Notícias

O (aparente) equilíbrio entre a oferta e a procura

O (aparente) equilíbrio entre a oferta e a procura

Foi para funções no sector do Comércio, Franchising e Vendas que mais oportunidades de trabalho foram divulgadas, durante o último mês, no Expresso Emprego. E pela primeira vez nos últimos anos, foi também este o sector que somou maior número de candidatura por parte dos profissionais à procura de emprego. O resultado é um aparente match entre as necessidades das empresas e as ambições de carreira dos candidatos disponíveis no mercado nacional que só peca por, à luz das análise realiza ao longo dos último cinco anos, ser a exceção e não a regra. 

01.07.2016 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Durante o mês de junho, o Expresso divulgou, nas suas versões impressa e online, 2.105 oportunidades de emprego. Dessas, 272 tinham como objetivo o preenchimento de vagas no sector do Comércio, Franchising e Vendas, que no último mês se destacou como a área mais dinâmica nas contratações. Ao longo dos últimos anos o sector, foi demonstrando alguma vitalidade na criação de emprego, posicionando-se mensalmente entre os sectores que mais contratam. A novidade é que do lado dos candidatos, a vontade de trabalhar nesta área parece estar a ganhar novos adeptos. Pela primeira vez em cinco anos, o sector que registou maior número de ofertas foi também aquele que recebeu maior número de candidaturas por parte dos profissionais, na contabilização mensal do Expresso Emprego.

Para as 272 ofertas de emprego divulgadas no Expresso para funções ligadas ao Comércio, Franchising e Vendas, foram rececionadas através do site expressoemprego.pt, 2.616 candidaturas. O sector ocupa, simultaneamente, a primeira posição no número de oportunidades de emprego divulgadas e no número de candidaturas recebidas. Um match pouco habitual, num mercado de trabalho que nos últimos anos tem sido dominado pela procura de profissionais ligados às áreas da Engenharia e Tecnologias de Informação (TI). 

Na verdade, a vitalidade de ambas as áreas em matéria de contratação continua a confirmar-se, já que as TI voltaram a posicionar-se como o sector sector com maiores oportunidades de emprego divulgadas, logo seguido pela Engenharia, na terceira posição da lista. Posições que não encontram uma correspondência equilibrada no ranking das candidaturas rececionadas no site. A Engenharia ocupa a oitava posição no número de candidaturas, com 1028 profissionais a responder a anúncios através do site do Expresso Emprego, e as Tecnologias de Informação surgem na nova posição da tabela, com 1017 profissionais a manifestarem vontade de aceitar um novo desafio de carreira.

Quem recruta mais*
O ranking dos 10 maiores recrutadores de junho, calculado com base no número de ofertas divulgadas no Expresso Emprego (versão impressa e página expressoemprego.pt), combina um misto de sectores de atividade onde se destaca a área comercial muito ligada ao imobiliário, mas também as áreas tecnológicas, de consultoria, indústria e até o ensino.

1º Bosch Termotecnológica
2º Sorheby's International reality
3º Universidade Portucalense
4º Glintt
5º Hovione
6º OptimHome
7º The Navigator Company
8º Remax Platina
9º Blink Consulting
10ª British Council Portugal

* Os dados deste ranking não incluem ofertas de trabalho anónimas ou veiculadas através das empresas especializadas em recrutamento e seleção.



OUTRAS NOTÍCIAS
Chronopost vai apoiar negócios digitais

Chronopost vai apoiar negócios digitais


Premiar os melhores negócios e empreendedores digitais é o objetivo da Chronopost. A empresa especializada no transporte expresso de encomendas a nível nacional e internacional, q...

Cincork quer por a filosofia lean a revolucionar a cortiça

Cincork quer por a filosofia lean a revolucionar a cortiça


O Centro de Formação Profissional da Indústria de Cortiça (Cincork) e a Universidade de Aveiro uniram-se para preparar os gestores da fileira da cortiça para uma met...

AKI recruta nova geração de líderes

AKI recruta nova geração de líderes


A presença do grupo AKI em Portugal está a crescer. A empresa de distribuição de bricolage anunciou em março deste ano que investiria €100 milhões para d...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTING TEAM LEADER - MAIA

Kelly Services Portugal

CFO

Winpower - Boost local energy