Notícias

Mudança gera felicidade

Mudança gera felicidade

Mais do que o valor do salário, hoje o que dita a decisão de mudar de emprego é, para um número cada vez maior de gestores, a busca pelo bem-estar e felicidade laboral.
17.06.2010 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Dinheiro é importante, mas nos dias que correm é cada vez maior a percentagem de colaboradores que está disposto a mudar para um emprego que assegure a realização de outro tipo de aspirações, mais relacionadas com a sua satisfação pessoal e de bem-estar. A conclusão é apresentada pela empresa de executive search Boyden, no estudo “Contributo da Mudança Profissional para a Felicidade dos Candidatos”, agora divulgado. O documento em causa conclui ainda que 80% dos candidatos admitidos em processos mediados pela empresa estão hoje mais felizes.

A conjuntura económica é adversa, mas isso não impediu que 61% dos gestores inquiridos no estudo da Boyden referissem procurar na sua nova função “desafios e projectos aliciantes em empresas de qualidade”. Só 4% colocou o salário à frente de tudo. Dados curiosos que evidenciam uma crescente mudança de perspectivas por parte dos colaboradores. Na verdade, segundo Fernando Neves de Almeida, presidente da Boyden em Portugal “embora no mundo da gestão, e no mundo em geral, vivamos ainda maioritariamente ao nível da realização material e da gestão por objectivos, o cada vez maior número de pessoas cujo bem-estar material está assegurado, levam ao crescimento cada vez mais acelerado de um segmento da população no limiar das necessidades do ser”. Refere o especialista que “estas pessoas estarão na disposição de trocar o seu talento não só por dinheiro, mas antes por uma ocupação que lhes permita realizar as necessidades específicas dos níveis do ser, ou seja, mais espirituais”.

Fernando Neves de Almeida não tem dúvidas de que este segmento é cada vez mais numeroso nas organizações e quer, sobretudo, “ser feliz nas organizações, sentir propósito naquilo que faz e fazer parte de algo que considere que ter um propósito superior, motivador e útil” e as empresas devem ter noção disto. De acordo com o estudo, 80% dos candidatos admitidos em processos mediados pela Boyden estão hoje mais felizes e 89% afirmam que o processo de recrutamento “correspondeu” ou “superou” as suas previsões. Para os gestores inquiridos, o profissionalismo é o indicador mais importante para que a empresa responsável pelo recrutamento escolha a pessoa certa, dando também destaque à forma como o processo é conduzido.

Cerca de 25% dos inquiridos diz que mudou de emprego pelo projecto aliciante, 23% fê-lo pela qualidade da empresa, 13% decidiu agarrar um grande desafio e só 4% tomaram uma decisão sustentada no valor do salário oferecido. Os dados revelam ainda que para 49% o impacto desta mudança foi uma franca evolução profissional, enquanto 21% aponta o aumento das responsabilidades.

Com este estudo, a Boyden quis perceber a opinião dos seus candidatos sobre o processo de recrutamento e da mudança de que são alvo. Para tal, foram inquiridos 56 candidatos admitidos através da empresa durante o segundo semestre de 2009, para os sectores da distribuição/ retalho (34%), farmacêutico (14%) entre outros. Maioritariamente, os 56 gestores admitidos ocupam cargos de direcção técnica (40%) e 22% chefiam posições comerciais e de markting .



OUTRAS NOTÍCIAS
Mobilidade cativa trabalhadores portugueses

Mobilidade cativa trabalhadores portugueses


Cerca de 69,6% dos profissionais portugueses no activo admitem a possibilidade de abraçar um projecto laboral no estrangeiro e 84,6% mudariam de cidade por razões laborais. A conclus&ati...

INOVA BIZ em busca de talentos

INOVA BIZ em busca de talentos


Está em marcha o INOVA BIZ 2010, um inovador desafio de empreendedorismo e inovação especificamente pensado para o universo de alunos das Talent Universities do Instituto de Admin...

Anje fomenta empreendedorismo sustentável

Anje fomenta empreendedorismo sustentável


Chama-se “Política Ambiental vs Desenvolvimento Sustentável” e traduz as prioridades da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) em matéria de empreen...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Área Jurídica

Assembleia da República

Business Development Assistant

ARC International Design Consultants