Notícias

PwC aposta na fiscalidade

PwC aposta na fiscalidade

A fiscalidade é uma das áreas chave da consultora PwC, em matéria de investimento na formação. Através da sua estrutura de formação - a Academia de Formação de Executivos da PwC – ?a empresa vai reforçar o leque de cursos com novas formações que decorrerão em Lisboa e no Porto.
23.01.2012 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Até abril está previsto o arranque de quatro novos cursos pensados para quem tem interesse em aprofundar conhecimentos nas áreas fiscais. O “Novo Código Contributivo e a sua Regulamentação - Casos Práticos” é a primeira das formações agendada e arranca já a 27 de janeiro, no Porto, e a 30 em Lisboa. “Trabalhar em Angola: Legislação e Fiscalidade” é outro dos cursos previstos. Tem duração de quatro horas e está agendado para 27 de fevereiro na capital e dois dias depois, a 29, na cidade invicta. Em março o tema será “Tributação das Remunerações Acessórias”, com a formação de cinco horas a decorrer nos dias 12, no Porto, e 16 em Lisboa. Este ciclo de formações fica concluído com uma reflexão subordinada ao tema “Alterações ao Código de Trabalho” que reunirá os participantes durante quatro horas em Lisboa (a 29 de março) e no Porto (a 21).César Gonçalves, partner da Academia da PwC, justifica esta aposta formativa na área da fiscalidade com a crescente procura dos clientes da empresa pela atualização de conhecimentos nesta temática. “A sucessiva procura dos nossos clientes pelos cursos de fiscalidade da Academia é para nós o reconhecimento da excelência da nossa entidade”, enfatiza ainda o partner adiantando que “de facto os mercados estão, mais do que nunca, sensibilizados para as questões fiscais, não só pelas sucessivas alterações ocorridas no nosso país mas também em todo o mundo”. Uma realidade que para César Gonçalves justifica a necessidade das empresas em adquirirem conhecimento de valor acrescentado, de forma a colmatar essas questões, criando assim um maior impacto nos seus negócios. Além destes cursos, a Academia PwC disponibiliza outras formações e programas especiais para Técnicos Oficiais de Contas e Técnicos de Recursos Humanos. Contudo, César Gonçalves reconhece que a academia tem dado particular importância à área da fiscalidade. Em 2010 a empresa realizou mais de 20 formações nesta área, envolvendo mais de 300 quadros médios e superiores de empresas nacionais. Em foco estiveram temáticas como o Código Contributivo, a internacionalização na era da transparência fiscal, os contratos de trabalho, entre muitas outras.


OUTRAS NOTÍCIAS
“É fundamental ser flexível em termos de mudança”

“É fundamental ser flexível em termos de mudança”


A paixão pela gestão de pessoas é antiga e herdou-a da sua primeira experiência laboral. Aos 18 anos, ainda estudante, conseguiu um emprego na ADP, uma multinacional que prestava serviços às companhia...

Trabalho Temporário emprega 600 por dia

Trabalho Temporário emprega 600 por dia


As 246 empresas de Trabalho Temporário (TT) que operam em Portugal, com alvará, colocaram no ano passado no mercado de trabalho uma média de 600 trabalhadores por dia. O número é avançado por Marcelin...

Governo fomenta microcrédito para apoiar desempregados

Governo fomenta microcrédito para apoiar desempregados


O incentivo ao microcrédito poderá ser um dos trunfos do Governo para apoiar os desempregados. O Executivo vai disponibilizar uma verba de 15 milhões de euros para apoiar a criação de micro negócios q...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ARQUITETO GRÂNDOLA

Michael Page Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER BEJA

Michael Page Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER PORTALEGRE

Michael Page Portugal