Notícias

Science4you contrata 80

Science4you contrata 80

A empresa portuguesa Science4you, especializada na produção, desenvolvimento e comercialização de brinquedos científicos mantém a sua rota de crescimento. Em contraciclo com a economia, a equipa liderada por Miguel Pina Martins vai inaugurar 20 espaços próprios ainda este ano e recrutar 80 novos colaboradores.

16.08.2013 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Quando em 2008 Miguel Pina Martins criou a Science4you, na sequência de um mestrado em Gestão, sabia que o mundo era o seu horizonte. Na altura com 21 anos, o jovem empresário projetou um conceito de negócio sustentado na produção, desenvolvimento e comercialização de brinquedos científicos e didáticos que, sendo made in Portugal, teve desde o início claras aspirações de internacionalização. Miguel Pina Martins soube trilhar o caminho certo para levar este projeto a ultrapassar fronteiras e hoje a Science4you soma prémios e diversas distinções internacionais. Em contraciclo com a conjuntura económica nacional, a empresa prepara-se para abrir até ao final do ano 20 novas unidades em território português e está a reforçar a sua equipa com 80 novos colaboradores.

Na equipa de Miguel Pina Martins trabalham atualmente 60 colaboradores. A empresa está em crescimento contínuo desde a sua criação e todos os anos tem triplicado o seu número de colaboradores. “Iniciámos o primeiro ano de vendas em 2008 com uma equipa de apenas três elementos e neste momento já contamos com 60 pessoas”, explica Miguel Pina Martins, o mentor e CEO da empresa que assume como objetivo permanente da empresa “recrutar em média pelo menos o dobro do ano anterior”. Este ano a fasquia é diferente. A  Science4you está a contratar 80 novos colaboradores para dar resposta à abertura de 20 novas lojas até ao Natal. Com estas contratações Miguel Pina Martins quer reforçar a equipa com recursos humanos habilitados para operar ao nível da gestão dos espaços, lojistas, armazém, mas também perfis com competências para trabalhar diretamente na produção e desenvolvimento dos brinquedos científicos que a marca produz e que estão já espalhados pelo mundo.

A marca tem escritórios próprios em Portugal, Espanha e Reino Unido, onde recentemente firmou uma importante parceria com Universidade de Oxford (ver caixa). Além destes países, os brinquedos científicos portugueses com a chancela da Science4you são já distribuídos pelos quatro cantos do mundo em geografias tão distintas como Moçambique, Japão, Finlândia, Grécia e outros. Criada em pleno contexto de crise, a empresa de Miguel Pina Martins é o exemplo de como a adversidade pode ser um estímulo à criatividade. Habituado a ultrapassar obstáculos desde o início, o empresário diz não temer o atual contexto nacional. “A Science4you tem conseguido contornar a crise e crescer, também muito devido à nossa aposta na expansão internacional”, explica. Mas o CEO faz questão de frisar que “Portugal é o nosso berço e faz parte da nossa estratégia de crescimento”. Com os 80 postos de trabalho agora anunciados para Portugal, o gestor diz sentir que está a contribuir para a economia nacional.

Um contributo que também tem dado ao nível da notoriedade que a empresa nacional tem alcançado em patamares internacionais. A Science4you de Miguel Pina Martins tem como parceira nacional a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e o trabalho conjunto que tem vindo a ser desenvolvido já valeu à marca o Prémio de Empreendedor Finica Jovem (2009), o Prémio Empreendedor do Ano pela Comissão Europeia (2012), o 1º Prémio da European Entreprise Awards, na categoria de Internacionalização (2011) e já este ano alcançou o Prémio Empreendedor e o Business Internationalization Award do Governo britânico.  Para este reconhecimento, muito tem contribuído a estratégia de entrada em mercados internacionais estruturada pelo empresário. “A entrada noutros mercados tem corrido dentro da normalidade e temos tentado, à semelhança do que realizamos em Portugal, aproximar os consumidores do nosso produto acrescentando mais-valias próximas à sua naturalidade, como é o caso das parcerias estabelecidas com museus, ou a certificação dos brinquedos pelas universidades dos países nos quais estamos alojados”.

A Science4you entrou no mercado com o objetivo de desenvolver, produzir e comercializar brinquedos didáticos. Este continua a ser o foco principal do negócio, mas a marca já oferece também soluções para festas de aniversário, animação científica e campos de férias, sempre com o objetivo de levar o público mais jovem a aprender enquanto se diverte.

No atual processo de recrutamento a empresa procura colaboradores capazes de vestir a camisola, que acreditem no projeto e dedicados. Características que são, segundo o CEO, comuns a qualquer função. Há vagas para várias áreas e com distintas exigências de qualificação. “Temos a possibilidade de admitir colaboradores a partir do 9º ano de escolaridade”, explica Miguel Pina Martins.  

Universidade de Oxford: um parceiro de peso
O sucesso da Science4you tem faces visíveis um pouco por todo o mundo. A empresa portuguesa já expandiu a sua atividade e os seus produtos por geografias tão diversas como Japão, Moçambique, Grécia, Índia, Brasil, Espanha entre outros. Uma das faces mais recentes desta conquista territorial liderada por Miguel Pina Martins é a parceria com a Universidade de Oxford que a partir de agora terá uma colaboração ativa na conceção dos produtos da Science4you.

O Reino Unido é um mercado importante para a empresa portuguesa que está desde fevereiro em terras de sua majestade e que vê agora reforçada esta presença. O lançamento dos primeiros kits científicos aprovados pela Universidade de Oxford está previsto para setembro deste ano e inclui brinquedos como o Plantas, Vulcão, Química 1000, Detetive DNA, Carro Solar, Stegosaurus e outros.Na primeira fase de colaboração, a Universidade de Oxford apoiará a Science4you na conceção de manuais auxiliares e só numa segunda fase passará a participar também na conceção de produtos específicos orientados para a cultura local.

A Science4you tinha já outras parcerias com instituições académicas. Em Portugal a empresa tem como parceira a Universidade de Lisboa e em Espanha, a Universidade Autónoma. Outras instituições de destaque poderão vir a integrar a lista de parceiros da empresa em vários pontos do mundo. Até porque esta empresa nacional nasceu com aspirações globais.



OUTRAS NOTÍCIAS
Apple tem vagas para portugueses

Apple tem vagas para portugueses


O gigante tecnológico Apple, fundado por Steve Jobs, tem em marcha um processo de recrutamento global que visa detetar potenciais talentos para integrar a sua equipa em várias áre...

Há 601 vagas para estágios na Função Pública

Há 601 vagas para estágios na Função Pública


Na primeira edição do Programa de Estágios Profissionais na Administração Pública (PEPAC), o Estado disponibilizou 1905 vagas de estágio em diferentes ...

Um negócio sobre rodas

Um negócio sobre rodas


O jovem empresário com formação na área das engenharias, despertou para o universo da geolocalização ainda estudante, durante um estágio no Instituto G...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


COMERCIAL - CONSTRUÇÃO CIVIL - ZONA NORTE

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal