Notícias

Quadros públicos em formação

Quadros públicos em formação

Chama-se APEX – Aliança para a Promoção de Excelência na Administração Pública e resulta da iniciativa do Ministério das Finanças e da Deloitte, em parceria com várias universidades nacionais e escolas de negócios nacionais. A meta é formar quadros superiores e dirigentes da Administração Pública.
03.05.2012 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Há mais de 200 cursos previstos, num investimento total previsto de 1,8 milhões de euros, com a meta de promover a excelência da gestão e prestação de serviços na administração pública. A Católica Lisbon School of Business and Economics, a EGP – University of Oporto Business School, a Universidade Lusíada, a INDEG/ISCTE Business School, o ISLA, o Instituto Superior de Economia e Gestão, a Faculdade de Economia da Universidade do Porto, o Instituto Superior de Ciências Sociais e Politicas, são algumas das instituições parceiras da APEX e irão proporcionar aos quadros da administração pública a frequência de programas de formação de executivos, em paralelo com quadros de empresas privadas. Cada um dos cursos inscritos nesta iniciativa tem um número de vagas reservado para os profissionais da administração pública, cabendo a seleção final dos candidatos a cada instituição. Os candidatos beneficiarão de um desconto de 80% na grande maioria dos programas das várias escolas de negócios e universidades nacionais aderentes. O valor da formação é maioritariamente assegurado pelas instituições de ensino parceiras, ficando o restante a cargo dos candidatos. A APEX terá inicio nos cursos contemplados neste ano letivo e poderá ser prolongada mediante acordo entre as várias instituições parceiras. Entre a oferta dos mais de 200 cursos disponíveis, estão formações na área da gestão, economia, liderança, marketing, direito, sistemas de informação, inovação, imagem, comunicação, contabilidade, auditoria, finanças, saúde e segurança no trabalho, relações internacionais, psicologia e muitas outras. Os elementos da administração pública podem candidatar-se a cursos relevantes para a sua função atual ou determinantes para a progressão futura da sua carreira. Segundo o Ministério das Finanças, é fundamental para a administração pública formar os seus quadros numa ótica de excelência e há uma clara vantagem em expô-los ao que de melhor se pratica na formação de gestores e executivos no sector privado. Foi com base nesta premissa que foi materializada a criação da APEX e elabora a lista de cursos já disponível publicamente junto das várias instituições parceiras ou a partir do site do Governo de Portugal.


OUTRAS NOTÍCIAS
Economia verde cria 25 milhões de novos empregos

Economia verde cria 25 milhões de novos empregos


Está em marcha o que muitos já apelidam de terceira revolução industrial. Uma revolução centrada nos princípios ecológicos e na designada economia verde que já emprega perto de três milhões de profiss...

425 mil portugueses querem trabalhar mais

425 mil portugueses querem trabalhar mais


Há portugueses com vontade de trabalhar muito mais. Os últimos dados do Eurostat revelam que em 2011, o país tinha 425 mil trabalhadores a tempo parcial insatisfeitos com os seus horários e com vontad...

Médio Oriente recruta em Portugal

Médio Oriente recruta em Portugal


Este não será, muito provavelmente, o destino mais linear para a maior parte dos portugueses quando a meta é emigrar. Os conflitos existentes, as diferenças culturais e o f...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Marketing Nearshore

Körber Supply Chain PT S.A

PROCESS ENGINEER - VILA REAL

Michael Page Portugal