Notícias

Procuram-se economistas e novos gestores

Procuram-se economistas e novos gestores

As tecnologias de informação mantêm a liderança do ranking dos sectores que mais recrutam, mas março trouxe boas notícias aos economistas e gestores nacionais.
04.04.2013 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Num país a braços com dificuldades económicas e financeiras, crescem as oportunidades para os especialistas em números. Em março, as estatísticas das oportunidades de emprego geradas no universo Expresso Emprego, versão impressa e sítio online, deram conta de uma nova tendência: as empresas estão a apostar na contratação de economistas e gestores, ao mesmo tempo que dedicam particular atenção às suas equipas financeiras. Em 647 oportunidades de emprego divulgadas ao longo do mês passado, 103 estavam direcionadas para estes perfis. O número de ofertas ainda não chega para destronar a já histórica liderança das tecnologias de informação e das engenharias na estatística mensal das oportunidades de emprego, mas permite demonstrar que apesar da adversidade há novas oportunidades a emergir no mercado de trabalho. No mesmo mês em que o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso espelhou a sua preocupação em relação à falta de especialistas em tecnologias de informação na Europa, adiantando que o velho continente poderá necessitar de recrutar até 2015 cerca de 700 mil profissionais da área, alertando os especialistas portugueses do sector para a existência de uma oportunidade no sector, a Critical Software demonstrou que é possível trabalhar na área a partir de Portugal. A empresa destacou-se em março como o maior recrutador do mês, à luz dos anúncios divulgados no Expresso Emprego. Apesar de ter operações internacionais, Marco Costa, CEO da Critical anunciou a intenção da tecnológica em recrutar 50 novos colaboradores de vários perfis para a operação nacional da empresa. A liderança no ranking mensal do recrutamento reforça a posição do sector das tecnologias de informação como o mais dinâmico em matéria de oportunidades criadas, mas este mês cedeu terreno a novas áreas. O sector financeiro registou uma subida acentuada na tabela passando a ocupar a quarta posição, num ranking onde os três primeiros lugares pertencem às tecnologias de informação, engenharia e saúde. Em matéria de oportunidades criadas, este último sector também se destacou pela positiva no último mês. Numa análise global, o sector da saúde gerou 57 oportunidades de emprego no último mês. Enfermeiros, médicos, fisioterapeutas, psicólogos e terapeutas da fala lideraram os perfis mais procurados pelas empresas nacionais e internacionais. A área das engenharias que também tem vindo a manter presença assídua neste ranking, sofreu no último mês uma ligeira quebra no número de oportunidades divulgadas totalizando 84 ofertas, sem contudo perder a segunda posição no ranking das áreas mais dinâmicas em matéria de recrutamento. Arquitetura e design, o sector público e os perfis da área da higiene e segurança, figuram na lista dos menos procurados a par com profissões como desenhadores, educadores de infância ou orçamentistas. Quem está a recrutar mais* Os perfis mais ligados às tecnologias de informação continuam a destacar-se no ranking da procura. Entre as ofertas divulgadas para território nacional e internacional, dominam os especialistas em tecnologias de informação, em início de carreira ou com provas dadas no mercado, ainda que as estatísticas do Expresso Emprego para o mês de março desvendem uma clara emergência das oportunidades para os profissionais ligados à economia, gestão finanças e até para o sector da saúde. Conheça quem liderou ranking das contratações do último mês: 1º Critical Software 2º Engineering Supply 3º ERA 4º Blip 5º Luanda Shopping 6º Teleperformance 7º White.eu 8º Toyota de Angola 9º FMC Technologies 10º Atos * Os dados deste ranking não incluem ofertas de trabalho anónimas ou veiculadas através das empresas especializadas em recrutamento e seleção.


OUTRAS NOTÍCIAS
IKEA quer contratar 300 para loja de Loulé

IKEA quer contratar 300 para loja de Loulé


O gigante sueco de mobiliário IKEA já prepara nova missão de recrutamento, desta vez para sul do país. A marca vai inaugurar uma nova unidade em Loulé, Algarve, e Catarina Tendeiro, diretora de Recurs...

Tecnológicas recrutam 130 para território nacional

Tecnológicas recrutam 130 para território nacional


Ao contrário de uma boa parte das empresas portuguesas ou com operações em território nacional, quer a Gfi quer a Gatewit estão em rota de expansão. A primeira precisa de contratar rapidamente 1700 no...

Mentoring aproxima alunos ao mercado de trabalho

Mentoring aproxima alunos ao mercado de trabalho


O programa de mentoring da FEG-UCP assume-se como uma oportunidade para os alunos de mestrado contactarem com profissionais das áreas de economia e gestão que estejam a trabalhar dentro ou fora de Por...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Área Jurídica

Assembleia da República

Business Development Assistant

ARC International Design Consultants