Notícias

Santa Casa atribui bolsas de formação

Santa Casa atribui bolsas de formação

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa vai atribuir 30 bolsas de estudo a alunos do primeiro ciclo da Escola Superior de Saúde de Alcoitão. O objetivo é não só premiar o talento e o mérito académico, mas também minimizar a percentagem de jovens que abandonam o ensino por dificuldades económicas.

27.06.2014 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



O projeto anunciado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) que viabiliza a atribuição de 30 bolsas de estudo a estudantes da Escola Superior de Saúde de Alcoitão (ESSA) tem início já no próximo ano letivo e abrangerá 30 estudantes do primeiro ciclo dos cursos de Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Terapia da Fala, num total de dez alunos por cada curso. O objetivo da SCML é distinguir e recompensar o mérito e o aproveitamento escolar de cada um dos alunos, mas segundo a instituição “a iniciativa permite contribuir para reduzir o número de jovens que abandonam a sua formação por incapacidade financeira das famílias e promover o acesso da educação a um maior número de jovens”.

A ESSA foi criada há 50 anos pela SCML, destacando-se como a primeira instituição a promover a qualificação de profissionais nas áreas da fisioterapia, terapia ocupacional e terapia da fala. Atualmente integra o cluster da instituição, destacando-se pelas elevadas taxas de empregabilidade dos seus alunos. Segundo os últimos dados da Direção-geral de Estatísticas Educação e Ciência, a empregabilidade dos alunos licenciados pelas ESSA nestas áreas é de quase 98%. Um número que contrasta com o cenário visível noutras áreas e que terá pesado agora na decisão da SCML de atribuir as 30 bolsas previstas para o próximo ano.

Cinco mil euros por aluno
Cada uma das bolsas previstas representa um montante de cinco mil euros por aluno. “A atribuição destas bolsas será da competência de um júri nomeado, anualmente, pela SCML, por proposta do Conselho de Gestão da ESSA”, explica a SCML em comunicado. Poderão candidatar-se a este programa de apoio à formação todos os estudantes que cumpram os requisitos de um regulamento que a ESSA tornou público através do seu site e onde se destacam, por exemplo, um limite máximo de idade de 19 anos (até 31 de dezembro do ano em que se candidatam), terem frequentado o 12º ano no ano em que se candidatam ou terem apresentado nesse ano candidatura a um dos três cursos da ESSA.



OUTRAS NOTÍCIAS
Que tipo de treinador é o seu chefe?

Que tipo de treinador é o seu chefe?


A firmeza e o estilo agregador de Scolari, a liderança democrática e participativa de Del Bosque ao permitir que os membros da equipa participem no processo de decisão, a discipli...

Fibra ótica gera 150 empregos

Fibra ótica gera 150 empregos


O sucesso alcançado por Portugal na área das Redes de Fibra FTTH está sobretudo sustentado nos investimentos realizados ao longo dos últimos anos por empresas como a Vodafo...

Nestlé quer criar 20 mil empregos até 2016

Nestlé quer criar 20 mil empregos até 2016


A Nestlé vai apresentar na próxima semana a iniciativa “Aliança para a Juventude”. O programa tem uma implantação europeia e resulta da adesão da ...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

COUNTRY ACCOUNTANT

Spring Professional Portugal