Notícias

Recrutamentos nacionais com escala global

Recrutamentos nacionais com escala global

Angola, Brasil, Espanha, Bélgica, Cabo Verde, Canadá, França, Irlanda, Israel, Luxemburgo, Marrocos, Moçambique, Malta, São Tomé e Príncipe e Suíça, são alguns dos países onde a portuguesa LINK Consulting marca presença ou desenvolve a atividade. A consultora opera na área das Tecnologias de Informação e Comunicação e está em expansão. A partir de Portugal Paula Baeta, diretora de recursos humanos da marca, materializa no terreno uma política de deteção e gestão de talento com raízes nacionais e ambições globais. A firma emprega 230 colaboradores e até ao final do ano deverá contratar 30 a 35 novos profissionais, juniores e seniores. 

26.09.2013 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Ter pessoas felizes numa organização feliz, é a grande aposta de Paula Baeta, a diretora de Recursos Humanos da consultora LINK. A gestora, lidera o talento de uma empresa tecnológica que nasceu em 1999, fruto da autonomização empresarial dos Centros de Transferência de Tecnologia do Instituto Nacional de Engenharia de Sistemas e de Computadores (INESC). A empresa é hoje detida maioritariamente pela Aitec SGPS, uma holding de empresas de base tecnológica que, ao longo dos últimos 20 anos, se destacou no panorama nacional pela criação de mais de cinco dezenas de empresas na área das Tecnologias de Informação (TI). A LINK é a marca do grupo para as TI e agrega três empresas de características inovadoras, somando atualmente 230 colaboradores no mercado nacional, mas também no Brasil e Angola onde tem escritórios. Paula Baeta gere todo o talento que tem levado a marca a conquistar mercado em cenários globais. Talento nacional que não conhece fronteiras.

A LINK terminou agora a seleção de candidatos para o seu programa anual de estágios. FOra selecionados 16 candidatos para integrar a empresa. Um trabalho rigoroso e exigente que segundo a diretora de RH, cumpre anualmente a missão de “captar os melhores”. Para isso, a LINK recruta exclusivamente em universidades de referência. Os alunos formados no Instituto Superior Técnico, na Universidade Nova, na Universidade do Minho, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, na Universidade de Coimbra, Instituto Superior de Economia e Gestão ou ISCTE estão anulamente na mira da empresa que não integra só recém-licenciados.

Paula Baeta adianta que até ao final do ano a LINK deverá receber 30 a 35 novos colaboradores na sua equipa, “perfis juniores, mas também seniores”, explica. No momento de contratar a diretora de recursos humanos priveligia a experiência profissional, nacional e internacional, a competência técnica, a capacidade de planeamento, o trabalho em equipa a e orientação para a obtenção de resultados.

A retenção de talento é o grande desafio atual da empresa e da diretora de recursos humanos. Em 2012, a LINK deparou-se com um problema de fuga de talentos para o estrangeiro. A taxa de rotatividade da consultora que rondava os 8 a 10% ao ano, atingiu os 20% no ano passado. Para estancar o problema “a empresa tem vindo a apostar cada vez mais na valorização através da formação e em incrementar o desenvolvimento de uma gestão de carreira ambiciosa a nível nacional e internacional”, explica Paula Baeta.

Trabalhar no desenvolvimento das pessoas é a grande motivação quotidiana de Paula Baeta. A líder de RH da LINK diz acreditar no potencial do talento e nos efeitos motivacionais e de produtividade do “match entre as pessoas certas e o lugar certo”. É essa a sua missão na LINK e aquilo que quer continuar a fazer a cada processo de recrutamento.


Paula Baeta
42 anos
Diretora de Recursos Humanos da LINK Consulting


Formação:
É licenciada em Direito pela Universidade Autónoma de Lisboa e possui um Executive Master pela Universidade Católica Portuguesa.

Percurso:
Iniciou a carreira numa empresa de telemarketing, ainda antes de concluir a sua licenciatura. Realizou depois o estágio de advocacia (na altura com duração de 18 meses) e foi desenvolvendo algumas experiências profissionais paralelas, em part-time, que lhe permitiram alargar conhecimentos, por exemplo, na área imobiliária. Em 1997 ingressou no Gabinete Jurídico do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores. Foi o seu primeiro contacto com a tecnologia. Dois anos mais tarde integra a equipa da LINK Consulting, como responsável pelo gabinete jurídico, atividade que entretanto alargou às diversas empresas do grupo, entretanto criadas. Em 2010 passou a liderar o departamento de Recursos Humanos e desde 2012 que coordena também os RH internacionais (LINK Brasil e LINK Euro África).

Desafio atual:
“Ter pessoas felizes, numa organização feliz”
é a grande meta da diretora de Recursos Humanos que diz desenhar todo o trabalho da sua equipa com este foco. “No atual contexto, é um desafio acrescido”, confessa.

Princípio de gestão:
Privilegia o trabalho em equipa, o planeamento, o empowerment, feedback e reconhecimento da sua “dream team”.

Família:
É casada e mãe de uma filha.

Hóbis:
Ler, escrever e pintar são os seus hóbis, mas confessa “uma paixão imensa pela nova culinária, saudável, equilibrada e com muito sabor”.



OUTRAS NOTÍCIAS
Galp Energia forma futuros líderes

Galp Energia forma futuros líderes


Quando em 2009 a Galp Energia decidiu desenvolver internamente competências de gestão e técnicas comportamentais que considerava essenciais para preparar os seus colaboradores para...

SAP vai formar novos génios da TI

SAP vai formar novos génios da TI


Uma lacuna que a tecnológica alemã SAP quer minimizar com o seu projeto formativo Academy Cube.A lacuna de competências nas áreas das Tecnologias de Informação...

Farmacêutica Merck tem 600 vagas

Farmacêutica Merck tem 600 vagas


A multinacional alemã da indústria farmacêutica Merck está a aumentar as suas equipas nas várias geografias onde está presente. Ao todo são 600 vagas em...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Arquiteto

Anónimo

Colaborador

Anónimo

Comercial / Diretor(a) Comercial

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA