Notícias

Método inovador testa cura de cancro em ovos

Método inovador testa cura de cancro em ovos

Quanto vale um ovo de galinha? Para Amílcar Gomes e Marta Pinto, a dupla de empreendedores responsável pela Expertus, pode valer a cura para o cancro. É esta a ambição da empresa que criaram, a Expertus, e o foco total do seu negócio. 

19.12.2014 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Trabalham desde 2013 sem auferir remuneração na empresa da criaram e estão totalmente orientados para o desenvolvimento de um projeto que tem muito a dar à ciência. Ao fim de cinco anos de investigação, desenvolvimento e implementação de ensaios in vivo em ovos de galinha no Ipatimup (instituto de referência internacional em investigação em cancro), a dupla de jovens investigadores Amílcar Gomes e Marta Pinto decidiu que era tempo de disponibilizar a sua plataforma científico-tecnológica a outros.

A Expertus está no mercado e mereceu este ano a distinção da Associação Nacional de Jovens Empresários que reconheceu o mérito ao projeto, integrando-o na restrita lista de finalistas ao Prémio Jovem Empreeendedor.?“A empresa surgiu porque existe a necessidade de obter modelos vivos de confiança e eficientes em termos de custo e tempo que permitam prever a resposta a drogas anti-tumorais”, explica Marta Pinto enfatizando que “esta é uma necessidade transversal a todo o processo de desenvolvimento de drogas, desde a investigação básica e fundamental, passando pelos estudos pré-clínicos em animais, até aos ensaios clínicos em humanos”. É este o objetivo da Expertus.

A empresa desenvolve e realiza ensaios para prever a resposta a tratamentos contra o cancro com base na utilização de ovos de galinha transplantados com amostras de tumores de doentes. Este método de ensaio inovador possibilita a farmacêuticas e investigadores, não apenas acelerar processos de economizar dinheiro. Comparativamente aos testes realizados em ratos, por exemplo, este processo é três vezes mais rápido e 50% mais barato, “além de ter como vantagem o facto de não ser limitado por regulamentos éticos”, realçam os empreendedores.?Com um sólido conhecimento científico nesta área de atuação, validado internacionalmente pela publicação em revistas da especialidade (peer review), a equipa equipa acredita que esta é uma área com potencial de negócio.

Na criação da Expertus investiram apenas o capital social que esperam recuperar no próximo ano. “Até ao momento a empresa tem sido 100% financiada pelos promotores e pelos clientes (investigadores e farmacêuticas”, refere Amílcar Gomes. A equipa obteve um subsídio de apoio à contratação e está agora focada na expansão do seu projeto. A versatilidade do modelo de negócio não coloca entraves a que possa ser utilizado em múltiplos contextos. Para já, a área oncológica é a grande aposta da empresa.


BI EMPRESARIAL

Promotores:?
Amílcar Gomes, 31 anos, licenciado em Marketing e Publicidade?
Marta T. Pinto, 38 anos, licenciada em Bioquímica

Área de atividade: 
Investigação e desenvolvimento na área das ciências naturais e biotecnologia, aplicadas à saúde.

Data de criação:
Setembro de 2013.

Empregos criados:
Um, além dos promotores que continuam a trabalhar sem auferir rendimentos por parte da empresa.

 Investimento inicial:
Apenas o capital social da empresa.

Principais dificuldades:?
“A principal dificuldade surge na manutenção e no fomento da empresa. As despesas são constantes, muitas delas fixas, ao contrário dos rendimentos, quase sempre variáveis”, explicam.??

Público-alvo:
“Investigadores que pretendam validar in vivo potenciais alvos terapêuticos, farmacêuticos e CRO's a desenvolver drogas anti-tumorais em fases pré-clínicas, que pretendem resultados rápidos e confiáveis que lhes permitam reduzir o número de ensaios em ratinhos”.



OUTRAS NOTÍCIAS
'Guerra de talento' no sector financeiro

'Guerra de talento' no sector financeiro


A disputa pelo talento está ao rubro no sector financeiro. Esta é a convicção de Trina Gordom, presidente e CEO da empresa de executive search Boyden World Corporation, par...

Coworking atrai portugueses

Coworking atrai portugueses


É a tendência do momento. As novas gerações de profissionais conhecem bem estes espaços e alguns nem nunca conheceram outro local de trabalho que não este. Os ...

Ativar Portugal promove integração laboral

Ativar Portugal promove integração laboral


Até 2017 será possível criar 50 mil novos empregos na área das Tecnologias de Informação em Portugal. Desses, dez mil serão em sustentados em tecnologi...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


COMERCIAL - CONSTRUÇÃO CIVIL - ZONA NORTE

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal

CONTABILISTA CERTIFICADO

Spring Professional Portugal