Notícias

Trofa Saúde gera 600 novos empregos a Norte do país

Trofa Saúde gera 600 novos empregos a Norte do país

O Grupo Trofa Saúde inaugura na próxima semana a sua sexta unidade no Norte do país. Com a abertura do Hospital Privado de Alfena serão criados 600 empregos. Uma grande parte deles ocupados por profissionais da região que enfrentavam situações de desemprego.
05.01.2012 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



A partir de segunda-feira, 600 profissionais iniciam a sua atividade na unidade hospitalar de Alfena, do Grupo Trofa Saúde. Na concretização deste projeto, o grupo que já detém no Norte do país os hospitais privados da Trofa, da Boa Nova, de Braga, de Vila Nova de Famalicão e o Hospital de Dia da Maia, investiu 60 milhões de euros. Um montante que viabilizou a contratação de 200 médicos e 400 outros profissionais, entre enfermeiros, pessoal auxiliar e administrativos. Para Ricardo Rodrigues, administrador executivo do Grupo Trofa Saúde e também administrador da nova unidade a ser inaugurada “as contratações necessárias para o arranque do hospital estão feitas, mas a breve prazo deverão ser necessários novos recrutamento, em função das necessidades e da evolução desta unidade”. Cerca de 90% dos novos colaboradores do Grupo Trofa Saúde, contratados para o arranque do Hospital Privado de Alfena, são oriundos da região. “Com exceção dos médicos, que nalguns casos já prestavam serviço noutras unidades do grupo, muitos dos restantes 400 profissionais contratados enfrentavam situações de desemprego”, revela Ricardo Rodrigues que salienta ainda o facto desta equipa ser composta por profissionais altamente qualificados. O administrador da unidade hospitalar de Alfena, acompanhou todo o processo de seleção e recrutamento dos novos colaboradores do grupo e confessa que constatou, com alguma surpresa, a existência de uma elevada fasquia de candidatos altamente qualificados a responder para funções fora da sua área de formação. “Estamos a agir em contraciclo à conjuntura económica do país e isso, não só é de louvar como é um importante incentivo para a região e para os seus profissionais”, confessa Ricardo Rodrigues, reconhecendo que a conjuntura do país ficou nítida nos candidatos que se inscreveram para uma vaga no Hospital de Alfena. “Tivemos candidatos das áreas mais diversas, desde engenheiros, a assistentes sociais, muitos desempregados, com excelentes qualificações, em alguns casos claramente sobrequalificados para o que tínhamos a oferecer, mas disponíveis para investir a sua carreira neste projeto”, revela o administrador que garante ter reunido uma equipa exemplar e à altura de desempenhar uma tarefa tão importante como cuidar de outras vidas. No universo Trofa Saúde trabalham atualmente 2100 colaboradores, onde se integram os reforços agora contratados. Todos os profissionais passam por rigoroso processo de formação que, no caso do Hospital Privado de Alfena, se iniciou já há cerca de um mês e meio. “Os novos colaboradores têm estado a receber formação com outros profissionais do grupo na área comportamental e também de posto de trabalho”, explica Ricardo Rodrigues. Numa primeira fase, receberam formação em sala e nas últimas três semanas têm estado colocados noutras unidades do grupo a trabalhar já no terreno com outros profissionais. Numa altura em que o desemprego nacional atinge níveis astronómicos e afeta também os profissionais mais qualificados, o administrador executivo do Grupo Trofa Saúde salienta o inegável contributo do investimento do grupo que lidera na região Norte do país, fomentando a criação de emprego numa das regiões mais afetadas pelo maior flagelo social do momento. Talvez por isso confesse que a vontade da organização da qual faz parte é continuar a crescer e gerar trabalho. “A médio prazo estão já previstas novas contratações para o Hospital Privado de Alfena, na medida em que se verifique o crescimento da unidade conforme perspetivamos e temos também já abertura agendada de um novo hospital de dia no porto que criará também alguns postos de trabalho, ainda que menos que esta unidade”, adianta Ricardo Rodrigues que não nega que o Grupo Trofa Saúde possa ainda este ano abrir um novo hospital. “Não queremos ficar por aqui em termos de número de unidades, embora para já a nossa grande missão seja consolidar o que temos”, enfatiza. O Hospital Privado de Alfena abre as portas já na segunda-feira, contando com todas as valências essenciais a uma grande unidade hospitalar. Com uma área de vinte mil metros quadrados, distribuídos por oito pisos, terá capacidade para 97 camas de internamento e integrará uma vasta equipa de profissionais capazes de assegurar 42 especialidades clínicas, serviços de urgência geral e pediátrica e Unidade de Cuidados Intensivos. Estará aberto 24 horas, 365 dias por ano e irá servir cerca de 600 mil habitantes, desde o Porto Este a Vila Real, abrangendo os concelhos de Valongo, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel, Gondomar e Marco de Canaveses. Para recrutar colaboradores que preencham as necessidades do universo Trofa Saúde, foi criada no site da empresa (em www.trofasaude.com) uma área de “Recursos Humanos” onde os candidatos poderão apresentar a sua candidatura espontânea, através de um modelo de currículo formatado pelo grupo. Ricardo Rodrigues garante que esta é a primeira base de dados utilizada pela empresa no momento de recrutar e as vagas estão sempre em aberto.


OUTRAS NOTÍCIAS
UMinho e Hospital de Braga unidos na ciência

UMinho e Hospital de Braga unidos na ciência


A Universidade do Minho e o Hospital de Braga formalizaram esta semana a criação do Centro Clínico Académico, um espaço vocacionado para a investigação de ponta, em áreas como as neurociências, infeçã...

Bolinhos artesanais e um pontapé na crise

Bolinhos artesanais e um pontapé na crise


O jovem casal está unido nos negócios, mas também na vida em comum. Os dois empreendedores, marido e mulher, decidiram no ano passado fintar uma situação de desempre...

Saúde, finanças e TIC crescem nas contratações

Saúde, finanças e TIC crescem nas contratações


Para 407 oportunidades divulgadas registaram-se 41.642 candidaturas. Números que contrastam com janeiro de 2011, o mês mais dinâmico do ano, com 799 ofertas e 71.564 respostas a an&...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


AR ITALIANO

Experis Finance, Tax & Legal

CONTROLLER DE GESTÃO INDUSTRIAL

Spring Professional Portugal