Notícias

Profissionais à escala global

O «startracker» é uma exclusiva rede de contactos «online».
14.12.2007


  PARTILHAR



Marisa Antunes
São gestores de topo, CEO, investigadores, médicos, universitários, artistas. Em comum partilham o alto nível de formação académica, a experiência ou apetência por uma carreira internacional e o facto de alguém os considerar uma autêntica mais-valia na sua área profissional. Partilham ainda algo mais: uma rede social de contactos através da Net, criada há pouco mais de um mês pela Jason Associates, empresa de consultoria e gestão de talentos.

“O sítio thestartracker.com é uma plataforma tecnológica que pretende colocar em rede os altos quadros portugueses que exercem a sua actividade profissional pelo mundo fora. Um dos objectivos é proporcionar uma relação profícua entre os talentos portugueses que trabalham nos vários pontos do globo”, sumariza Tiago Forjaz, «partner» da Jason Associates, que esteve em Londres no início da semana onde apresentou o projecto a um grupo de 200 personalidades do mundo empresarial e não só, actualmente a viver em solo britânico.

Ser português e ter uma perspectiva global de vida académica, estudantil ou profissional, são pois condições fundamentais para se pertencer a esta rede de contactos «on-line».

Com um ritmo de crescimento de 50 novos membros por dia, a Startracker é uma «networking» privada, com acesso muito restrito e que teve como ponto de partida os cerca de 2000 convites a membros fundadores que foram escolhidos, na sua maioria, da base de dados da empresa de consultoria.

Cada membro poderá, por sua vez, convidar mais três pessoas que cumpram os requisitos-base: qualificações adequadas, elevado poder de compra e mobilidade geográfica. “É nossa intenção manter a rede exclusiva, por isso, para se ser um membro é necessário ser convidado por outro membro”, sublinha o responsável. Apesar da selectividade, só no espaço de mês e meio, a nova rede tinha, ao fecho desta edição, 1175 novas adesões, numa proporção de dois terços de membros a trabalhar em Portugal e um terço a exercer a sua actividade fora do país.

Ainda que o potencial ao nível de contactos profissionais seja uma das principais mais-valias, Tiago Forjaz sublinha que a plataforma não é uma feira de emprego. Pretende-se que seja acima de tudo uma “rede social criada para portugueses, que represente também um ponto de encontro seguro e com benefícios directos, além de permitir o fomento da imagem que o mundo tem dos portugueses”, acentua o responsável da Jason.

Assim, além das oportunidades profissionais, é também possível criar fóruns, procurar apartamentos, organizar jantares, jogos de futebol ou encontros culturais e sociais com outros portugueses que vivam na mesma cidade.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTING QUALITY CONTROLLER

Spring Professional Portugal

ASSISTANT ACCOUNTING CONTROLLER

Spring Professional Portugal