Notícias

ONG coloca mulheres mais perto do mercado de trabalho

ONG coloca mulheres mais perto do mercado de trabalho

Chama-se Dress for Success e é uma ONG que já ajudou mais de 550 mil mulheres a integrarem o mercado de trabalho, em 75 cidades do mundo. Lisboa é das mais recentes capitais desta rede.
20.07.2012


  PARTILHAR



O projeto vive de voluntariado e doações e é totalmente gratuito para as mulheres que a ele recorrem. O Dress for Success veste e prepara as mulheres para uma entrevista de emprego e, em casa de contratação, dá-lhes um apoio de consultoria e formação ao nível do desenvolvimento profissional. Fernanda Machado descobriu o projeto Dress for Success no famoso programa da Oprah Winfrey, uma das madrinhas da organização não governamental (OBG) nos Estados Unidos. Uma pequena reportagem foi suficiente para que Fernanda movesse o mundo até conseguir trazer o programa para Lisboa e para as mulheres portuguesas. A empresária é fundadora e diretora executiva do Dress for Success Lisboa, um programa sustentado nos pilares do voluntariado e da partilha, onde a missão é apoiar mulheres em situação de desemprego, a transformar a oportunidade de uma entrevista de trabalho no sucesso de uma contratação. Desde a importação do conceito para Portugal, em janeiro, o programa já apoiou 82 mulheres na preparação da sua entrevista de emprego. Dessas, e apesar da conjuntura de adversidade, 35% ingressaram no mercado e continuaram no programa a beneficiar de apoios ao nível da consultoria de imagem e de gestão de carreira. O Dress for Success é totalmente gratuito para as mulheres que a ele recorrem e parte do conceito de que, nos dias que correm, uma imagem e a atitude certa numa entrevista, podem valer tanto como um bom currículo. A ONG Dress for Success dedica-se a ajudar mulheres desempregadas a conquistar um novo emprego, preparando-as para a entrevista de trabalho, seja ao nível da apresentação, seja trabalhando as questões mais comportamentais relacionadas com a atitude. Fernanda Machado esclarece que o programa não atua como um centro de emprego, embora trabalhe em articulação direta com diversas estruturas. “As mulheres vêm até nós através das instituições - centros de emprego, CNAI, ACIDI, empresas de recursos humanos, departamentos de RH - mas também podem vir ter connosco autonomamente mulheres que estejam em procura ativa de emprego”, explica a diretora executiva. A Dress for Success dá, numa primeira fase, roupa, aconselhamento de imagem e coaching de preparação para a entrevista a estas mulheres. Após conseguirem o emprego, podem regressar ao programa para continuar o seu apoio. “Quando há uma situação de contratação, oferecemos às mulheres um enxoval de roupas, calçado, malas, acessórios que podem permitir à mulher manter a sua imagem no novo posto de trabalho durante cerca de um mês, pois são várias as combinações possíveis”, explica. As roupas são usadas, em bom estado, ou novas e resultam de doações de outras mulheres profissionais. Mas este é apenas o primeiro passo de um apoio que é muito mais vasto e que inclui a consultoria. Totalmente sustentado num projeto de voluntariado, o programa reúne um conjunto de profissionais em diversas áreas de especialidade (advogados, técnicos de RH, administrativos, gestores, oradores, consultores de imagem, cabeleireiros, maquilhadores, entre outros) que trabalham gratuitamente para ajudar estas mulheres, dando-lhes a formação e a consultoria necessárias para gerir a sua atividade profissional até à contratação e depois desta. Caso a mulher nãos seja contratada é integrada no GOing Places Network, onde lhe é dada formação para a melhoria efetiva de emprego e para aumentar as suas competências em futuras entrevistas. A maioria das mulheres que recorrem a este apoio gratuito são, segundo a líder, mulheres jovens, em muitos casos mães solteiras, com a escolaridade obrigatória, mas também com estudos superiores em busca do primeiro emprego ou do regresso ao mercado laboral. Um projeto para trabalhadoras O projeto Dress for Success Worldwide foi criado por mulheres, para ajudar outras mulheres. A organização não governamental tem na sua base a vontade de ajudar mulheres mais vulneráveis e economicamente mais fragilizadas a integrarem-se no mercado de trabalho e tornarem-se economicamente independentes. A ONG americana está já implantada em 75 cidades de diferentes continentes e desde 1997 já ajudou mais de 550 mil mulheres. Uma rede de apoio que é totalmente gratuita para quem a ela recorrer e que vive essencialmente de voluntariado apoios e donativos. O processo é simples. Se tem uma entrevista de emprego marcada, a Dress for Success dá um conjunto de roupas apropriadas para a ocasião e um treino de postura e atitude, para que as mulheres se sintam mais preparadas e motivadas para entrevista e para que possam ser bem-sucedidas nesta fase inicial do processo. Se a meta for alcançada e a contratação efetivada, a ONG fornece às mulheres um conjunto de roupa que lhes permitirá começar a trabalhar, mantendo uma imagem profissional adequada até conseguirem renovar ou atualizar o seu guarda-roupa para o efeito. As roupas utilizadas são novas ou doadas por outras mulheres profissionais (ver www.dressforsuccess.org), mas a Dress for Success não se fica por aqui e o apoio que dá à mulheres vai além da preparação para a entrevista. A ONG aconselha também as mulheres na gestão da sua carreira, melhoria do currículo e um vasto conjunto de outras áreas. A meta é apoiar as mulheres na sua integração ou regresso ao mercado de trabalho, fomentando o seu crescimento profissional.


OUTRAS NOTÍCIAS
Temporários gerem reconversão profissional em tempo de crise

Temporários gerem reconversão profissional em tempo de crise


Numa época de incerteza e apesar das notícias recentes relacionadas com as salariais destes trabalhadores, as empresas e associações do sector insistem que temporário não significa precário e que esta...

Portal da APESPE gera 150 ofertas de emprego diárias

Portal da APESPE gera 150 ofertas de emprego diárias


Durante o período em análise, a página teve mais de 58 mil visualizações. A oferta de emprego registada no Portal através de anúncios das empresas associadas teve maior incidência na área de vendas/co...

8,1 mil milhões para assegurar 210 mil empregos na inovação

8,1 mil milhões para assegurar 210 mil empregos na inovação


O montante está integrado no 7º Programa Quadro (2007-2013) de apoio à investigação e inovação dentro do espaço comunitário. Até ao final de 2013 a União Europeia (UE) terá apl...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


1 ECONOMISTA ESPECIALISTA DE CONCORRÊNCIA

Autoridade da Concorrência

1 TÉCNICO ESPECIALIZADO

Autoridade da Concorrência