Notícias

VoxPopcorn quer dar voz e som às marcas nacionais

VoxPopcorn quer dar voz e som às marcas nacionais

Está no mercado a VoxPopcorn. A agência áudio desafiou a crise para elevar o poder da voz dos portugueses.
24.08.2012 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Pode parecer cliché dizer que os tempos de crise são um dos principais focos de oportunidade e impulso para a mudança, mas foi exatamente esse o caso do projeto VoxPopcorn. A ambição de colocar no mercado uma agência áudio, há muito que era uma realidade para Carla Almeida e Bruno Nunes, os dois mentores da empresa. Foi a convicção de que a crise torna o mercado mais recetivo a novas abordagens e formas originais e criativas de desempenhar as mesmas tarefas que levou os dois empreendedores a desafiarem todas as adversidades, constituir a equipa e colocar no mercado a VoxPopcorn, uma agência que se propõe trabalhar a ferramenta mais básica de comunicação: a voz. Há cada vez mais portugueses a utilizar a voz como ferramenta de trabalho e empresas a reconhecerem o poder de uma boa comunicação e imagem sonora. É esse o mercado da VoxPopcorn que acaba de se estrear no mercado nacional, com o suporte da agência-mãe Orangepopcorn. Com percursos de formação e profissionais ligados à área da publicidade, marketing e comunicação, para Carla Almeida e Bruno Nunes a criação desta agência áudio foi um passo natural no seu percurso de carreira. “A ideia surgiu a partir das nossas experiências profissionais anteriores. Conseguimos criar uma equipa especializada em soluções criativas áudio - copy e scripts, traduções, locuções, soundtracks - para novos suportes de publicidade e comunicação áudio e queremos posicionar-nos no mercado como um agregador e gestor de talentos na área”, explica Carla Almeida. A empresa arrancou com uma estrutura fixa de cinco elementos, dois dos quais dedicados em exclusivo a este projeto, e uma série de parcerias firmadas com empresas de excelência em diversas áreas. A gestora do projeto reconhece que as dificuldades iniciais próprias do lançamento de uma empresa, sobretudo na atual conjuntura, “foram minimizadas pelo facto da VoxPopcorn nascer com o suporte de uma agência-mãe como a Opangepopcorn”. O foco é a excelência Com um início de atividade tranquilo e um futuro que a equipa antevê promissor, Carla Almeida enfatiza que “a agência atuará numa área altamente criativa, cheia de especificidades e particularidades que dominamos e que constituem a nossa área de expertise. A nossa opção é dedicarmo-nos aquilo que fazemos bem”. Razão pela qual a empreendedora não prevê a diversificação da atividade da marca para outras áreas que não as do áudio. “Apostamos na especialização da VoxPopcorn no áudio. Canalizaremos para a agência-mãe outros tipos de necessidades criativas dos clientes”, explica a empreendedora que em matéria de novas contratações para a empresa prefere crescer de forma ponderada. Em fase de lançamento, a estrutura fixa que integra a VoxPopcorn e o seu elenco alargado de parceiros e freelancers são suficientes para responder às necessidades dos clientes. No futuro, poderá ganhar novos parceiros, sempre que tal se justifique em matéria de inovação, excelência ou outras necessidades especiais. Agências de publicidade, estúdios de som, produtoras audiovisuais e clientes diretos com necessidade de efetuar trabalhos de comunicação e publicidade áudio, são o público-alvo da VoxPopcorn. Na gestão quotidiana da empresa, a equipa não abdica de uma pesquisa diária pela inovação no mundo áudio e possíveis aplicações na publicidade e comunicação em geral. “Queremos diferenciar-nos pela inovação e assumirmo-nos como áudio media master e, Portugal”, reforça Carla Almeida. Para a empreendedora o sucesso passa por diferenciar-se, empenhar-se e superar-se. Sempre. BI EMPRESARIAL Promotores: Carla Almeida, 40 anos. Bruno Nunes, 35 anos. Formação: Os promotores da iniciativa tê ambos formação na área da publicidade, marketing e relações públicas e percursos profissionais ligados a agências de publicidade, comunicação e editorial. Área de atividade: A VoxPopcorn posiciona-se no mercado como uma agência de áudio. Data de criação: 2012. Postos de trabalho criados: A empresa arrancou com uma estrutura fixa de cinco colaboradores, dois quais dois estão a full time no projeto. Investimento: O necessário para viabilizar a criação do negócio. Mas por ser um projeto recente, o investimento ainda prossegue. Dificuldades iniciais: “Apenas o constrangimento de dar o primeiro passo num enquadramento económico difícil”, esclarece Carla Almeida. Público-alvo: Agências de publicidade e estúdios de som, produtoras audiovisuais e clientes diretos com necessidade de efetuar trabalhos de comunicação e publicidade áudio. Ambição: “Queremos diferenciar-nos pela inovação e assumirmo-nos como audio media masters em Portugal”, avança a gestora do projeto.


OUTRAS NOTÍCIAS
  Brasil abre as portas aos profissionais portugueses

Brasil abre as portas aos profissionais portugueses


Desde o início de 2011, cerca de 2400 portugueses obtiveram autorização para trabalhar no Brasil, segundo dados oficiais do Ministério do Trabalho brasileiro. O país é um dos principais destinos dos p...

Escolas criam medidas de apoio para alunos carenciados

Escolas criam medidas de apoio para alunos carenciados


As famílias portuguesas enfrentam dificuldades e muitos alunos encaram a dura realidade de terem de abandonar os estudos por não conseguirem fazer face às despesas que implica uma licenciatura ou um m...

Certificação para perfis das TI

Certificação para perfis das TI


Vai arrancar já em setembro o Ciclo de Certificação ISTQB Foundation Level, direcionado a profissionais das tecnologias de informação (TI). A True-Skills, a empresa do grupo especializada na gestão e ...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ASSISTANT STORE MANAGER ALBUFEIRA

Michael Page Portugal

Eng. Eletrotécnico

GPFA-Projeto e Coordenação, Lda