Notícias

ANJE prepara novo concurso de ideias

A Associação Nacional de Jovens Empresários já prepara a 17ª edição do Concurso Nacional de Ideias, A competição será promovida em 52 estabelecimentos de ensino e visa fomentar o espírito empreendedor entre os jovens sub-35, incentivando-os à criação de projetos empresariais inovadores. As candidaturas já decorrem.
19.04.2013 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



As candidaturas para 17ª edição do Concurso Nacional de Ideias de Negócio, dinamizado pela Academia dos Empreendedores - uma marca da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) pensada para desenvolver o empreendedorismo - em colaboração com o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), já estão abertas. Até 8 de novembro, os promotores da iniciativa esperam detetar entre o público mais jovem, as mais inovadoras ideias de negócio. Pensado para ajudar os jovens até aos 35 anos a materializarem os seus planos de negócio, disponibilizando-lhes os recursos humanos, técnicos, formativos e de consultoria necessários ao exercício da atividade empresarial, o Concurso Nacional de Ideias de Negócio tem também como missão “estimular a prática empreendedora e fomentar a iniciativa empresarial, não só junto de futuros gestores, mas também junto dos jovens cujas formações não estão tão vocacionadas para a criação de empresas, através dos protocolos estabelecidos com instituições de ensino nacionais”, explica a organização da competição. A pensar neste público, a edição deste ano será promovida em 52 estabelecimentos de ensino secundário, profissional e superior, de norte a sul do país. Para além das escolas mais focadas no ensino da Economia, Gestão e Administração, como sejam a Faculdade de Economia da Universidade do Porto, o Instituto Português de Administração e Marketing ou a Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Leiria, a competição é também promovida noutros polos de qualificação, com especialidade em áreas tão diversas como a Engenharia, Turismo, Saúde ou Agricultura, abrangendo diversas instituições de ensino. Segundo a ANJE, “cada uma das instituições de ensino a promover o Concurso Nacional de Ideias vai submeter as propostas dos seus alunos a um júri para seleção da melhor candidatura apresentada”. A associação acrescenta ainda que “as candidaturas independentes serão avaliadas em paralelo por um júri nacional, constituído por experientes consultores empresariais”.Entre as ideias de negócio mais inovadoras, selecionadas entre candidaturas independentes e as apresentadas pelas escolas, será apurada a Melhor Ideia de Negócio. Os promotores das melhores ideias serão distinguidos com o Certificado de Jovem Empreendedor do Ano e beneficiarão de todo o apoio técnico e empresarial que viabilizará a conversão das ideias em planos de negócio. “Os vencedores são contemplados com uma formação, em formato high coaching, com duração de oito horas e avaliada no valor de mil euros”, adianta a organização acrescentando que “as ideias viáveis que rapidamente se estruturarem em planos de negócio promissores são posteriormente encaminhadas para o Prémio Jovem Empreendedor, que facilitará e potenciará a constituição da empresa”. Na última edição, o Concurso Nacional de ideias distinguiu a plataforma PTTecno, desenvolvida por dois estudantes de Ciências Biomédicas e pensada para facilitar a transferência de tecnologia dos centros de investigação para as empresas. As candidaturas para este ano podem ser formalizadas no site da associação em www.anje.pt.


OUTRAS NOTÍCIAS
UMinho cria cursos de fibras

UMinho cria cursos de fibras


Em maio começa o curso “nanotecnologia aplicada a materiais fibrosos”. Segue-se-lhe o de “equipamentos desportivos de alto desempenho”; “fibras na construção civil” e “dispositivos médicos com base em...

Como as empresas fabricam os seus talentos

Como as empresas fabricam os seus talentos


Um exercício que para a maior parte das empresas é vital ao ponto de inspirar a criação programas de deteção e integração que são autênticas máquinas de fazer talento. Anualmente, os Programas de Trai...

BNP Paribas forma desempregados

BNP Paribas forma desempregados


As pós-graduações em Gestão e Operação Bancárias e em Tecnologias da Informação visam, segundo a instituição, promover a empregabilidade ao permitir que quem conclua com sucesso a formação tenha a pos...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Advogado

Anónimo

Advogado

Anónimo

asesor económico/comercial

Embajada en Lisboa