Notícias

“É com as pessoas que se estabelecem e atingem metas”

“É com as pessoas que se estabelecem e atingem metas”

A seguradora Zurich tem um novo diretor de Recursos Humanos. Nuno Oliveira transita do Grupo Logista e liderará na seguradora uma equipa de 473 colaboradores. desenvolvê-los de modo a que possam tirar o melhor partido do seu potencial colocando-o ao serviço da empresa é a grande missão do diretor.

29.08.2014 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Acaba de assumir a liderança da Direção de Recursos Humanos da seguradora Zurich Portugal, sucedendo no cargo a Cláudia Vajão, e diz-se focado no desenvolvimento dos quadros da empresa como elemento potenciador do crescimento do negócio da marca. Para Nuno Oliveira, “o grande desafio é encontrar ferramentas que garantam o foco da empresa e o envolvimento com as pessoas à medida que a organização vai crescendo e adaptando-se ao mercado”.

Foi até aqui diretor corporativo de Recursos Humanos para a Gestão de Topo e do Talento, em acumulação de funções com o cargo de diretor de Recursos Humanos, do Grupo Logista. A mudança de área de atuação não intimida o gestor que aos 36 anos já soma no currículo a direção e coordenação de Recursos Humanos e recrutamento de empresas como o Grupo Luís Simões, a Otis Elevadores, a empresa de gestão e contabilidade Gesbanha ou a Marinha de Guerra Portuguesa, onde integrou a divisão de pessoal. Para Nuno Oliveira, todos os desafios que abraçou até à data, sem exceção, contribuíram de forma efetiva para o seu crescimento como pessoa e como profissional. Uma perpetiva que procura passar às equipas com as quais trabalha.

Focado em integrar-se plenamente no dia-a-dia da Zurich e nas práticas da empresa, no mais curto espaço de tempo possível, o recém-nomeado diretor que passará a liderar os processos de contratação e gestão de talento da seguradora enfatiza que “a estratégia do Grupo Zurich está assente numa forte focalização no investimento e desenvolvimento dos seus colaboradores, procurando cada vez mais ter áreas técnicas, comerciais e de suporte dotadas de profissionais especializados”. A preocupação da empresa em “reter os melhores profissionais” será por isso um dos pilares-ãncora da política de gestão de recursos humanos que Nuno Oliveira consolidará no terreno. Porém, o diretor não fecha as portas a novas contratações: “reforçamos as nossas equipas sempre que é identificada essa necessidade, recorrendo quer a profissionais do sector, quer a jovens estagiários que procuram a primeira experiência profissional”, explica acrescentando que “é com as pessoas que se estabelecem e atingem as metas da empresa”.

A Zurich privilegia a mobilidade interna dos seus profissionais e possui uma plataforma interna própria onde os colaboradores podem aceder, em primeira-mão, às oportunidades existentes nos vários departamentos da empresa. Quando tem de contratar, o foco é regra geral “as áreas mais técnicas e comerciais, à semelhança do que sucede em todo o sector segurador”, explica Nuno Oliveira. Nos últimos anos a empresa tem apostado também na realização de estágios, em parceria com universidades mais também escolas de ensino profissional. Uma política que se tem revelado uma importante fonte de recrutamento para a empresa.


Nuno Oliveira
36 anos
Diretor de Recursos Humanos da Zurich em Portugal

Formação:
É licenciado em Psicologia das Organizações e do Trabalho pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias e pós-graduado em Gestão e Avaliação da Formação e em Gestão de Recursos Humanos e Benefícios Sociais. Possui ainda um mini-MBA de Liderança pela IESE - Escola de Negócios da Universidade de Navarra.

Percurso:
Iniciou a carreira como estagiário de Psicologia das Organizações e do Trabalho na Divisão de Pessoal da Marinha de Guerra Portuguesa, mas no currículo soma outros desafios. Integrou o departamento de RH da Gesbanha, foi responsável pela área de recurtamento da Otis Elevadores e gestor de RH no Grupo Luís Simões, além de diretor de RH do Grupo Logista.

Princípio de gestão:
“Não está em causa aquilo que fazemos, mas sim a forma como o faremos”.

Competências que valoriza:
“Integridade, trabalho em equipa e orientação para a excelência”.



OUTRAS NOTÍCIAS
Nova SBE quer alunos a testar as suas ambições

Nova SBE quer alunos a testar as suas ambições


Levar os estudantes a perceber “a importância de conhecerem o que são, onde querem chegar e qual o caminho a percorrer desde os primeiros momentos” foi a ambição...

Brasil para executivos portugueses

Brasil para executivos portugueses


Chama-se “Managing in Brazil” e é a mais recente aposta da Porto Business School na internacionalização dos executivos portugueses. A instituição vai pro...

Contratar para criar conhecimento

Contratar para criar conhecimento


Uma empresa jovem, 100% portuguesa que privilegia os recursos que crescem dentro da empresa. É desta forma que o CEO Miguel Pina Martins define o posicionamento da Science4you, o marca lusa que...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Arquiteto

Anónimo

Colaborador

Anónimo

Comercial / Diretor(a) Comercial

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA