Notícias

Casais: o desafio da gestão global de carreiras

Casais: o desafio da gestão global de carreiras

É engenheiro civil de formação e foi ao serviço do Grupo Casais, em Marrocos, que descobriu a sua vocação para a gestão de pessoas. Álvaro Fernandes lidera desde 2014 a direção corporativa de Recursos Humanos do Grupo Casais. A  seu cargo tem em Portugal uma equipa de 540 profissionais que se eleva para os 3448, nos 13 mercados onde a empresa de construção está presente. Em 2015, a meta é elevar estes números e uniformizar as políticas de recursos humanos da empresa em todas as geografias onde atua.

03.04.2015 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Recrutar e formar equipas locais em Marrocos foi, assumidamente, o maior desafio profissional de Álvaro Fernandes na sua faceta de diretor de recursos humanos. O engenheiro civil de 39 anos, recorda que na altura que aceitou o desafio de operacionalizar a construção dos sistemas de captação e abastecimento de água entre a barragem de Macherâ hamedi e Oujda, em Marrocos, (obra adjudicada à Casais), “não existia mão-de-obra qualificada na área”. Sem meios humanos ou materiais para executar o projecto, não restou a Álvaro Fernandes outra solução a não ser formá-los. “Formei agricultores e pastores transformando-os em carpinteiros de cofragem, armadores de ferro, pedreiros, eletricistas e canalizadores”, relembra confessando que ai que descobriu a sua vocação para recrutar e liderar pessoas. Hoje gere 540 no Grupo Casais em Portugal com missão de as desenvolver e potenciar o crescimento da empresa.?

Com processos de recrutamento permanentemente a decorrer não só para Portugal como para as restantes 13 geografias onde o grupo Casais atua, Álvaro Fernandes prepara para 2015 um reforço de 700 novos profissionais para a sua equipa, a nível global. Um número que se enquadra na estratégia de expansão que a marca nacional tem vindo a registar nos últimos anos. “Se fizermos uma análise aos últimos quatro anos, entre janeiro de 2011 e 2015, evoluímos de 2039 para 3448 colaboradores”, explica.

No grupo, existem três grandes grupos de carreira - carreira de gestão, carreira técnica e área produtiva/operacional - e é nessa áreas que o diretor recruta preferencialmente, procurando identificar profissionais de excelência, não só em território nacional como internacional. De resto, como realça, fruto da presença internacional da firma, uma das suas grandes missões no cargo que ocupa é a “uniformização da política de recursos humanos em todos os países onde o Grupo Casais tem atividade”.

?Colocar “as pessoas certas nos lugares certos” tem sido o seu desafio de carreira e Álvaro Fernandes confessa que a missão não surge isenta de dilemas. “Enquanto engenehiro civil e diretor corporativo de RH do grupo, a minha maior dificuldade é saber lidar com vários perfis de pessoas, cumprir prazos e orçamentos e saber identificar a estratégia adequada para cumprir os objetivos da empresa”, confessa. Exigência que, aparentemente, tem conseguido cumprir com sucesso já que a empresa foi este ano distinguida com o prémio de Melhor Política de Recrutamento e Retenção de Talentos, na categoria de grande empresa, pela iniciativa Master do Capital Humano, promovida pelo International Faculty for Executives.

Álvaro Fernandes
39 anos
Diretor Corporativo de Recursos Humanos do Grupo Casais 

Formação: 
É licenciado em Engenharia Civil.

Percurso:
O primeiro contacto que teve com o mundo do trabalho foi aos 13, na área da agricultura. Enquanto estudante, trabalhou em consultoria e já licenciado, esteve envolvido em vários projetos como engenheiro civil. Destacam-se neste leque o novo Estádio de Braga (no âmbito do Euro2004), o Metro do Porto, os Sistemas Intermunicipais do Minho e Lima,vários edifícios industriais, hospitais, lares, hotéis e obras de arte. Do seu percurso faz ainda parte uma missão em Marrocos, onde desenvolveu projetos como a captação e abastecimento de água potável entre a Barragem Machera Hamedi e Oujda, para a ONEP (Organismo Nacional de Água Potável de Marrocos), que abastece mais de um milhão de pessoas, ou a execução de vários hotéis emblemáticos como o La Mamounia, o Four Seasons Resort, entre outros, em Marraquexe. Desde setembro de 2014 que lidera a direção corporativa de Recursos Humanos do Grupo Casais.

Desafio atual:
Uniformizar a política de recursos humanos em todos os países onde o Grupo Casais tem atividade e, simultaneamente, estar atento aos novos mercados onde a empresa possa identificar e recrutar os melhores recursos humanos. “Colocar as pessoas certas nos lugares certos”, realça.??

Áreas de recrutamento:?
Engenharia (civil, eletrotécnica, mecânica), arquitetura e área produtiva/operacional.



OUTRAS NOTÍCIAS
50 empresas de sonho para candidatos de topo

50 empresas de sonho para candidatos de topo


São 50 e não será exagero dizer que fazem parte das ambições de carreira de qualquer jovem candidato a gestor. Sem surpresas, o gigante tecnológico Google vol...

Engenheiros de novo na mira das empresas

Engenheiros de novo na mira das empresas


No último mês, o Expresso Emprego divulgou 2403 ofertas de emprego através da sua versão impressa e da plataforma online expressoemprego.pt. Do total oprtunidades anunciadas...

Gestão de eventos inspira master executivo

Gestão de eventos inspira master executivo


É a mais recente aposta formativa da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) e foi desenvolvido em parceria com o Observatório de Investigação...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT BANKING SECTOR-PSA BANK

Spring Professional Portugal

ARCHITECT / PROJECT MANAGER

Michael Page Portugal

ASSISTANT ACCOUNTING CONTROLLER

Spring Professional Portugal