Notícias

50 trabalhos de sucesso online

50 trabalhos de sucesso online

Nos primeiros três meses do ano os freelancers portugueses já faturaram através da plataforma mundial de outsourcing Frelancer.com, mais de 800 mil euros em trabalhos online.

17.05.2013 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



O montante é avançado no relatório trimestral da empresa  - o “Fast 50 Freelancer” -  que dá conta dos 50 trabalhos online que registaram maior procura e crescimento através da plataforma. 

A rede de contratação e outsourcing Frelancer.com, cujo site foi recentemente lançado em português, soma mais de onze mil projetos nacionais publicados e quatro milhões a nível global. Empresas que procuram serviços e freelancers que oferecem o seu talento e conhecimento, num match perfeito e que para muitos portugueses tem representado uma saída para a falta de emprego. O mercado nesta rede é global e tem colocado os profissionais portugueses na mira de clientes internacionais. Segundo o relatório “Fast 50 Freelancer”, agora divulgado, os Estados Unidos lideram a lista de países que mais recorre a freelancers portugueses para concretizar dos seus projetos, com 2903 trabalhos adjudicados. Reino Unido (752), Austrália (403) e Canadá (363) compõem a lista de clientes do talento luso neste que é para Bill Little, diretor regional da rede Frelancer para a Europa, um mercado em crescimento.

PHP, software architecture, MySQL, testes de software, engenharias, design gráfico e traduções lideram a lista dos projetos mais adjudicados a profissionais portugueses através desta plataforma. Mas a lista dos 50 trabalhos  online que mais cresceram internacionalmente é vasta (ver caixa) e pode beneficiar inúmeros perfis de competências. Para Bill Little, “a revolução do comércio online é há muito uma realidade e Portugal segue a tendência”. Tecnologias 2.0 como HTML ou PHP cresceram no primeiro trimestre do ano e são atualmente os projetos mais adjudicados aos portugueses que utilizam a rede Freelancer.com para realizar trabalhos online.

O diretor regional da rede Freelancer para a Europa explica que “a adjudicação de trabalhos de IT teve um aumento significativo no primeiro trimestre do ano o que representa um indicador positivo para os portugueses que procuram oportunidades de trabalho através desta rede ou pensam abrir o seu negócio online”. Segundo Bill Little, “as tecnologias que servem o e-commerce estão maduras, baratas e escaláveis”. Atualmente, acrescenta, “é possível criar uma loja online por pouco mais de 300 euros e ter todas as funcionalidades de um grande retalhista como a Amazon”. Um cenário que pode representar uma excelente notícia para os profissionais portugueses numa altura em que o desemprego teima em não parar de subir, vitimando perfis seniores e jovens.

Os dados do relatório apontam para um aumento significativo (113%) do número de trabalhos BPO (business process outsourcing), como o uso de ajudantes virtuais para empreendedores e PME’s (call centers, aplicações payroll e outros). Bill Little fala ainda na consolidação rápida do outsourcing de tarefas básicas de administração no mundo ocidental e no facto das PME’s estarem “cada vez mais habituadas a contratar profissionais online”.

O diretor da rede Freelancer reforça mesmo o poder do online enquanto “empregador”, num cenário de desemprego como o português: “permite um crescimento massivo do retalho online e possibilita que os pequenos negócios se posicionem online para vender a qualquer consumidor em qualquer parte do mundo”. Exemplo disso é a procura registada por empresas ou empreendedores internacionais pelas soluções dos freelancers portugueses.

Segundo relatório da Freelancer.com para o primeiro trimestre do ano, “os trabalhos e projetos relacionados com tecnologias 2.0 aumentaram a nível global: HTML5, mais de 20%; CSS, mais de 15%; wordpress, mais de 20%; PHP, mais de 9% e MySQL, mais de 2%”. Razão pela qual para Bill Little “o e-commerce está a dominar o cenário de consumo a retalho”. Escrita técnica, email marketing, twitter, web search, website design, word, telemarketing, C++ Programing, database administration, marketing ou traduções são alguns dos 50 trabalhos online com maior crescimento no primeiro trimester do ano e que pode ser desempenhados a partir de qualquer parte do mundo para qualquer cliente mundial.

De acordo com o especialista, o relatório “Fast 50 Freelancer” pode ser visto como um barómetro das tendências internacionais de comércio online já que se baseia nos sete milhões de freelancers inscritos na rede e nas profissões mais procuradas e contratadas. Razão pela qual, para Bill Little “é uma ferramenta útil para medir as tendências de trabalho na economia internacional e também na portuguesa”. 

50 Fast Freelancer - 1º Trimestre de 2013 

1. BPO
2. Submissão de artigos
3. Escrita Técnica
4. Modelos 3D
5. Email Marketing
6. Android
7. Power Point
8. Wordpress
9. HTML5
10. Illustrator
11. eCommerce
12. Twitter
13. Shopping Carts
14. PSD to HTML
15. Photoshop Design
16. Bulk Marketing
17. CSS
18. Magento
19. 3D Rendering
20. Web Search
21. Graphic Design
22. HTML
23. iPad
24. Leads
25. Telemarketing
26. PHP
27. Website Design
28. Articles
29. Report Writing
30. Publicidade
31. SEO
32. Link Building
33. jQuery
34. Word
35. Joomla
36. Logo Design
37. 3D Animation
38. Database Administration
39. C++ Programming
40. Design de Banners
41. Video Services
42. iPhone
43. C Programming
44. Java
45. Marketing
46. MySQL
47. Traduções
48. Facebook
49. YouTube
50. Data Mining
 

 



OUTRAS NOTÍCIAS
Reino Unido procura enfermeiros portugueses

Reino Unido procura enfermeiros portugueses


São cada vez mais os profissionais de saúde portugueses a tentar a sua sorte no estrangeiro. Os enfermeiros emigram em maior número para destinos diversos, mas um dos favoritos &e...

Empresas portuguesas já têm dificuldade em recrutar nas TI

Empresas portuguesas já têm dificuldade em recrutar nas TI


Para 78% dos empregadores nacionais que operam no sector das Tecnologias de Informação (TI), o mercado português tem escassez de profissionais qualificados na área. O n&uacu...

Procuram-se empreendedores tecnológicos

Procuram-se empreendedores tecnológicos


É um dos principais detetores de empreendedores tecnológicos do país e já soma quatro edições, inspirando-se num modelo que nos últimos 25 anos tem dis...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ARQUITETO GRÂNDOLA

Michael Page Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER BEJA

Michael Page Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER PORTALEGRE

Michael Page Portugal