Notícias

Advogados: que competências procura o mercado?

Advogados: que competências procura o mercado?

A consultora de recrutamento na área jurídica FIND acaba de lançar um novo programa de consultoria de carreira para jovens advogados que querem integrar o mercado de trabalho e profissionais experientes à procura de novas oportunidades de carreira.

11.12.2015 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



A entrada no mercado de trabalho deve começar a ser preparada logo no primeiro ano de licenciatura. Esta é a convicção de Filipa Mendes Pinto, sócia fundadora da FIND, a empresa nacional de recrutamento exclusivamente orientada para contratação de profissionais na área da advocacia e assessoria jurídica. Foi a partir desta ideia que a especialista estruturou um programa de consultoria e aconselhamento de carreira que visa conduzir os profissionais num processo de autoanálise identificando as competências que devem desenvolver e aperfeiçoar para integrar o mercado laboral, ou mudar o rumo da sua carreira. “Espelho meu, para o mercado, como sou eu? dá o mote ao novo serviço que a FIND acaba de lançar em Portugal.

“Trata-se de um novo serviço que consiste numa avaliação, com uma metodologia individualizada e personalizada, dirigida a licenciados em Direito que se preparam para entrar no mercado de trabalho”, explica Filipa Mendes Pinto, garantindo que o programa e a metodologia em que está estruturado “não exclui profissionais mais seniores e experientes que procurem novas oportunidades profissionais ou uma mudança no rumo da sua carreira”. O programa ficou disponível na passada semana e a líder da FIND diz-se satisfeita com o interesse que está a suscitar entre os candidatos. “Hoje, além da componente técnica que é naturalmente determinante, as competências comportamentais são determinantes no recrutamento de um advogado e cada vez mais valorizadas pelas organizações”, reforça Filipa Mendes Pinto.

Segundo a especialista em recrutamento, nos dias de hoje, um advogado tem de ser um profissional cada vez mais completo. “Isso verifica-se na competência técnica – deve ser um bom jurista (conhecedor das leis) e sempre um solucionador de problemas – mas, sobretudo, deve ser versátil na capacidade de relacionamento interpessoal, na capacidade de negociação e argumentação, deve conseguir ler ‘o outro’ para preparar a sua atuação, deve abordar as questões de forma objetiva, pragmática e sempre orientada para a sua resolução”, explica apontando os principais requisitos que as empresas colocam aos candidatos no momento de contratar e, simultaneamente, algumas das competências a trabalhar que a FIND se propõe trabalhar com os candidatos. Através do programa de avaliação agora lançado a FIND pretende dar aos candidatos “um feedback prático sobre as sua competências pessoais e profissionais, com o objetivo de produzir resultados concretos na sua valorização para o mercado de trabalho”, explica Filipa Mendes Pinto.

Numa primeira fase, o candidato passa por uma sessão de avaliação focada no diagnóstico dos seus pontos fortes e daqueles que deverão ser alvo de melhoria. Nesta etapa, a FIND recorre a metodologias combinadas que integram um questionário de personalidade e a entrevista por competências. Posteriormente, é realizada uma segunda sessão de trabalho com os candidatos na qual são transmitidos os resultados do diagnóstico e entregue um relatório final personalizado, com propostas de valorização pessoal para efeitos profissionais. O objetivo do programa passa por “levar o candidato a alcançar uma imagem clara das suas capacidades atuais e mapeamento do seu potencial futuro”, explica Filipa Mendes Pinto, reforçando que o modelo de abordagem definido permite ainda “determinar as lacunas entre o perfil de competências atual do candidato e as exigências do mercado, identificando as suas mais-valias, o que o diferencia e as suas necessidades de valorização”. Componentes que considera essenciais para uma abordagem ao mercado de trabalho bem-sucedida. O primeiro trimestre de 2016 marcará o lançamento em pleno deste projeto que, reforça a líder da FIND, vem complementar o trabalho que a empresa continua a realizar nas faculdades nacionais de Direito, sensibilizando os alunos para as questões da carreira e do mercado nacional desde o início da sua formação.



OUTRAS NOTÍCIAS
CINEL renova certificação em Micro-soldadura

CINEL renova certificação em Micro-soldadura


Os processos de certificação, quer de técnicos quer de laboratórios, são a atividade âncora do Centro de Formação Profissional da Indústri...

Consultoria: a nova estratégia das contratações

Consultoria: a nova estratégia das contratações


Quando em janeiro iniciar a sua próxima ronda de contratações para a empresa, Margarida Dias, diretora de Recursos Humanos da consultora EY, estará focada em identificar na...

Que empregos querem os millennials

Que empregos querem os millennials


“Profissionais mais jovens, que cresceram numa Era em que a flexibilidade é a regra, esperam encontrar essa mesma flexibilidade no seu contexto profissional”. Esta é uma das ...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


COLABORADORES

AGIF, I.P.

Comerciais

ERA Imobiliária