Notícias

O que diz a sua linguagem corporal?

O que diz a sua linguagem corporal?

A True Skills e a Microexpressões Faciais vão lançar em Portugal um inovador curso na área da linguagem corporal e expressões faciais.
29.11.2012 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Distinguir a verdade da mentira pode ser vital para o sucesso de um negócio ou para os resultados de uma empresa. Dois parceiros de peso – a True Skills, marca do universo Olisipo, especializada em gestão e desenvolvimento de competências, e a Microexpressões Faciais, que atua no mercado nacional em colaboração exclusiva com o Center for Body Language, com sede na Bélgica – estruturaram um plano de formação e treino centrado na temática da Linguagem Corporal e Micro Expressões, com enfoque no universo empresarial. Detetar a verdade e a mentira, criar uma confiança empresarial sólida e tirar melhor partido de áreas como a liderança, vendas, negociação, orientação de equipas, gestão de conflitos e apresentações em público são os grandes objetivos desta formação. Segundo António Sacavém, criador da Microexpressões Faciais, “todos os dias ouvimos entre quatro a 200 mentiras. Imagine que seria capaz de detectar até 80% dessas mentiras e perceber o que os outros pensam e sentem, através da leitura das micro expressões faciais e linguagem corporal das pessoas”. Uma possibilidade que já não está no domínio do improvável, uma vez que de acordo com o especialista, “esta é uma área estudada pela ciência há mais de 50 anos”. Para partilhar o seu conhecimento, António Sacavém, que é especialista em linguagem corporal, conduzirá em conjunto com a sua equipa de formação e com o suporte da True-Skills, uma conjunto de formações empresariais que permitirão aos participantes a aquisição de novas competências, para que possam tirar maior partido do seu potencial em áreas como a liderança, vendas, negociação, coaching, orientação de equipas, gestão de conflitos e apresentações em público. Segundo o especialista, “as pessoas têm uma capacidade de 54% para detetar a mentira e esta formação vai permitir-lhe desenvolver esta capacidade em 30%. António Sacavém adianta ainda que “os primeiros a reforçarem o know-how das suas equipas, com o conhecimento em Micro Expressões e Linguagem Corporal vão por certo, colher enormes mais-valias”. O programa prático permitirá: aprender as sete expressões faciais universais e as suas 26 variantes em situações do dia-a-dia; detectar mentiras através da leitura das Micro Expressões, que são os sinais mais fiáveis da dissimulação; identificar alguns dos comportamentos mais poderosos dos Líderes; influenciar pessoas resistentes e levá-las a colaborar; criar relações autênticas e de confiança – com a sua equipa e com os seus pares; integrar os elementos básicos da poderosa técnica BLINK, que ensina a responder verbalmente ao comportamento não-verbal, entre outros. A área tem sido pouco explorada no país e para Sérgio Caldeirinha, diretor de operações da True-Skills, tem muito potencial. “A Linguagem Corporal é uma das armas mais poderosas que temos, tanto na nossa vida pessoal como na profissional, porém desconhecida e não aproveitada pela maioria das pessoas. É com muito agrado que nos associamos à Microexpressões Faciais porque vem expandir a nossa oferta formativa e porque voltamos a ser inovadores e seletivos nas parcerias que desenvolvemos”, argumenta o diretor da True Skills. As inscrições estão a decorrer.


OUTRAS NOTÍCIAS
Super Recrutadores

Super Recrutadores


Teleperformance, Deloitte, Olisipo, Armatis e Novabase vão fechar 2012 com um saldo de 2754 novos empregos criados em Portugal. Oportunidades de trabalho consolidadas no país que tem sido notícia pela...

Facebook, o pai dos novos negócios

Facebook, o pai dos novos negócios


Mão para a cozinha foi tudo quanto precisou Margareth Rodrigues Gomes para se lançar no mundo da doçaria. A brasileira, descendente de portugueses, chegou a Portugal há 20 anos e garante que nunca com...

Calçado gera emprego em Celorico

Calçado gera emprego em Celorico


A demonstrar que os sectores mais tradicionais dão o exemplo na dinamização económica, a empresa de calçado Topikrelevo anunciou a criação de 60 novos postos de trabalho em Celorico de Basto, já a par...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO