Notícias

Nova SBE forma para a indústria aeroespacial

Nova SBE forma para a indústria aeroespacial

A Nova SBE vai levar os seus alunos a pensar o futuro dos negócios do espaço. A instituição tem um novo protocolo com a Agência Espacial Europeia.

19.12.2014 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



O mestrado em Gestão Internacional (Master in International Management - MIM), lecionado na Nova School of Business and Economics (Nova SBE) vai trabalhar em parceria com a Agência Espacial Europeia (ESA), com a missão de desenvolver o potencial de negocio da mais recente tecnologia espacial. O MIM é um programa da Aliança CEMS que reúne um conjunto de 29 escolas de negócios Premium (uma escola por pais), 68 das empresas mais relevantes do mundo e parceiros sociais de diversas áreas. Em Portugal, a Nova SBE representa esta aliança.

Interdisciplinaridade, ambiente multicultural, foco na abordagem analítica e na atitude crítica são as linhas mestras do programa CEMS MIM, tanto na sala de aula como em discussões de ideias ou projetos de trabalho. A parceria agora firmada entre o CEMS MIM e a Agência Espacial Europeia é inédita no panorama nacional possibilitando segundo a organização “um programa de mestrado que disponibiliza acesso direto a um universo desafiante”. O acordo foi aprovado em Bruxelas por um comité constituído por académicos, representantes de empresas e instituições sociais e desafiará estudantes portugueses a pensar as potencialidades de negocio da tecnologia espacial.

Para Niels Eldering, o responsável da Agência Espacial Europeia, protagonista desta parceria e antigo aluno do CEMS MIM na escola de negócios de Roterdão, ter acesso privilegiado aos melhores estudantes de Gestão do mundo é o mais enriquecedor. “A Agência Espacial Europeia vai poder definir, em conjunto com os melhores do mundo, novas potencialidades de negócio para a tecnologia espacial, tanto no presente como no futuro”, afirmou.

De igual modo, Ferreira Machado, diretor da Nova SBE, destaca a característica inovadora da parceria e a possibilidade dos estudantes contactarem com uma das indústrias mais dinâmicas e tecnologicamente desenvolvidas. “É uma oportunidade muito aliciante para desenvolver as características empreendedoras e as competências dos nossos alunos na área da consultoria ”, concluiu. Além da parceria com a Agência Espacial Europeia, a Aliança CEMS anunciou novas parcerias empresariais com mais 11 entidades, incluindo o Facebook e a Dropbox.



OUTRAS NOTÍCIAS
Tecnologia procura profissionais

Tecnologia procura profissionais


Em Portugal, há um grupo de profissionais que está próximo do pleno emprego. Segundo José Vicente Paiva, co-fundador da Jobbox, a startup portuguesa focada em facilitar a c...

Turismo prepara contratações

Turismo prepara contratações


Oito em cada dez empregadores do sector do turismo querem aumentar as suas equipas em 2015. Os números constam do inquérito realizado pela multinacional de recrutamento Hays Portugal jun...

As melhores tecnológicas para trabalhar

As melhores tecnológicas para trabalhar


Trabalhar para a Google ou para o Facebook é mais atrativo do que trabalhar para a Apple. A conclusão é avançada pelo site de carreiras Glassdoor com base na opinião...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


AR ITALIANO

Experis Finance, Tax & Legal