Notícias

Licenciaturas

23.09.2005


  PARTILHAR




Vítor Andrade

NÃO é preciso ser-se muito inteligente para saber que há cursos superiores que dão um acesso quase directo ao mercado de trabalho. É o caso de algumas áreas das engenharias, da gestão, da economia e dos domínios científico e tecnológico.

Por outro lado, há cursos que se sabe à partida que nunca serão facilitadores da entrada no mercado de trabalho, precisamente porque esse mesmo (terrível) mercado não precisa de profissionais com o perfil proposto pelas universidades que os leccionam.

Poder-se-á então perguntar: por que razão as pessoas os escolhem? Ou porque não estão devidamente informadas (o que é mau), ou porque foram enganadas (o que é péssimo), ou porque se estão nas tintas para o assunto (o que é, no mínimo, preocupante).

De qualquer forma, aqui fica uma dica que me foi dada pelo professor Adriano Moreira numa das suas primeiras aulas: a licenciatura é apenas a licença para aprender.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Arquiteto

Anónimo

Colaborador

Anónimo

Comercial / Diretor(a) Comercial

ERA BELÉM RESTELO & ERA ALCÂNTARA/AJUDA