Notícias

Dominar o inglês a partir do Alentejo

Dominar o inglês a partir do Alentejo

Chama-se Mind Over Gap e sugere uma uma aproximação entre o mundo lusófono e o Reino Unido, através da consolidação de laços culturais e de mobilidade. Até setembro, está a promover um retiro onde além de aperfeiçoar o ingles, os participantes podem relaxar.

14.08.2015 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



É imersivo mas não exige custos de deslocação elevados, nem tão pouco apanhar o avião. O que a Mind Over Gap, uma instituição que se dedica a estreitar laços culturais e profissionais com o Reino Unido, propõe é que melhore a sua fluência em ingles aqui mesmo, no Alentejo. A Mind over Gap, criou o English Powerboost Retreat, um programa intensivo e totalmente imersivo que se passa em alguns dos oásis de turismo rural espalhados pelo Alentejo, onde o Inglês é trabalhado e aperfeiçoado ao longo de todo o dia, enquanto os participantes descansam. A menos de duas horas de distância de Lisboa, o inglês domina.

Para a instituição a proposta de formação pode resumir-se a “cinco dias no estrangeiro, sem sair de Portugal”. O programa inclui cinco noites em regime de meia-pensão, três horas diárias de sessões de formação e seis horas diárias de atividades lúdicas, desportivas e sociais, todas em inglês, “para que a fluência dos participantes no idioma seja trabalhada como se estivesse em Inglaterra”. Entre as diversas atividades previstas contam-se aulas de Pilates, tiro-ao-arco, caminhadas, entre muitas outras. O objetivo é promover o aperfeiçoamento do idioma num ambiente de lazer e relaxamento.

O English Powerboost Retreat foi planeado e desenvolvido por uma professora de línguas vinda da Universidade de Cambridge, em Inglaterra. Leonor Barata, criadora e coordenadora do programa, explica que "quando as pessoas estão livres das ocupações e do stress do dia-a-dia, têm mais disponibilidade mental para receber novos conhecimentos. E quando essa informação nova é imediatamente contextualizada e praticada, seja em sessões formais, a jogar um jogo ou simplesmente a descontrair na piscina, os conhecimentos linguísticos cristalizam rapidamente, por serem assimilados de uma forma natural”.

A especialista acrescenta ainda que “a imersão total é o método comprovado com melhores resultados. Por isso se associa a fluência numa língua ao 'ter vivido num país onde ela é falada'". A primeira edição do English Powerboost Retreat, está a decorrer semanalmente desde julho e prolonga-se até setembro, recebendo apenas seis a 10 participantes por semana, “os numeros mínimo e máximo ideais para gerar a dinâmica de grupo necessária para maximizar o rendimento linguístico”.



OUTRAS NOTÍCIAS
Ensino profissional batalha pela valorização

Ensino profissional batalha pela valorização


"Ainda há tentativas de desvalorização do ensino profissional" A frequência de cursos profissionais em Portugal mantém-se abaixo do previsto, mesmo quando as estat&i...

ISCSP lança curso de Lobby

ISCSP lança curso de Lobby


O Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa (ISCSP/ULisboa) vai iniciar este ano um Curso de Formação Especializada em Lobby e Assuntos Po...

“Os jovens devem expor-se à diversidade de contextos”

“Os jovens devem expor-se à diversidade de contextos”


Foi a candidatura a uma vaga de estágio que abriu as portas ao atual presidente executivo da Galp Energia ao que recorda como “o primeiro emprego a sério”. O ponto de partida...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


SENIOR PAYROLL SPECIALIST

Michael Page Portugal

ACCOUNTANT

Michael Page Portugal