Notícias

O país a desfazer-se

07.01.2005


  PARTILHAR




Vítor Andrade

OS SUCESSIVOS encerramentos de empresas têxteis e de confecção de vestuário na região da Beira Interior estão a empurrar milhares de pessoas para a ingrata situação do desemprego.

Como as alternativas de trabalho são praticamente nulas a opção é quase sempre a emigração. Perde a região, que está cada vez mais desertificada, e perde cada um dos afectados que vêem os seus projectos de vida interrompidos e desfeitos. É um imenso pedaço do país que se vai desfazendo. Enche-se momentaneamente de gente nos períodos festivos - pessoas que vão visitar os familiares mais resistentes -, para se esvaziar logo a seguir.

Ali, como noutras regiões do país, falta uma dose reforçada de espírito de iniciativa, capacidade de investimento e mão-de-obra de qualidade.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Arquiteto

Anónimo

Colaborador

Anónimo

Comercial / Diretor(a) Comercial

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA