Notícias

Gerir em cenário de adversidade

Soma já uma década e é por muitos considerado um dos eventos de maior prestígio na área dos recursos humanos em Portugal. A edição 2011 da EXPO’RH arranca quarta-feira no Centro de Congressos do Estoril.
25.02.2011 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



O otimismo é contagioso e faz milagres em contexto organizacional, sobretudo em cenários de adversidade, assumindo-se hoje como uma ferramenta chave para qualquer gestor de recursos humanos. Consciente de que a atual conjuntura económica implica dificuldades acrescidos às empresas e aos gestores de recursos humanos, a International Faculty For Executives (IFE) volta a realizar, de 2 a 3 de março, no Centro de Congressos do Estoril, a EXPO'RH onde a meta é acrescentar valor ao capital humano. Dez anos depois do arranque do evento, a organização não tem dúvidas de que esta é uma aposta ganha.

É ponto assente que a economia portuguesa atravessa um dos momentos mais complicados da sua história recente. Nos últimos meses, os anúncios de despedimentos, nos mais variados setores de atividade, sucedem-se a uma velocidade pouco comum. “Perante este cenário, um dos grandes desafios da EXPO'RH este ano é sem dúvida encontrar uma resposta para ajudar as empresas a sair da crise, sabendo logo à partida que essa resposta passa efetivamente pelas pessoas”, avança Raquel Rebelo, gestora da Unidade de Congressos da IFE.

Segundo a responsável, “se por um lado há uma necessidade quase que permanente de re-estruturar as empresas, seja através da redução de efetivos e consequente negociação de saídas, flexibilização de recrutamento, implementação de políticas contributivas flexíveis, mobilidade funcional ou expatriação, por outro lado, há uma necessidade de encontrar soluções eficazes que aumentem a competitividade empresarial. E para tal é fundamental ter uma atitude positiva que melhore o clima organizacional das empresas aumentando a motivação dos colaboradores e valorize os seus recursos”.

Estas estratégias estarão durante dois dias em debate naquela que é a 10ª edição da EXPO'RH. Tanto mais que “num cenário de crise e recessão económica, a realização de eventos desta natureza torna-se ainda mais importante já que proporciona aos profissionais responsáveis pela gestão das pessoas nas empresas um momento de reflexão, onde em conjunto com os seus pares têm a oportunidade de debater e analisar tendências e modelos de gestão inovadores e diferenciados que servirão de base à definição de estratégias internas de combate à crise”, enfatiza Raquel Rebelo.

A gestora reconhece que estas estratégias nem sempre implicam decisões simples por parte dos diretores de recursos humanos, razão pela qual, na edição deste ano serão debatidos temas como a negociação de saídas ou redução de efetivos, a para com um conjunto de outros temas de igual importância no que toca à competitividade das organizaões.

A gestão das redes sociais que, se por um lado são um desafio e uma oportunidade ao nível do recrutamento e da construção do perfil dos colaboradores, por outro expõe as organizações a uma série de vulnerabilidades e riscos quando mal geridas, e a crescente participação feminina nas organizações como vantagem competitiva, são alguns dos assuntos em análise a partir da próxima quarta-feira, no Centro de Congressos do Estoril.

Entre as grandes novidades desta edição, que é simultaneamente palco da comemoração dos dez anos do evento, está por exemplo o lançamento do novo site do evento, do ExpoRH News (o jornal oficial do certame) e a versão online do Anuário de RH. Mas Andreia Sousa, responsável comercial da Expo'RH, lista outras inovações. “A edição deste ano está marcada por inúmeras novidades quer ao nível das conferências, workshops e atividades paralelas, mas também na área de exposição. Apostámos este ano numa maior interação entre oradores e assistentes, convidando-os a deixar o papel de espetadores e assumirem o papel de atores com inúmeras dinâmicas de grupo”, explica a responsável.

A organização convidou também este ano alguns CEO's e diretores de empresas de referência no tecido empresarial nacional para darem o seu testemunho na condução da política de recursos humanos e na respetiva relação estratégica com o diretor de RH. Paralelamente, refere Andreia Sousa, “vamos apresentar alguns workshops interativos sobre temas que estão na ordem do dia como o coaching ou a liderança, orientados por reconhecidos especialistas”. Na área de exposição irá decorrer a primeira edição de speednetworking , que proporcionará aos expositores, oradores e visitantes a possibilidade de fazer reuniões individuais com a duração de cinco minutos e o objetivo de identificar novas oportunidades de negócio ou colaboração.

Raquel Rebelo assume que “na atual conjuntura, inverter a escalda do desemprego e gerar trabalho implica necessariamente ser flexível e aumentar a motivação dos colaboradores, valorizando os recursos, apostando na formação, estimulando a sua criatividade e envolvendo-os, cada vez mais, no processo de tomada de decisão de áreas-chave do negócio. E isso exige uma mudança de atitude das pessoas dentro das organizações”. Na 10ª edição da Expo'RH são esperados cerca de três mil visitantes.


OUTRAS NOTÍCIAS
Diplomados precários duplicam

Diplomados precários duplicam


A letra da canção dos Deolinda deu voz a uma geração que, sendo a mais qualificada de sempre no país, não conhece outra realidade no mercado de trabalho que n...

Comércio gera emprego

Comércio gera emprego


Sintra vai ganhar a partir de abril uma nova estrutura comercial. O Fórum Sintra tem a assinatura da Multi Mall Management, representa um investimento de 170 milhões de euros e segundo a...

Fisioterapeutas com Ordem

Fisioterapeutas com Ordem


A definição de critérios de qualidade da formação exigida para o acesso ao título profissional, a atribuição de títulos de especialista o...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


COLABORADORES

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA