Notícias

Politécnicos preparam para o superior

23.09.2005


  PARTILHAR




Cátia Mateus

OS INSTITUTOS politécnicos vão dar apoio aos jovens que não conseguiram um lugar no ensino superior. A partir de Outubro, estudantes de todo o país poderão frequentar um curso que os preparará para uma nova tentativa de acesso ao ensino superior, procurando desta forma minimizar as possibilidades de insucesso. A iniciativa veio do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP) e tem a duração de um ano lectivo.

Português, inglês, metodologias de estudo e pesquisa, tecnologias de informação, são as disciplinas a abordar neste curso preparatório que contempla ainda aulas onde serão analisados os exames de acesso de cada aluno. Segundo Luciano Almeida, presidente do CCISP, «este programa prevê a abertura de 90 turmas, com um máximo de 30 alunos, em todos os institutos politécnicos portugueses».

O mesmo responsável adianta que «esta formação inspira-se no programa do Governo que prevê cursos de recuperação para os alunos que não entraram no ensino superior e para os que não puderam candidatar-se, por não terem um mínimo de 95 valores na prova de acesso ao curso desejado».

Luciano Almeida esclarece que «no total das quase 13 mil vagas por ocupar no sistema de ensino superior, 7895 são nos institutos politécnicos». Uma realidade que o responsável justifica com o facto de os «institutos terem sido penalizados, em muitos casos, por colocarem provas de acesso mais difíceis, como a matemática ou a física, em que os alunos têm notas inferiores a 95 em 200 valores».

Para Luciano Almeida, este processo de selecção revelou-se «pouco sério, porque cursos iguais, com diferentes provas de acesso, tiveram níveis de ocupação de vagas completamente diferentes».





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


1 CHEFE DE UNIDADE DE RECURSOS HUMANOS

Autoridade da Concorrência (AdC)

1 ESTÁGIO CURRICULAR EM GESTÃO DO ARQUIVO

Autoridade da Concorrência (AdC)