Notícias

Gaia quer criar emprego tecnológico

O Parque Tecnológico de Gaia vai criar 3500 empregos até 2008
06.01.2006


  PARTILHAR



Cátia Mateus

A CÂMARA Municipal de Vila Nova de Gaia quer atrair para o concelho o emprego qualificado através da criação de três Parques Tecnológicos com um Centro de Incubação de Base Tecnológica agregado. A primeira dessas unidades deverá surgir, até 2008, na freguesia de S. Félix da Marinha e será capaz de criar 3500 novos postos de trabalho, num concelho que sofre com níveis preocupantes de desemprego. O projecto foi aprovado esta semana em reunião camarária, mas carece ainda de financiamento e do aval da tutela.

Ao todo são 100 hectares destinados a acolher empresas que apostem no trabalho qualificado e o projecto tem já o mérito de ter conseguido o consenso do PSD, PP, PS e CDU locais no momento da sua aprovação. Estima-se que, para a construção desta infra-estrutura, seja necessário um investimento na ordem dos 12,5 milhões.

Luís Filipe Menezes, presidente da Câmara Municipal de Gaia, anunciou que a breve prazo irá submeter a candidatura do projecto ao Programa de Incentivos à Modernização da Economia (PRIME). O autarca mostra-se certo dos vários benefícios que a nova estrutura trará para a região. Além de evitarem as dificuldades viárias inerentes à travessia do Douro para norte, as empresas que optarem por este espaço continuarão a beneficiar de centralidade.

A autarquia irá liderar a criação de uma associação pública de direito privado com o objectivo de gerir as áreas de acolhimento empresarial. A entidade terá como parceiros empresas municipais e agentes económicos e compromete-se a aplicar os ganhos no espaço.

Além do parque tecnológico de S. Félix da Marinha, o Plano Director Municipal tem previstos mais 380 hectares de terreno para mais duas infra-estruturas semelhantes.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT

Kelly Services Portugal

ACCOUNTS RECEIVABLE

Michael Page Portugal