Notícias

Resíduos hospitalares motivam curso

Resíduos hospitalares motivam curso

A Universidade Católica quer ensinar os hospitais a gerir melhor os gastos com o tratamento dos seus resíduos.
06.10.2011 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Em Portugal, cada cama de hospital gera, em média, 16 quilos de resíduos diariamente. Um volume de desperdícios que tem vindo a crescer e que tem repercussões financeiras e ambientais importantes. Para minimizar este impacto, o Instituto de Ciências da Saúde (ICS) e a Escola Superior de Biotecnologia (ESB) da Universidade Católica do Porto estão a promover uma formação na área da sustentabilidade, subordinada ao tema “Redução do Desperdício nos Hospitais”. O curso arranca já a 12 de outubro e promete reunir uma extensa lista de formandos com perfis ligados à área hospitalar. Com os custos associados aos cuidados de saúde a crescer de forma insustentável, ganha particular importância formar os agentes especializados sobre novas formas, metodologias e procedimentos que permitam tratar os resíduos hospitalares minimizando os custos associados a este processo. Para a organização do curso trata-se de levar os participantes a “repensar as rotinas e metodologias adotadas pelas instituições de saúde em Portugal, no que diz respeito ao tratamento de resíduos”. A formação apostará essencialmente na análise dos hábitos que contribuem para o agravament da despesa e para a poluição do ambiente, sem comprometer a qualidade dos cuidados de saúde prestados aos doentes. Ao todo, o curso divide-se em dez módulos que incidirão maioritariamente sobre as problemáticas estruturantes nesta área. A esterilização, o reprocessamento de dispositivos de uso único, a qualidade do ar e a eco-eficiência são algumas das matérias que estarão em destaque neste curso com a chancela da Universidade Católica. A formação que arranca já este mês e para a qual a instituição está a ainda a receber candidaturas, funcionará em regime presencial a partir do Campus Asprela, mas todas as aulas do curso “Redução do Desperdício nos Hospitais” podem ainda ser acompanhadas online, numa transmissão que será feita para os vários pólos regionais da Universidade Católica, em Lisboa, Viseu e Braga. O objetivo é, garante a instituição, “permitir aos alunos aceder aos conteúdos lecionados e interagir em tempo real”. Além destes pólos, a formação poderá ser seguida, de igual modo, em todos os centros hospitalares do continente e ilhas. A Escola Superior de Biotecnologia integra a Universidade Católica no Porto e o suporte científico aos vários cursos que leciona é assegurado pela investigação desenvolvida no seu Centro de Biotecnologia e Química Fina, que detém atualmente o estatuto de Laboratório Associado ao Estado.


OUTRAS NOTÍCIAS
Construção recupera dinâmica nas contratações

Construção recupera dinâmica nas contratações


Os dados mais recentes, avançados pela Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário (CPCI), revelam que o sector perde quatro empresas e cerca de 14...

460 mil portugueses estão na mira do novo programa do Governo

460 mil portugueses estão na mira do novo programa do Governo


Portugal tem, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), 460 mil profissionais desempregados há mais de seis meses, mas apenas 35 mil serão alvo do programa anunciado esta semana pelo m...

OIT alerta para agravamento do desemprego em 2012

OIT alerta para agravamento do desemprego em 2012


O setor do emprego deveria crescer 1,3% a cada ano até 2015, para conseguir recuperar os 21 milhões de empregos perdidos pela crise, mas as previsões da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e d...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ADVOGADO(A) PRIVATE CLIENTS

Michael Page Portugal

ANALISTA SAP - TORRES VEDRAS

Michael Page Portugal

AREA SALES MANAGER - PORTUGAL

Michael Page Portugal