Notícias

Escolas mais empreendedoras

08.02.2008


  PARTILHAR



Cátia Mateus

Depois da Região Autónoma da Madeira e do concelho de Cascais, o programa Empreendedorismo nas Escolas, promovido pela GesEntrepreneur, chega agora ao concelho de Penela como resultado de uma aposta forte da autarquia local no desenvolvimento da iniciativa empresarial entre os mais jovens.

Com a meta de criar neste concelho do país um ecossistema empreendedor, a GesEntrepreneur e a Câmara Municipal de Penela vão levar este programa a todas as escolas do concelho, procurando fomentar junto dos estudantes a ideia de que o empreendedorismo é uma opção a considerar no momento de ingressar na vida activa.

Para o presidente da autarquia, Paulo Júlio, “o desenvolvimento do território de Penela passa, claramente, pela dinamização de toda a comunidade em volta de valores estratégicos que permitam uma melhor competitividade a médio prazo”. A educação é por isso uma das apostas fortes do autarca, que assume como objectivo “ter um nível de educação diferenciador e com aspectos de excelência”. Um objectivo que o autarca acredita poder materializar através da adesão a projectos como o ‘Empreendedorismo nas Escolas'.

Com um programa que privilegia a experiência sobre a teoria, à luz do conceito «learning by doing», o projecto visa a participação dos alunos numa simulação de contexto real de empresa. Os professores terão um papel activo no programa e para isso receberam formação sob a liderança do guru do empreendedorismo Chris Curtis. Segundo o especialista, no aspecto educativo, este modelo de formação permite uma mudança de atitude comparativamente com o ensino tradicional. “A atitude é formatada pela acção e a formação em empreendedorismo é baseada em acção. Uma educação que produz atitudes empreendedoras e prepara a juventude para a vida após a escola”, explica Chris Curtis.

Uma opinião corroborada por Francisco Banha, líder da GesEntrepreneur, para quem “o principal objectivo do programa é que, tanto alunos como professores e pais, comecem a interiorizar o pensamento empreendedor e a potenciar o desenvolvimento das qualidades empreendedoras que já possuem”.

Este programa realiza-se desde 2005 e em 2008 abarcará (além da Madeira e de Cascais) a Nazaré, Alvaiázere, Pedrógão Grande, São João da Madeira e Sertã. Ao todo, 200 professores e cerca de quatro mil alunos portugueses vão receber formação em empreendedorismo.




DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ARQUITETO GRÂNDOLA

Michael Page Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER BEJA

Michael Page Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER PORTALEGRE

Michael Page Portugal