Notícias

Mulheres inovadoras criam negócios

Em Coimbra estão a ser criadas 50 novas empresas geridas por mulheres
27.05.2005


  PARTILHAR




Cátia Mateus


O INSTITUTO para o Fomento e Desenvolvimento do Empreendedorismo em Portugal (IFDEP) está a apoiar a criação de meia centena de empresas geridas por mulheres. Os novos negócios são o resultado prático da primeira edição do projecto FAME — um programa de formação e consultadoria — que a instituição iniciou em Setembro do ano passado, abrangendo 120 formandas.

A partir de Coimbra, e durante três meses, o IFDEP deu formação a potenciais empreendedoras nos domínios da criação e gestão de empresas. Na primeira fase do projecto participaram 120 formandas, 54% das quais em situação de desemprego. Desta primeira edição resultaram cerca de 50 iniciativas empresariais que estão neste momento em fase de criação.

Do total de participantes, 60 mulheres, com uma média etária na ordem dos 33 anos e, na maioria, com formação superior, decidiram criar o seu próprio emprego. As empresas a criar são sobretudo no sector terciário e os projectos são diversos, abarcando a comercialização de produtos e, até, a biotecnologia.

Segundo António Henriques, presidente do IFDEP, «numa análise regional da iniciativa, os distritos de Aveiro e Coimbra são os que se revelam mais empreendedores e os da Guarda e Covilhã aqueles em que a taxa de criação de empresas é mais reduzida». Para o responsável, «o resultado alcançado neste programa supera todas as expectativas». O êxito desta iniciativa levou o instituto a considerar o alargamento do FAME a outras regiões do país. A edição 2005 já está em marcha.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


COLABORADORES

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA