Notícias

Saúde inspira negócios

11.02.2005


  PARTILHAR




Cátia Mateus

O ANO de 2005 é de surpresas no «franchising». A Entrepreneur's Franchise acaba de divulgar o seu 26º «ranking» anual para os maiores «franchisings» dos Estados Unidos da América. Na tabela das melhores oportunidades de negócio, a comida saudável e os serviços fortalecem-se, enquanto o mais tradicional «fast food» parece estar a perder terreno. Ainda que a conjuntura americana esteja longe da realidade nacional, Eduardo Miranda, presidente do Instituto de Informação em Franchising (IIF), adianta que, «por exemplo, no campo da restauração, a preferência por conceitos de comida mais saudável segue, em Portugal, o crescimento já registado nos EUA»

Na América, as sandes da Subway ainda são um bom negócio e uma área onde vale a pena investir. A marca — que até à data não teve grande sucesso em Portugal, oferecendo um conceito alimentar baseado em sanduíches e saladas frescas — continua a liderar pelo 13º ano consecutivo o «ranking» dos maiores «franchisings» americanos. O mesmo não acontece com o McDonald's, que em 2004 ocupava o 8º lugar dos melhores negócios e agora abandonou o dez primeiros lugares do «ranking».

A lista de «bons investimentos em ‘franchising'» dá ainda destaque aos serviços com a marca Jackson Hewitt, um «franchising» na área dos impostos, que se posiciona em 4º lugar na tabela e também ao sector imobiliário, onde a REMAX se afirma como a 10 maior marca na América.

Se num modelo de negócio comum a inovação do conceito é importante para o sucesso da empresa, quando se fala de «franchising» a originalidade é tudo. Talvez por isso, um dos mandamentos do empreendedor que aposta no «franchising» seja acompanhar a realidade internacional. Em Portugal, a maioria das empresas criadas surge com conceitos importados de vários pontos do mundo. Por isso, para Eduardo Miranda, «conhecer as tendências do momento é estar alerta para uma boa oportunidade de negócio».

Anualmente, o IIF divulga o Censo do Franchising, um «ranking» semelhante ao que actualmente é divulgado na América. A edição de 2005 da lista de melhores negócios só deverá ser conhecida dentro de um mês e meio, mas Eduardo Miranda deu a conhecer as tendências nacionais do momento.

À semelhança da realidade americana, também em Portugal a saúde está em voga. «Os negócios ligados à saúde e estética estão a ganhar cada vez mais terreno em Portugal, tanto nos serviços como na restauração», explica. A tendência para o aparecimento de conceitos de restauração mais saudáveis, ou até para a adequação da oferta de algumas marcas já existentes, não se fará esperar.

Para Eduardo Miranda, «os serviços para as famílias apresentam sinais de expansão e têm ainda fortes potencialidades no mercado, desde que apostem na diversidade».

 

 

 

 





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Arquiteto

Anónimo

Colaborador

Anónimo

Comercial / Diretor(a) Comercial

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA