Notícias

Europa fomenta inovação orientada para o emprego

Europa fomenta inovação orientada para o emprego

A Comissão Europeia em Portugal está a aceitar candidaturas para a competição de ideias de negócio integrada na iniciativa Bolsa do Empreendedorismo 2016. João Táta, chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal, desvenda a iniciativa e explica como a promoção do empreendedorismo é cada vez mais vital “para que a Europa volte a crescer e a criar emprego”.

20.02.2016 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



No último ano, a competição “Elevator Pitch - Ideias que Marcam” distinguiu a inovação de dois projetos - o Mater Dynamics, que produz o Qstamp, um multisensor não eletrónico para medir variáveis externas que atuam sobre produtos ou processos, e o Zuper Brain, um projeto de jogos de entretenimento digital para crianças - e o mérito dos seus empreendedores, numa competição que recebeu 48 equipas candidatas e um total de 131 empreendedores participantes. O sucesso da iniciativa leva a Representação da Comissão Europeia em Portugal a lançar uma nova edição da competição de ideias de negócio, integrada no projeto Bolsa de Empreendedorismo. As candidaturas podem ainda ser formalizadas até amanhã, 21 de fevereiro, e segundo João Táta, chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal, o objetivo volta a ser consolidar ideias com novas soluções para o mercado, capazes de promover o empreendedorismo, dinamizar o crescimento e criar emprego.

?“Uma das prioridades da Comissão Europeia é promover o investimento para fazer com que a Europa volte a crescer e a criar emprego”, explica João Táta. O responsável acrescenta que é também nessa lógica que se insere a iniciativa Bolsa do Empreendedorismo que é, na verdade, “um conjunto de três iniciativas interligadas destinadas a promover o empreendedorismo, apoiar e incentivar todos os interessados em levar as suas ideias da fase de 'laboratório' ao mercado e a dar a conhecer os vários instrumentos europeus de incentivo ao emprego, inovação e investimento que existem”.

A competição de ideias “Elevator Pitch” constitui a primeira fase deste projeto. O concurso “proporciona a potenciais ou atuais empreendedores a oportunidade de apresentarem uma ideia de negócio a profissionais de topo e instituições que financiam, acompanham e apoiam a criação de novos projetos”, explica João Táta. Os projetos candidatos participarão, a 9 de maio, Dia da Europa, no evento Bolsa do Empreendedorismo 2016 que promoverá ações de networking, de informação e formação sobre aspetos vários relacionados com o desenvolvimento de projetos de empreendedorismo, como sejam capitais de risco, propriedade intelectual, recursos humanos, incubação, aceleração entre outros.

A iniciativa contempla ainda outra competição - o “Canvas - Projetos que Marcam” -, a lançar em abril, cujo foco é o desenvolvimento de modelos de negócio. As candidaturas para esta competição devem ser entregues e registadas a 9 de maio, no decorrer do evento Bolsa do Empreendedorismo.?João Táta explica que a iniciativa é aberta a qualquer tipo de ideia de negócio, desde que corresponda a pelo menos uma das áreas temáticas eleitas pela União Europeia para o Horizonte 2020: Saúde, alterações demográficas e bem estar; Segurança alimentar, agricultura sustentável, investigação marinha e marítima e bioeconomia; Energia segura, não poluente e eficiente; Transportes inteligentes, ecológicos e integrados; Ação climática, eficiência na utilização de recursos e matérias-primas ou Sociedade inclusivas, inovadoras e seguras.

Após o processo de formação a que serão sujeitos os candidatos, orientado para a materialização dos seus projetos, os participantes deverão estar preparados para, em apenas dois minutos - o tempo que terão para o seu pitch - conseguir motivar os investidores a querer saber mais sobre o seu projeto. No final do concurso, explica, “são escolhidos os dois vencedores a quem será atribuído um prémio de €5 mil/cada”. A competição está aberta a todos os cidadãos ou residentes da União Europeia com uma ideia original, com potencial de mercado e criação de emprego. Podem também candidatar-se empreendedores que desejem aconselhamento em ideias de negócio já validadas, mas que ainda não tenham iniciado atividade empresarial.

?Para João Táta, “a Representação da Comissão Europeia em Portugal considera que é importante promover o empreendedorismo de sucesso”. A organização pretende assim, com esta e outras iniciativas semelhantes, “fortalecer a colaboração entre os diferentes atores do ecossistema do empreendedorismo nacional, promovendo-os e colocando-os em contacto com os atuais e potenciais empreendedores”, realça.



OUTRAS NOTÍCIAS
Está pronto para ser mobile?

Está pronto para ser mobile?


Está preparado para trabalhar a partir de qualquer lugar? A sua empresa fornece-lhe as condições necessárias para o fazer, seja ao nível de equipamentos, mas tamb&ea...

Família: o fator decisivo na escolha do emprego

Família: o fator decisivo na escolha do emprego


As expectativas dos trabalhadores portugueses em relação à carreira estão a mudar. O salário já não figura no topo das prioridades na altura de decidir...

ANJE forma digital marketeers

ANJE forma digital marketeers


O curso resulta de uma parceria entre a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) e a Universidade do Minho (UMinho), através da Escola de Economia e Gestão e...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Arquiteto

Anónimo

Colaborador

Anónimo

Comercial / Diretor(a) Comercial

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA