Notícias

Emergência médica em curso

Emergência médica em curso

Está já em marcha a primeira joint-venture formativa que associa o INEM a uma instituição de ensino tendo em vista a formação de profissionais de saúde na área da emergência médica, o ICBAS.

09.08.2013 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



O Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto (ICBAS) e o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) assinaram um protocolo de cooperação que permitirá assegurar a formação e qualificação dos profissionais de saúde. A parceria entre as duas entidades no domínio do ensino e da investigação, prevê a realização de cursos de pré e pós graduação nas áreas da urgência e emergência médica. Segundo as instituições, esta “é a primeira parceria que o INEM estabelece com uma faculdade de medicina para este efeito e os seus benefícios diretos serão notórios para a emergência médica em Portugal”.

O protocolo assinado entre o ICBAS e o INEM será posto em prática, numa primeira fase, através da participação de profissionais do INEM num Mestrado de Emergência e Catástrofe. Mas as instituições agora parceiras pretendem alargar esta colaboração ao ensino da emergência médica no âmbito da licenciatura em Medicina lecionada no ICBAS. Paralelamente, “está também prevista a utilização de instalações para fins de ensino e investigação de ambas as entidades, tendo em vista o incentivo de projetos e trabalhos de investigação sobre a área da emergência médica, de âmbito nacional e internacional”, adiantam as instituições que querem também apostar na promoção de eventos científicos, colóquios e seminários.

Ensino e investigação saem reforçados
Enquanto unidade orgânica da Universidade do Porto, o ICBAS assume-se como uma escola universitária e centro de ensino, investigação científica, cultura e prestação de serviços à comunidade. Razão pela qual a recente parceria assume para a instituição uma importância acrescida, tendo em conta aquela que é também uma prática corrente na instituição que congrega docentes e investigadores de diferentes áreas, promovendo e estimulando o intercâmbio constante de conhecimentos e experiências. É de resto nesta lógica que se insere a intenção de ambas as instituições de promover ao abrigo deste protocolo a realização de eventos científicos capazes de estimular a partilha de know-how. Segundo as instituições, “o protocolo assinado surge do interesse do ICBAS e do INEM em manter uma estreita cooperação que permita racionalizar os recursos humanos técnicos e materiais, tendo em vista um ensino e uma investigação mais eficazes”. As primeiras iniciativas a realizar ao abrigo deste protocolo terão lugar já nos próximos meses.



OUTRAS NOTÍCIAS
Empresas nacionais renovam talento

Empresas nacionais renovam talento


Fruto da atual conjuntura económica e do cenário nacional em matéria de emprego, a típica sazonalidade dos meses de verão está a esbater os habituais picos de...

ISCAP forma em finanças

ISCAP forma em finanças


O Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP) vai lançar no próximo ano letivo o curso de especialização em Gestão Financeira ...

Frutas e legumes entregues à porta de casa

Frutas e legumes entregues à porta de casa


Existe uma quinta no Minho que pertence à família e grande parte das pessoas com que convivem, queixavam-se da qualidade de alguns produtos alimentares consumidos na capital. Com base ne...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT BANKING SECTOR-PSA BANK

Spring Professional Portugal

ARCHITECT / PROJECT MANAGER

Michael Page Portugal

ASSISTANT ACCOUNTING CONTROLLER

Spring Professional Portugal