Notícias

Sabão com alma e emoção

Sabão com alma e emoção

Alfazema, manjericão, canela, rosa, urtiga, flor de laranjeira, carvão vegetal, pimentão e azeite. Não, não são ingredientes de uma exótica receita de culinária, embora pudessem.
27.07.2012 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



São os “condimentos” que dão cor e textura ao projeto de Sara Domingos: o Sabão Olivia, uma marca de sabão artesanal cujos tons, cheiros e texturas estão a encantar quem passa no atelier da artista plástica, bem no coração da baixa lisboeta, ali na rua de São Julião. Sara Domingos cursou Design de Comunicação na Faculdade de Belas Artes de Lisboa e embora tenha desenvolvido atividade na sua área de formação, a arte sempre a encantou. Em paralelo ao seu trabalho gráfico desenvolveu e consolidou uma carreira como artista plástica que a levou a participar em diversas mostras individuais e coletivas, estando inclusive representada em galerias e coleções privadas. Foi neste trabalho de produção artística que descobriu a vontade, e também a necessidade, de criar a marca Sabão Olivia. “Este projeto surgiu há cerca de dois anos porque a atividade de artista plástica é muito manual, obrigando-me constantemente a lavar as mãos. Os sabões existentes no mercado deixavam-me a pele muito seca e de comecei a produzir estes artesanais”, explica Sara Domingos reforçando que “de início era para uso pessoal, mas como tiveram uma grande aceitação por parte das pessoas comecei a alargar a produção”. O Sabão Olivia é produzido artesanalmente e de forma manual pela artista plástica e insere-se num projeto mais vasto de Sara ligado à priação de pequenos objetos de cariz artesanal. Há Sabão Olivia alfazema, manjericão, canela, urtiga, flor de laranjeira, pimentão, rosa e uma imensa variedade de especiarias. A base de produção destes sabões é 100% azeite, uma gordura boa que lhe dão características únicas em matéria de hidratação. A este ingrediente Sara junta uma inspiração mediterrânica que lhe permite utilizar ervas aromáticas que a própria artista cultiva e seca artesanalmente. “O primeiro passo para o lançamento do Sabão Olivia foi conseguir um produto de qualidade. Depois, a minha capacidade criativa permitiu-me tirar proveito da plasticidade da matéria e brincar com as formas, texturas e cores, tornando único cada exemplar de sabão. A própria embalagem também é trabalhada dentro de uma técnica de estampagem artesanal”, explica Sara. O Sabão Olivia vem em pequenos cubos ou esferas e reúne adeptos junto de vários perfis de clientes, dos que têm preocupações ecológicas e ambientais, aos que tem interesse pela recriação de técnicas antigas, aos que procuram uma prenda personalizada, por exemplo para casamentos ou eventos específicos. Para já, o projeto Sabão Olivia assegura apenas o autoemprego de Sara, mas a artista não coloca de lado a hipótese de recrutar “depois da consolidação do negócio”. Outra porta que não fecha é a da criação de parcerias. “Um fornecedor de azeite poderia ser o parceiro natural para a expansão dos sabões Olivia”, confessa. O maior desafio da artista empreendedora é a gestão dos diferentes projetos que tem em mão e colocar em prática novas ideias. Sem grande investimento inicial, Sara fez vingar este projeto com custos muito controlados e uma persistência infinita. Mas um dos fatores de sucesso da marca que criou é o lado emocional do Sabão Olivia. “Noto que muitas pessoas vêm à procura do Sabão Olivia porque lhes lembra o que era feito antigamente em casa das suas famílias”, enfatiza. Sara quer agora expandir a sua produção para uma linha de rosto utilizando como base o azeite, de preferência de produção biológica. BI EMPRESARIAL Promotores: Sara Domingos, 39 anos. Formação: É licenciada em Design de Comunicação, pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa. Durante vários anos desenvolveu essa atividade num atelier próprio, mas paralelamente deu forma ao seu trabalho como artista plástica, com o qual tem integrado diversas mostras individuais e coletivas. Recentemente começou a desenvolver um projeto ligado à criação de objetos de cariz artesanal. Área de atividade: Produção de sabão artesanal, com uma base de gordura de 100% azeite. Data de criação da empresa: 2010. Principais clientes: Clientes com preocupações com a sustentabilidade ambiental e ecológica e também com interesse pela recriação de técnicas antigas com cariz artesanal. Postos de trabalho criados: Para já, apenas o seu autoemprego. Estratégia de lançamento: Para lançar o projeto Sabão Olivia, Sara optou por uma estratégia de delimitação máxima dos custos de financiamento iniciais. A persistência, criatividade, compreensão dos ciclos de maior e menor procura foram outras “armas” de que se muniu para colocar em marcha a sua ideia. Sítio online: http://www.saradomingos.blogspot.pt


OUTRAS NOTÍCIAS
ACPP forma cozinheiros

ACPP forma cozinheiros


“A ideia de lançarmos estes cursos deve-se a termos sido contactados por muitas pessoas que gostavam de entrar nesta profissão”, conta Maria João Caldeira, coordenadora de formação da ACPP. Todos os c...

Fintar a crise com um part-time

Fintar a crise com um part-time


O fenómeno está a ganhar adeptos e até já há sites que podem auxiliá-lo na difícil tarefa de dar o primeiro passo. O número de trabalhadores portugueses que aufere o salário mínimo nacional duplico...

Marketing digital para executivos

Marketing digital para executivos


A International Faculty for Executives (IFE) vai voltar a promover o seu Executive Training em Marketing Digital. Depois da adesão que alcançou na sua primeira edição, o curso regressa novamente como ...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Diretor-Geral

FAROL ATT - Associação de Tratamento das Toxicodependências