Notícias

“Há que encarar a adversidade como uma oportunidade”

“Há que encarar a adversidade como uma oportunidade”

Cristina Teixeira é diretora de recursos humanos da consultora tecnolóica agap2. Uma empresa que, garante, tem processos de recrutamento contínuo.
24.11.2011 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



É engenheira informática de formação, mas a sua paixão é a gestão das pessoas e do talento. Um desafio quotidiano que motiva Cristina Teixeira, a jovem diretora de Recursos Humanos da consultora tecnológica agap2. Gere uma equipa de 300 pessoas, com uma média de idades bastante jovem, que em Portugal asseguram o funcionamento da empresa.

Na agap2 o perfil dos colaboradores é muito uniforme: são maioritariamente engenheiros informáticos com idades entre os 25 e os 29 anos. Mas não se pense que isto facilita o trabalho diário de Cristina Teixeira. Não. A diretora de recursos humanos da empresa reconhece o imenso desafio que é motivar uma equipa em época de adversidade e assume mesmo que essa é, neste momento, a sua grande missão na consultora. “Conseguir chegar a todos os colaboradores de igual forma, sem que ninguém fique esquecido ou se sinta prejudicado é um desafio tão grande como motivar os colaboradores e fazê-los sentirem-se orgulhosos de pertencer a esta equipa”, reconhece a diretora de RH adiantando que “gerir pessoas nem sempre é fácil e numa empresa de cariz humano como esta, em que todos nos conhecemos bem e nos relacionamos com muita proximidade, torna-se difícil por vezes conciliar o lado profissional com o lado mais racional e emotivo”.

Atrair e reter os melhores talentos é também para Cristina Teixeira um desafio. Na empresa que ajuda a gerir os processos de recrutamento são contínuos e estão sempre em aberto. “Sempre que identificamos bons consultores e que vejamos como possíveis agapianos, recrutamos”, explica. E nem sequer existe um limite definido para os recrutamentos, segundo diz. “O facto de termos um processo de recrutamento contínuo permite-nos contratar nas mais diversas áreas dentro das nossas competências, sendo que a área de desenvolvimento é a que mais se destaca e também a mais procurada”, enfatiza Cristina Teixeira.

Entrevistas de cariz técnico e pessoal, com diferentes pessoas-chave dentro da empresa, compõem o processo de recrutamento desta empresa que seleciona candidatos, sobretudo, para a área de desenvolvimento (.NET, java), mas também para outras áreas como CRMS, infra-estruturas e segurança. O relacionamento estreito com as universidades de referência é uma das fontes da empresa para atrair os melhores talentos nacionais, mas uma boa média não basta para chegar aos quadros da empresa. Para além das competências técnicas, a agap2 valoriza a atitude e o espírito de equipa. Ser dinâmico, persistente, ter muita atitude e um bom relacionamento com os demais são características fundamentais para conseguir um lugar na consultora.

E numa altura particularmente adversa, a diretora de recursos humanos acredita que “a melhor estratégia que um candidato deverá ter para conseguir um emprego deverá ser saber encarar a adversidade como uma oportunidade, ser empreendedor, tolerante e saber gerir as suas frustrações para que as mesmas não se espelhem na sua atividade do dia-a-dia”.

Cristina Teixeira
36 anos
Diretora de RH da agap2

Formação:
É licenciada em Engenharia Informática pela Escola Superior de Tecnologia de Castelo Branco

Percurso:
Tinha 25 anos quando iniciou a sua carreira profissional na Espírito Santo Informática como analista programadora, inserida num projeto Datawarehouse. Mas foi o contacto com a tecnologia Microstrategy que acabou por lhe ditar a carreira. Assumiu funções de desenvolvimento e administração deste projeto da área da banca e mais tarde rumou ao Luxemburgo onde passou pelas áreas de telecomunicações e transportes. Chegou à equipa da agap2 em 2006, como consultora especialista Microstrategy, acabando mais tarde por alcançar a função de manager, tendo como principais responsabilidades a definição e otimização de processos de gestão, prospeção de mercado e angariação de novos clientes, recrutamento e seleção de consultores, bem como a gestão e acompanhamento de clientes e consultores. Hoje lidera os recursos humanos da empresa.

Princípio de gestão quotidiano:
“Gerir a satisfação e motivação das equipas, promovendo o acompanhamento contínuo das pessoas e das suas carreiras”, enfatiza.

Desafio atual:
Manter todos os colaboradores motivados e orgulhosos em pertencer à equipa da agap2.

Hóbis:
O cinema é o seu hóbi de eleição, mas aquele a que dedica mais tempo é a passear o seu cão Mikas. Algo que também gosta muito de fazer. O desporto fica de fora da sua lista de atividades.

Família:
Solteira, sem filhos.



OUTRAS NOTÍCIAS
“É fundamental aceitar as regras e a mentalidade”

“É fundamental aceitar as regras e a mentalidade”


Já lá vão mais de duas décadas desde que Sónia Horn trocou Portugal pela Alemanha. Na altura, a decisão foi mais que óbvia e até natural: acompa...

MOVE PME para empresários de Santarém

MOVE PME para empresários de Santarém


Com inscrições abertas até ao final desta semana, o curso gratuito e financiado pelo POPH (Programa Operacional Potencial Humano), tem vindo a ter uma procura crescente em relação às edições anteriore...

Trabalhadores são cada vez menos leais às empresas

Trabalhadores são cada vez menos leais às empresas


Poderá ser excessivo apelidar esta geração de colaboradores de “trabalhadores sem medo”, mas a realidade é que em todo o mundo o nível de comprometimento e lealdade dos funcionários com as empresas on...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


FISH NATIONAL SALES MANAGER ALGARVE

Michael Page Portugal

COLABORADORES

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA