Notícias

Estágios: como encontrar um à sua medida

Estágios: como encontrar um à sua medida

A experiência profissional é um trunfo forte na altura de abordar o mercado de trabalho, mesmo para os recém-licenciados. Pode parecer um contrasenso, mas até para selecionar perfis mais juniores, recém-graduados, as empresas valorizam a componente “experiência”. É nesta métrica que entram os estágios. Marcar a diferença perante um recrutador pode passar por ir realizando experiências profissionais ao longo do seu percurso académico. 

21.03.2014 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Somar experiência não significa que vá realizar estágios uns atrás dos outros, sem qualquer propósito ou adequação aos seus objetivos profissionais. A finalidade de realizar um estágio é, por um lado, permitir-lhe um maior conhecimento da realidade das práticas empresariais, de modo que se sinta melhor preparado no momento em que for concorrer a uma posição permanente, por outro, acrescentar conhecimento prático aos conteúdos que está a adquirir em contexto académico. É nesta ótica que deve avaliar as suas opções, sempre que procurar um estágio. A pergunta de ouro é: em que é que isto me fará evoluir?

Amanda Haddaway, especialista em gestão de carreira e coach empresarial, confirma a importância que os recrutadores atribuem ao fator experiência, mesmo para posições juniores e aconselha os jovens ainda enquanto estudantes a definirem uma estratégia de estágios ponderada e diversificada, ao invés de esperarem terminar a sua formação académica para então começarem a capitalizar experiência. A autora garante que encontrar um estágio na fase embrionária da formação académica é mais fácil do que à primeira vista pode parecer, “se o candidato estiver de facto disposto a trabalhar para isso”.

Para encontrar a oportunidade certa, Haddaway aconselha os candidatos a começarem pela sua rede de contactos. “Networking, muito networking, pode ser a chave”, garante. Professores, amigos, família, amigos de familiares ou serviços de carreira podem ajudá-lo a encontrar o estágio que ambiciona. A Internet, com as devidas cautelas em relação à forma como se apresenta, pode também ser um bom canal de ligação às empresas. Muitas organizações têm especificado nas suas páginas online ou mesmo nas redes sociais, canais de eleição para contactar os mais jovens, as suas necessidades de estágio. Se não encontrar na lista de cada empresa uma oportunidade à sua medida ou para o seu perfil, pode enviar um email espontâneo à empresa a apresentar-se e a clarificar os seus proósitos. “As organizações gostam de candidatos com iniciativa e proatividade”, relembra Amanda Haddaway.

Ultrapassada a fase da candidatura, é momento de se preparar para o frente-a-frente com o recrutador, caso seja selecionado. Há milhares de razões para querer realizar um estágio durante a sua formação, esteja preparado para defender as suas motivações quando reunir com os protagonistas da empresa. Esteja preparado para se vender, mesmo que isso implique estagiar pro bonno ou a troco de um parco salário. “Terá de pesar o benefício que a realização do estágio poderá trazer ao seu futuro profissional”. Nesta equação, a especialista reforça ainda que a flexibilidade e a mobilidade podem também ser trunfos relevantes. “Alguns candidatos podem encontrar estágios noutras cidades que não a sua, ou até estágios remunerados. Se o que lhe importa de facto é a experiência que vai adquirir, demonstrar possibilidade de se deslocar para realizar um estágio de verão nestas circunstâncias, pode ser mais atrativo para as empresas”, conclui.

4  dicas para entrar no radar das empresas

1. Utilize a sua rede de contactos para procurar oportunidades.
Fale com professores, amigos, familiares sobre as suas aspirações de carreira e procure aconselhamento sobre empresas que possam potenciar a sua evolução e, eventuais contactos que possam ter nessas organizações.

2. Aposte nas ferramentas online para encontrar o seu estágio. A maioria das empresas divulgam as suas oportunidades nos seus websites ou páginas nas redes sociais. Comece por fazer uma lista de todas as empresas que lhe interessam e acompanhe a sua atividade online durante algumas semana, antes de enviar a sua candidatura formal. Mesmo que não exista nenhuma oportunidade para o seu perfil, ponde enviar um email à empresa a explicar o seu propósito para uma eventual futura oportunidade. Se se dirigir à empresa via redes sociais, tenha em consideração que a sua página será a sua montra perante o empregador.

3. Prepare-se para demonstrar o seu potencial. Se passar à fase de entrevista, vá preparado para mostrar ao empregador quais os seus objetivos para realizar um estágio, mas também o contributo que poderá dar à empresa, apesar de ser o seu primeiro contacto com a realidade empresarial. Mostre dinamismo, empenho, vontade de aprender e proatividade.

4. Seja flexível. Alguns estágios podem ser não remunerados, dar lugar apenas a um subsídio reduzido ou exigir que se desloque para fora da sua área de residência. Pese bem o custo benefício destas opções e de forma poderão efetivamente contribuir para a sua evolução profissional e para sua cotação no mercado de trabalho. Lembre-se que um estágio não remunerados pode conduzir a um eventual contrato ou à permanência na empresa.



OUTRAS NOTÍCIAS
Elite International recruta para Angola

Elite International recruta para Angola


Aproximar o maior número de candidatos angolanos aos maiores empregadores de Angola é a missão dos eventos de recrutamento que a Elite International Careers promove em vári...

Manual de sobrevivência para Startups

Manual de sobrevivência para Startups


Hoje, criar uma startup é opção para inúmeros empreendedores por vocação que sempre sonharam liderar o seu próprio projeto, mas também para uma ...

Professores vão ter novo concurso

Professores vão ter novo concurso


O Conselho de Ministros aprovou esta semana a realização de um segundo concurso para a vinculação extraordinária de professores e educadores dos estabelecimentos p&u...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


COMPRADOR - INDIRECTOS

Michael Page Portugal

CONSULTOR DE INCENTIVOS FINANCEIROS

Michael Page Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal