Notícias

Microsoft forma diretores ecolares

Microsoft forma diretores ecolares

Arranca a 16 de fevereiro a segunda edição do Programa Líderes Inovadores através do qual a Microsoft formará 100 diretores de escolas e agrupamentos do ensino básico e secundário em competências como a liderança, inovação, marketing e comunicação
03.02.2011 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



A Microsoft lançou esta semana a segunda edição do Programa de Desenvolvimento Líderes Inovadores, que realiza em parceria com o Ministério da Edução. Depois do sucesso alcançado na primeira edição, o programa vai envolver este ano uma centena de diretores de escolas e agrupamentos do ensino básico e secundário. A meta é ampliar as capacidades de liderança e inovação destes profissionais, potenciando a criação e implantação de novos planos de melhoria nas escolas do país.
Em 2010 o Programa Líderes Inovadores, lançado como programa-piloto pela Microsoft Portugal em parceria com o Ministério da Educação, formou 50 diretores de escola, entre 240 candidatos. A iniciativa teve um impacto direto em cerca de 7900 professores, mais de 67 mil alunos e 329 escolas em todo o país. Para a edição 2011 que agora arranca, prevê-se um impacto muito superior. Segundo a Microsoft Portugal, a edição deste ano vai abranger 100 diretores de escola e “constitui claramente uma aposta redobrada no número de formandos, mas também nos novos conteúdos procurando uma maior dinâmica de partilha e interação”.

À semelhança do que aconteceu na edição anterior, o Programa Líderes Inovadores 2011 será composto por um conjunto de workshops nas áreas da Gestão, Liderança, Marketing e Comunicação. Estes workshops serão ministrados por especialistas nacionais e internacionais e segundo José Manuel Canavarro, coordenador científico do programa e professor da Universidade de Coimbra “prevê-se igualmente a criação e implementação de um Plano de Melhoria em áreas previamente identificadas e que será acompanhado pelos líderes empresariais”. De acordo com o responsável, “esta metodologia de conhecimento/ação pretende ser um contributo para a promoção de uma nova dinâmica de mudança e inovação nos estabelecimentos de ensino espalhados pelo país”. Diz José Canavarro que “os gestores das escolas, muitas vezes professores chamados à responsabilidade da gestão, têm neste programa uma oportunidade de se desenvolverem enquanto líderes e aplicarem de imediato novas metodologias e programas de mudança com alcances imediatos”.

A primeira sessão de formação deste programa arranca a 16 de fevereiro. O programa será desenvolvido em três etapas e além dos workshops, os diretores deverão desenvolver e aplicar nas suas escolas um plano de melhoria. Este processo, com data de conclusão prevista para dezembro deste ano, culmina com uma fase final de avaliação e implementação dos projetos em cada estabelecimento de ensino. A formação tem um total de 150 horas distribuídas por vários módulos - workshops, formação online, trabalho autónomo, criação e implementação do plano de melhoria. A meta é promover uma maior responsabilização e proatividade aos profissionais da educação e, consequentemente, uma mudança organizacional nas escolas. Em matéria de temáticas abordadas, foram reavaliados alguns conteúdos e nesta edição a formação em Marketing e Comunicação surge reforçada em paralelo com um novo tema dedicado ao desenvolvimento de competências pessoais para diretores.

Para Manuel Esperança, diretor da Escola Secundária Gomes Ferreira e Presidente do Conselho de Escolas, “as instituições lideradas pelos participantes neste programa vão ter uma mais-valia, vão ficar muito mais ricas, porque certamente a sua qualidade vai melhorar”. Uma opinião totalmente corroborada por José Manuel Canavarro que relembra que “a grande ambição deste programa é a melhoria do funcionamento das escolas e para se fazer melhor é preciso estar-se capacitado para mudar, inovar e liderar”. O coordenador científico do programa acrescenta ainda que “o Programa Líderes Inovadores não é um programa de formação tradicional, é um programa de capacitação no qual os que já lideram, intervém e melhoram as nossas Escolas, treinam as suas capacidades e enriquecem as suas competências”.



OUTRAS NOTÍCIAS
Emprego certo ainda antes do final do curso

Emprego certo ainda antes do final do curso


A adversidade que caracteriza a conjuntura económica nacional não atinge todos os recém-licenciados. 85% dos finalistas do Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Em...

“Há cada vez mais alunos com metas internacionais”

“Há cada vez mais alunos com metas internacionais”


No último concurso nacional de acesso ao ensino superior, a Business School do ISCTE (IBS) preencheu logo na primeira fase a totalidade das suas vagas. Esta unidade orgânica do Instituto...

Lay-off poupa empregos

Lay-off poupa empregos


Entre 2008 e 2009, a aplicação do lay-off em Portugal evitou que 564 empregos fossem extintos. A notícia é avançada pela Organização para a Coopera&cce...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ARQUITETO GRÂNDOLA

Michael Page Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER BEJA

Michael Page Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER PORTALEGRE

Michael Page Portugal