Notícias

Leroy Merlin quer contratar mil

Nos próximos três anos a Leroy Merlin vai contratar mil novos colaboradores. A empresa prevê um investimento direto de 150 milhões de euros até 2013, aplicados também na abertura de novas unidades em Portugal.
14.10.2010 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Em conjuntura de crise a Leroy Merlin contraria a tendência. Desde 2009 que a empresa já promoveu a integração de 800 novos profissionais nos seus quadros, contando atualmente com 1500 colaboradores em Portugal. Um crescimento que resulta de uma estratégia de expansão da marca a nível nacional e da abertura de quatro novas lojas em menos de um ano. Até 2013, Jorge Neves, diretor de recursos humanos da Leroy Merlin, prevê um crescimento contínuo decorrente de um investimento direto de 150 milhões de euros e da abertura de uma grande unidade por ano.

Em Portugal, a Leroy Merlin conta hoje com oito lojas, quatro das quais - Amadora, Alfragide (remodelada), Matosinhos e Maia - surgiram em contexto de crise. Apesar da adversidade da conjuntura económica mundial a marca não cessou o seu investimento em território nacional. “No último ano e meio a empresa duplicou a sua estrutura e contrariou a tendência do desemprego criando 800 novos empregos”, explica Jorge Neves. E a empresa tem ainda um ambicioso plano de expansão até 2013. Segundo o diretor de RH “a estratégia da Leroy passa por uma implementação próxima das grandes cidades, através da abertura de grandes superfícies de bricolage e venda assistida com espaços na média de 9000 m2”. O responsável acrescenta ainda que nos próximos três anos a empresa quer abrir pelo menos uma loja por ano, estimando-se que sejam criados mil novos empregos resultantes desta expansão.

2011 arranca com a abertura, durante o primeiro semestre, de uma nova loja em Coimbra que implicará a contratação de 130 colaboradores. Com uma equipa essencialmente jovem, a Leroy Merlin é, segundo Jorge Neves, “uma empresa muito orientada para as pessoas. Estamos convencidos de que é através do desenvolvimento dos nossos RH que atingiremos os melhores níveis de performance e não o contrário, como é apanágio de muitas empresas”. Com base nesta premissa, a impressa orienta-se essencialmente para uma política de promoção interna e evolução na carreira. “Só este ano, já registamos mais de 30 casos”, refere o diretor de RH.

Jorge Neves é adepto de uma cultura descentralizada, com vista à autonomia e responsabilização de equipas e é essa a política de recursos humanos que viabilizou na Leroy Merlin. “Aqui todos têm uma responsabilidade direta, logo todos são patrões do seu negócio, seja este uma loja ou uma família de produtos, dependendo do sensível de missão”, explica. Por esta razão, o perfil ideal de candidatos a trabalhar nesta empresa são pessoas que gostem de trabalhar com autonomia, ter uma participação ativa na loja/empresa, empreendedores e inovadores. “As competências técnicas que mais valorizamos são as que estão diretamente ligadas à satisfação dos nossos clientes, sendo o conhecimento um fator de destaque”, enfatiza Jorge Neves. O especialista reforça ainda a ideia de que “a Leroy tem como estratégia contratar para as secções mais técnicas e de projeto, verdadeiros profissionais do ramo, apostando também na aplicação de um plano de formação muito completo que serve de suporte à estratégia de sermos especialistas de todos os mundos presentes nas nossas lojas”.



OUTRAS NOTÍCIAS
Accenture dá a mão a 250 mil

Accenture dá a mão a 250 mil


Foi considerada a “Melhor empresa para trabalhar em Portugal com mais de 1.000 colaboradores”, pelo Great Place to Work Institute, em 2009, um troféu a que veio juntar o da revista Exame, para ...

22,7 milhões de empregos para vencer a crise

22,7 milhões de empregos para vencer a crise


Três anos após o inicio da crise financeira, algumas economias mundiais registaram indícios de crescimento e há países onde até são visíveis sina...

Euroskills cativa talento nacional

Euroskills cativa talento nacional


Longe do cenário económico que afecta o país, há coisas em que Portugal marca pontos e faz bem. Sabia que em 2008 Roterdão rendeu-se ao talento e mestria de um jovem...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ADVOGADO(A) PRIVATE CLIENTS

Michael Page Portugal

ANALISTA SAP - TORRES VEDRAS

Michael Page Portugal

AREA SALES MANAGER - PORTUGAL

Michael Page Portugal