar um novo emprego.

Segundo Yves Turquin, “esta é uma ótima altura para estabelecer contactos, reatar contactos antigos com amigos, ex-colegas e conhecidos. As pessoas acabam por se encontrar de um modo muito informal e natural”. Contudo, o especialista alerta: “é óbvio que esses contactos não devem ser abordados para pedir diretamente um emprego, mas podem ser muito úteis para abrir algumas portas ou até obter algumas informações preciosas sobre empresas de recrutamento”, razão pela qual recomenda que estes contactos sejam reforçados pois através deles pode surgir uma possível entrevista e uma oportunidade.

Importante mesmo nesta altura é que você consiga aproveitar o verão para se reposicionar no mercado. É obrigatório manter-se informado e atualizado sobre o mercado laboral e sobre as empresas para as quais envia candidaturas. Deve também definir os seus objetivos e delimitar que contactos vai fazer, as cartas que vai enviar e as empresas que quer conhecer. O verão dá-lhe tempo para tudo isto e permite-lhe
preparar-se competitivamente para a rentrée.


DICAS

Aproveitar o verão para repensar a sua estratégia de procura de emprego, ampliar a sua rede de contactos e pesquisar mais sobre as empresas a que se quer candidatar, pode fazer toda a diferença. Para os especialistas que este é o melhor momento para se preparar para a rentrée.

Invista no seu networking
O verão apela à informalidade e pode ser muito vantajoso aproveitar estes encontros descontraídos para transmitir a sua mensagem. Naturalmente não irá contactar os seus amigos ou ex-colegas para pedir uma oportunidade de emprego, mas tem mil e uma formas ao seu dispor para fazer passar a sua mensagem de disponibilidade e aproveitar para saber mais sobre as empresas onde estão e eventuais oportunidades de recrutamento. Aproveite estes encontros na praia, cinema ou numa esplanada para não deixar fugir as oportunidades. Daqui pode resultar uma hipótese de entrevista.

Estabeleça contactos, marque encontros
Com as pessoas de férias, a disponibilidade para conversar (nem que seja pelo telefone) também é maior. O que faz desta uma excelente altura para estabelecer contactos empresariais, e não só. É também uma altura onde acabamos por encontrar familiares e amigos cujos contactos podem vir a ser preciosos. Aproveite a época para estreitar os laços de proximidade que tem negligenciado.

Não hesite em pedir informações
Não tenha medo que se informar ou pedir conselhos sobre a procura de emprego. Na verdade esta é a melhor época do ano para o fazer. Obter mais dados sobre o mercado na sua área de atividade, sobre as empresas onde gostaria de trabalhar e julga existir uma oportunidade para si e sobre os seus procedimentos em matéria de recursos humanos e seleção, é vital para perceber a melhor forma de abordar uma organização, departamento ou responsável. Procure saber qual é a política da empresa em matéria de recrutamento, quem é o responsável e qual o seu percurso profissional, o seu perfil, os seus hóbis, o que valoriza num candidato. Estes dados podem ajudá-lo a personalizar a sua candidatura e a torná-la mais eficiente junto de quem recruta.

Mantenha o contacto
Após entrar em contacto é fundamental não o perder. Peça cartões de visita aos novos contactos que possam dar apoio na procura de emprego. Deve registar tudo o que possa ser relevante para contactos futuros. Organize um diário com os contactos realizados, os assuntos abordados, interesses comuns e demais temas de conversa. Os detalhes marcam a diferença e podem abrir-lhe muitas portas no mundo do trabalho.

 



OUTRAS NOTÍCIAS
O negócio que veio para lhe facilitar a vida

O negócio que veio para lhe facilitar a vida


Esta é uma empresa que preenche as necessidades de quem tem uma vida atarefada e procura, acima de tudo, qualidade de vida. E este é para Pedro Santos Serra, o cartão de visita qu...

Portugueses temem menos a mudança laboral

Portugueses temem menos a mudança laboral


Que a formação e a qualificação profissional são importantes, ninguém questiona. Mas quando o objetivo é mudar ou progredir na carreira o que determina a oportunidade é mesmo a experiência profissiona...

ISCTE fomenta empregabilidade

ISCTE fomenta empregabilidade


O Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) acaba de lançar o Laboratório de Competências Transversais (LCT) para formar estudantes, execu...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO