Notícias

Melhores para Trabalhar contratam 2827

Melhores para Trabalhar contratam 2827

Se sonha trabalhar numa empresa de excelência e beneficiar de todas as hipóteses de progressão na carreira, qualificação e valorização profissional que só as melhores são capazes de gerar, então temos boas notícias para lhe dar. A larga maioria das 100 Melhores Empresas para Trabalhar que integram o ranking anual da Exame e da Acenture está a contratar. Nos próximos seis meses serão geradas quase três mil oportunidades de emprego em várias áreas.

14.02.2014 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Carimbar o passaporte de entrada para uma empresa reconhecida pelo investimento que realiza nas suas pessoas pode parecer uma tarefa cada vez mais complicada, mas não impossível. Fomos à procura de oportunidades de emprego nas 100 Melhores Empresas para Trabalhar que este ano se destacaram no ranking elaborado pela revista Exame, em parceria com a consultora Accenture, e encontrámos mais de dois milhares de vagas. Segundo o inquérito conduzido pelo Expresso Emprego à totalidade empresas que integram este ranking, nos próximos seis meses, as 100 empresas de excelência vão gerar pelo menos 2827 postos de trabalho. Da gestão à economia, passando pelo marketing, engenharia, tecnologias de informação, turismo, restauração, administrativos, financeiros ou consultores, há oportunidades para um vastíssimo leque de perfis e especializações.

Se o seu foco é integrar as melhores entre as melhores, saiba que tem de elaborar uma estratégia pensada ao detalhe para se colocar na mira da Ericsson ou da TNT, que este ano se destacaram como as melhores para trabalhar na categoria de PME e Grande Empresa, respetivamente. Para os primeiros seis meses do ano, a Ericsson tem um número de vagas muito limitado: apenas cinco. A previsão de que Portugal venha a receber novos projetos da tecnológica pode aumentar as intenções de contratação, mas Rute Diniz não avança números para já. Nas cinco vagas que a empresa vai criar até junho, a prioridade é reforçar a área de produção e contratar técnicos de operações. Já a TNT Express Portugal não prevê contratações na primeira metade do ano.

Mas no leque das 100, há muito onde tentar a sorte. A Teleperformance é o grande recrutador. A revelou ao Expresso Emprego a intenção de contratar 963 novos colaboradores ao longo dos primeiros seis meses do ano. João Justino, vice-presidente executivo para a área dos Recursos Humanos, explica que a prioridade são “profissionais com forte componente de gestão e liderança”. Há vagas para diretores e gestores de operações, gestores de cliente, de equipa, formadores, analistas de negócio, web designer e muitos outros.

Crise não trava o imobilário
Em segundo lugar da tabela está a rede de mediação imobiliária Remax que, apesar da conjuntura, promete não fechar o primeiro semetre sem 600 novas contratações. Belinda Loureiro, gestora da Rede Franchising da marca, fala em previsões de crescimento na ordem dos 25% e adianta que o principal esforço de contratação da empresa será para a área comercial.

No universo da consultoria, a PwC é a melhores posicionada no ranking do recrutamento alcançado pelo Expresso Emprego. António Saraiva, diretor de Recursos Humanos, confirma a intenção de abrir as portas da PwC a pelo menos 200 novos quadros. “Estamos a recrutar neste momento 120 a 140 jovens saídos das universidades para integrarem a empresa a partir de setembro”, explica o responsável adiantando que a este número serão adicionados mais alguns estagiários e profissionais com experiência. “Num ano financeiro nosso, que decorre de julho a junho, contamos recrutar 250 a 260 novos colaboradores”, enfatiza. Os perfis de gestão, economia ou área financeira figuram entre os mais requisitados pela empresa, ainda que existam oportunidades noutras áreas.

A sul do país, na área da hotelaria, o Vila Vita Parc está a criar 159 empregos, “maioritariamente para reforçar as áreas operacionais de maior envergadura nomeadamente Food & Beverages e Alojamento”, explica Ana Rita Araújo, diretora de Recursos Humanos da unidade hoteleira. A sazonalidade típica do sector e o crescimento da empresa justificam a aposta nas novas contratações.

No top das 25 empresas que mais estão a contratar, destacam -se ainda a consultora de recursos humanos Rhmais, com 100 novas oportunidades, e um número significativo de tecnológicas com uma intenção de criação média de 30 a 40 novas oportunidades de trabalho em seis meses. Do ranking faz também parte a Sistemas McDonalds Portugal que criará em seis meses 60 empregos, só nos restaurantes a Sistemas McDonalds (que não incluem os franquiados). Sofia Mendoça, diretora de RH da McDonalds Portugal, explica que em média a empresa contrata 300 colaboradores a cada ano, pelo que o número agora avançado tenderá a aumentar, fruto de novas aberturas da marca em Portugal. As áreas operacionais recebem a maioria dos colaboradores, tendo em conta que a empresa segue uma política de progressão na carreira sustentada na promoção interna. “Todos os colaboradores conhecem o negócio desde a base”, explica.

Além das empresas elencadas neste ranking, há muitas outras oportunidades entre as empresas que se qualificaram como as melhores para trabalhar e que destacam pela importância que atribuem aos seus quadros.

Os 20 maiores recrutadores

1º Teleperformance – 963 vagas
2º REMAX – 600 vagas
3º PwC – 200 vagas
4º Vila Vita Parc – 159 vagas
5º RHmais – 100 vagas
6º Sistemas McDonalds Portugal – 60 vagas
7º Mind Source – 60 vagas
8º Blip – 40 vagas
9º KCS IT – 30 vagas
10º Bold International – 30 vagas
11º Gatewit – 30 vagas
12º TLCI2 – 30 vagas
13º Conduril – 30 vagas
14º InnoWave Technologies – 30 vagas
15º PHC Software – 28 vagas
16º Safira – 25 vagas
17º C&A – 25 vagas
18º Bluepharma – 20 vagas
19º AdvanceCare – 20 vagas
20º Grupo Axa Assistance – 20 vagas
21º Edge Innovation – 20 vagas
22º Leroy Merlin – 20 vagas
23º AMS-Gomà Camps – 15 vagas
24º Penha Longa – 15 vagas
25º Unilogos – 15 vagas



OUTRAS NOTÍCIAS
PEJENE volta a dinamizar estágios

PEJENE volta a dinamizar estágios


A 22ª edição do Programa de Estágios de Jovens Estudantes do Ensino Superior nas Empresas (PEJENE) já está em marcha. O programa, promovido pela Fundaç&a...

As 6 lições do

As 6 lições do "Lobo de Wall Street"


Fraude, corrupção, lavagem de dinheiro, são claramente os ensinamentos que não vai querer retirar do “Lobo de Wall Street”. Mas nesta mistura inebriante de ilic...

Sector dos seguros mais exigente no recrutamento

Sector dos seguros mais exigente no recrutamento


De acordo com o relatório “Pessoal da Atividade Seguradora”, elaborado pela Associação portuguesa de Seguros (APS) e agora divulgado, cerca de 35% dos profissionais de...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Arquiteto

Anónimo

Colaborador

Anónimo

Comercial / Diretor(a) Comercial

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA