Notícias

Os melhores MBA do mundo

Os melhores MBA do mundo

Tirar um MBA (Master Business Administration) está na moda, mas não é um MBA qualquer. Para garantir que o seu currículo seja de facto valorizado pelos principais recrutadores, o mais importante não é o Master que tira, mas sim a escola que frequenta.
25.03.2011 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Valorizar num processo de recrutamento os detentores de um MBA é uma tendência cada vez mais comum, mas para Fernando Neves de Almeida, country president da Boyden, “o que as empresas continuam mesmo a valorizar é o conhecimento e a qualificação e o MBA é sempre sempre uma valorização desde que seja tirado em instituições de referência”. E esta questão da referência tem vindo a assumir uma importância crescente, à medida que os MBA's proliferam pelas instituições de ensino. Para não investir dinheiro em vão, o melhor é olhar para os rankings das universidades mais pontuadas nesta matéria. E há várias tabelas de referências, uma delas é o ranking mundial dos 100 melhores MBA, elaborado pelo Financial Times (ver caixas). Fernando Neves de Almeida, que frenquentou o primeiro MBA português, na Universidade Católica, assegura que os principais empregadores não tiram os olhos desta tabela no momento de recrutar.

O especialista é presidente do The Lisbon MBA Alumni Club, que hoje é lançado, unindo numa rede social estratégica os formandos do The Lisbon MBA, o MBA nacional nascido da fusão entre a Católica-Lisbon e a Nova SBE, em colaboração com o MIT, Sloan School of Management. Fernando Neves de Almeida refere que em Portugal existem escolas de referência e que o ensino nacional tem vindo a captar cada vez mais estudantes estrangeiros. “Ao contrário do que acontecia há alguns anos, hoje temos MBA's totalmente lecionados em inglês e que conseguem já captar a atenção de públicos internacionais”.

Apesar disso, os empregadores nacionais valorizam sobretudo as instituições pontuadas pelos rankings internacionais. E esta lógica já passa também para as licenciaturas. Mais importante do que ser engenheiro, é ser engenheiro licenciado por uma determinada universidade.As escolas norte amercicanas dominam a lista, mas na Europa há também já exemplos que sobressaem. E se Fernando Neves de Almeida afirma claramente que para os recrutadores, “hoje a instituição é amis importante do que o MBA”, António Saraiva, diretor-coordenador de Recursos Humanos da PwC tem outra psotura no momento de contratar para asua equipa.

“É de facto imprescíndivel optar por uma instituição de referência, até porque o investiemnto num MBA é significativo e é fundamental que cumpra padrões de elevada qualidade. Mas, pensamos que a instituição não deve ser o único factor a valorizar. O percurso profissional e o sucesso alcançado pelos alumni, devem ser igualmente tidos como indicadores de diferenciação”, refere António Saraiva.

O especialista alerta ainda que “na atual conjuntura de crise o MBA não deve ser visto numa perspetiva de garantia de empregabilidade, uma vez que o desempreho não poupa os mais qualificados. Um investimento num programa com estas especificidades, deve ser perspetivado como uma ferramenta de desenvolvimento de competências de gestão, liderança que contribuem para acriação de valor acrescentado em qualquer parte do mundo”. Por outras palavras, o retono pode não ser imediato.

Ranking Mundial


1. London Business School (Reino Unido)
2. University of Pennsylvania : Wharton (EUA)
3. Harvard Business School (EUA)
4. Stanford University GSB (EUA)
5. Insead (França/ Singapura)
6. Columbia Business School (EUA)
7. IE Business School (Espanha)
8. MIT Sloan School of Management (EUA)
9. University of Chicago : Booth (EUA)
10. Hong Kong UST Business School ( China )
11. Iese Business School (Espanha)
12. Indian School of Business (Índia)
13. NewYork University : Stern (EUA)
14. Dartmount College : Tuck (EUA)
15. IMD (Suíça)
16. Yale School of Management (EUA)
17. University of Oxford : Said

Ranking Europeu

1. London Business School (Reino Unido)
2. Insead (França/ Singapura)
3. IE Business School (Espanha)
4. Iese Business School (Espanha)
5. IME (Suíça)
6. University of Oxford : Said (Reino Unido)
7. HEC Paris (França)
8. Esade Business School (Espanha)
9. University of Cambridge : Judge (Reino Unido)
10. Rotterdam School of Management (Holanda)
11. Cranfield School of Management (Reino Unido)
12. Imperial College Business School (Reino Unido)
13. SDA Bucconi (Itália)
14. Manchester Business School (Reino Unido)
15. City University : Cass (Reino Unido)
16. Warwick Business School (Reino Unido)
17. University of Strathclyde Business School (Reino Unido)
18. Aston Business School (Reino Unido)
19. Durham Business School (Reino Unido)



OUTRAS NOTÍCIAS
UMinho regista 62 patentes

UMinho regista 62 patentes


A Universidade do Minho figura entre as instituições de ensino com mais patentes registadas em Portugal. Entre 2001 e 2010, a instituição deu entrada com 87 pedidos de pate...

77,9% querem mudar de emprego

77,9% querem mudar de emprego


Empregadores e candidatos tecem queixas de falta de confiança na economia nacional, mas a verdade é que 2011 pode não vir a ter um saldo tão negativo quanto se esperava em ...


"O maior valor de um candidato é não desistir"


A PwC emprega em Portugal cerca de 800 quadros, maioritariamente colocados na sede da empresa em Lisboa. Uma população empresarial predominantemente jovem, onde a média de idades ...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Arquiteto

Anónimo

Colaborador

Anónimo

Comercial / Diretor(a) Comercial

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA