Notícias

RUMOS procura talentos nas TI

RUMOS procura talentos nas TI

O segmento das tecnologias de informação é o mais dinâmico no panorama do recrutamento nacional. As competências técnicas dos profissionais portugueses são reconhecidas lá fora e como resultado direto desta visibilidade além-fronteiras, as empresas portuguesas do setor das TIC têm vindo a ganhar um número crescente de projetos e clientes globais.
25.10.2012 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Um crescimento que está a gerar necessidade de novas contratações e a provocar na área uma certa imunidade à austeridade. Esta semana é a RUMOS quem está no mercado à procura de reforços. Os últimos dados do inquérito às intenções de contratação nas empresas portuguesas, realizado anualmente pela MRINetwork Portugal/ CIGA - Coaching de Inspiração Grupanalítica, não deixa margem para dúvidas: o recrutamento tecnológico tem margem para crescer entre as PME Portuguesas. Os números do estudo, recentemente divulgado, revelam que 57% das empresas de menor dimensão ponderam recrutar profissionais com competências consolidadas na área das tecnologias de informação. Mas mesmo sem estes dados, há muito que é possível constatar que o sector da TI é hoje o mais dinâmico nas contratações e aquele que tem vindo a gerar um maior número de postos de trabalho em Portugal. Ao longo dos últimos meses, o Expresso Emprego tem divulgado exemplos de tecnológicas com recrutamentos ativos e há até casos em que quem contrata na área tem dificuldade em encontrar os profissionais certos. A RUMOS é disso um exemplo. A empresa está no mercado a contratar 30 novos colaboradores, mas Tiago Catarino, gestor da unidade de negócio HROutsourcing da empresa, reconhece que “por vezes é difícil encontrar as pessoas que precisamos nos volumes que gostaríamos”. A área de Recrutamento e Outsourcing do Grupo Rumos tem a decorrer um processo de seleção e identificação de talento que tem como objetivo conduzir à empresa 30 novos colaboradores, especializados no expertise da empresa: as tecnologias de informação. Com a entrada destes reforços, a RUMOS totaliza a integração de 100 novos quadros só este ano. Um número sonante numa época de adversidade que Tiago Catarino justifica com um forte incremento da procura do mercado por recursos humanos na área das TI, mas também com o facto de muitos colaboradores da empresa que estavam alocados a projetos de outsourcing, terem sido integrados diretamente nesses mesmos projetos. Uma transição que entusiasma o responsável da RUMOS que a encara como a confirmação da qualidade dos profissionais da empresa, nos quais a RUMOS faz um forte investimento ao nível da formação. Com efeito, trabalhar nesta tecnológica exige superar um rigoroso e exigente processo de seleção. “A nossa meta é construir uma comunidade de pessoas incríveis nas tecnologias. Neste momento somos 250 consultores e o nosso processo de contratação está projetado para encontrar pessoas extraordinárias e desenvolver equipas de pessoas brilhantes, porque queremos ter a certeza de que estamos a fazer a diferença e a resolver os problemas dos nossos clientes”, explica Tiago Catarino. Mas o responsável da área de HROutsourcing da RUMOS não nega que a criação de emprego faz parte da estratégia de crescimento e diferenciação da empresa que está há 20 anos no mercado. “A RUMOS é mais do que uma empresa que presta serviços de consultoria e formação no domínio das TI. É uma comunidade social e empresarial de pessoas defensoras de uma mudança social positiva, onde a criação de emprego é um factor-chave”, argumenta acrescentando que “seja na componente formativa ou na construção de equipas para os projetos dos nossos clientes, a nossa atividade económica tem subjacente o desafio social de criar múltiplas oportunidades de emprego e esta perspetiva faz com que as empresas que procuram os nossos serviços, partilhem a mesma visão”. Este ano, a RUMOS somará 100 novos colaboradores na sua equipa, num processo de contratação que Tiago Catarino não considera fácil. O responsável reconhece que a empresa faz esforços por encontrar várias fontes de talentos e os elevados padrões de qualidade que aplica na identificação de candidatos, tornam por vezes difícil encontrar as pessoas necessárias à sua estrutura, nos volumes que gostariam para dar resposta aos clientes. “A exigência não está tanto na competência técnica dos candidatos, porque essa podemos fabricar e modelar internamente, mas num conjunto básico de valores que incluem dedicação, energia, inovação e entusiasmo que se traduzem em valor concreto para os clientes”, explica o gestor para que “é necessário pensar sempre que o que fazemos faz a diferença e que o lugar que ocupamos é merecido e inspirador”. Garantir um lugar nesta equipa, implica passar o crivo de uma seleção rigorosa e exigente que envolve vários processos partilhados de avaliação, incluindo os dos clientes finais da RUMOS. Mas Tiago Catarino enfatiza “estamos sempre interessados em ouvir pessoas prontas para mudar e tentar fazer algo de novo”. A empresa concentra a sua estratégia de recrutamento nos meios convencionais, mas também nas redes sociais, nos sites de referência na área do recrutamento e no seu próprio site (www.rumos.pt), onde divulga em permanência as oportunidades de emprego em aberto. A empresa procura para as suas estruturas profissionais apaixonados e fascinados pelo universo da tecnologia, com gosto pela área da programação e que tenham, idealmente, algum conhecimento prévio da área. Mas neste processo que agora decorre, tal como em todos os outros, o responsável pela área de HROutsourcing confirma: “estamos mais interessados no potencial dos candidatos para serem extraordinários. Queremos pessoas que não se limitem a estar sentadas atrás de um computador, mas que consigam interagir com os clientes e com as equipas onde estão os desafios”. É este perfil que a RUMOS procura agora em 30 portugueses.


OUTRAS NOTÍCIAS
Easyjet reforça equipa com 25 contratações

Easyjet reforça equipa com 25 contratações


A companhia aérea de baixo custo Easyjet está a reforçar a sua operação em Portugal. A empresa anunciou esta semana a aquisição de mais um avião, a abertura de duas novas rotas e a necessidade de ampl...

Novos desafios para profissionais da Lei

Novos desafios para profissionais da Lei


É cada vez maior o número de advogados que apostam em consolidar uma carreira dentro de uma empresa deixando de lado as sociedades de advogados. A tendência não é novidade e já no ano passado, os dado...

Crise não limita aspirações de mudança

Crise não limita aspirações de mudança


A mobilidade profissional é há muito encarada como um trunfo para quem aspira ao sucesso na carreira. Não se trata apenas de estar disposto a mudar de local de trabalho, de país, de função, de tarefas...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Arquiteto

Anónimo

Colaborador

Anónimo

Comercial / Diretor(a) Comercial

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA