Notícias

Estes são os melhores empregadores mundiais

Estes são os melhores empregadores mundiais

A Randstad divulgou o seu ranking anual dos melhores empregadores mundiais. O estudo inquiriu este ano mais de 200 mil profissionais de 25 países para apurar as empresas que estes escolheriam para trabalhar.

09.06.2016 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Já ouviu falar da KGHM Poslka Miedz? E da Suntory? Se não, saiba que ambas as empresas foram eleitas pelos profissionais polacos e japoneses, respetivamente, como as empresas mais atrativas para trabalhar em cada um dos países. Depois de ter divulgado no último mês a lista dos empregadores favoritos dos portugueses e os sectores que atraem mais candidatos a nível nacional, a multinacional de recrutamento Randstad deu agora a conhecer o ranking global dos empregadores favoritos dos profissionais em 25 países. A informação é útil a nível local, mas também a profissionais com uma orientação global de carreira e que procurem uma referência de empregabilidade em geografias internacionais.

Foi com esse objetivo que a Randstad realizou, em parceria com o ICMA Group, o estudo “Randstad Award”. A edição deste ano inquiriu mais de 200 mil profissionais em 25 países, representando mais de 75% da economia mundial, para eleger as empresas mais atrativas para trabalhar em cada um deles. ?Portugal estreou-se este ano no estudo global de employer bramding que identifica empresas como a Google, IKEA, BMW, IBM, Audi, Virgin, ou a transportadora aérea nacional TAP, como alguns dos mais aliciantes empregadores aos olhos dos profissionais.

“O objetivo do estudo anual Randstad Award, é identificar as empresas espalhadas pelo mundo, que possuem as marcas mais atrativas aos olhos dos potenciais candidatos a emprego, atendendo aos sectores de atividade nos quais as pessoas pretendem trabalhar”, explica Jacques van den Broek, CEO da Randstad. Das Tecnologias à Saúde Em termos sectoriais, a análise aos empregadores identificados pelos profissionais permite concluir que o sector das tecnologias de informação continua a ser, pelo terceiro ano consecutivo, o que mais candidatos atrai. A seguir, neste ranking de sectores mais atrativos estão a consultoria e a saúde. Porém, com base nas conclusões do estudo, CEO da Randstad deixa o alerta às empresas multinacionais: “existe uma diferença entre os fatores valorizados pelos trabalhadores e os critérios mais relevantes para os empregadores”.

Segundo Jacques van den Broek, os profissionais valorizam critérios como o salário, os benefícios proporcionados, a segurança no trabalho a longo prazo e um ambiente de trabalho agradável, como as suas principais prioridades. Critérios que, refere, são os que estão menos associados ao trabalho numa grande empresa. Segundo o responsável “a notoriedade das marcas não se reflete automaticamente na atratividade percecionada pela população ativa. Desta forma, as empresas têm necessidade de rever a sua abordagem ao mercado , sendo um desafio perceber o que os candidatos procuram e repensar as estratégias de captação e retenção de talento”.

As empresas mais atrativas para trabalhar
Se está entre os profissionais que ponderam uma carreira internacional, vai querer conhecer esta lista. Tome nota das empresas favoritas dos trabalhadores nos seus países. Argentina: Hewlett-Packard
Austrália: Virgin Australia
Bélgica: GSK
Canadá: Canadian Solar
China: IBM
França: Dassault Aviation 
Alemanha: BMW
Hong Kong: CLP
Hungria: Audi
Índia: Google 
Itália: Ferrero
Japão: Suntory
Luxemburgo: RTL Group 
Malásia: Shell
Holanda: Schipol Airport e TNO (sem fins lucrativos)
Nova Zelândia: Departamento de Conservação
Polónia: KGHM Polska Miedz
Portugal: TAP
Rússia: Gazprom
Singapura: Changi Airport Group
Espanha: IBM
Suécia: IKEA?
Suíça: Google
Reino Unido: Rolls-Royce Group
Estados Unidos da América: The Walt Disney Company



OUTRAS NOTÍCIAS
Bolsa NOS Alive apoia projetos de economia social

Bolsa NOS Alive apoia projetos de economia social


Pelo terceiro ano consecutivo, a Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CASES) e a Everything is New, promotora do festival NOS ALIVE, voltam a promover as Bolsas ES/ NOS ALI...

Acertar o Rumo volta a promover a empregabilidade nas TI

Acertar o Rumo volta a promover a empregabilidade nas TI


Poucos argumentos serão tão aliciantes como um número redondo: 100% de empregabilidade. Mas a tecnológica iTGrow, uma empresa do Grupo Critical Software e do BPI, e os seus...

WINNING lança programa de trainees

WINNING lança programa de trainees


A WINNING Scientific Management está à procura de jovens talentos, com licenciatura ou mestrado completo nas áreas da Gestão, Informática, Gestão da Informa&c...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Advogado

Anónimo

Advogado

Anónimo

asesor económico/comercial

Embajada en Lisboa