Notícias

Católica forma para o ambiente

26.02.2005


  PARTILHAR




Fernanda Pedro

A ESCOLA Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa e os Serviços Municipalizados de Águas e Saneamento (SMAS) do Porto assinaram um protocolo de cooperação com vista ao desenvolvimento de uma colaboração estreita no domínio do ambiente. Projectos de investigação, de formação, estágios curriculares e profissionais são algumas das acções a serem desenvolvidas no âmbito deste protocolo.

De acordo com Xavier Malcata, director da Escola Superior de Biotecnologia, a instituição de ensino foi uma das instituições escolhidas para parceiro do Plano Estratégico do Ambiente do Grande Porto-. «Desta forma podemos pôr em prática todo o nosso conhecimento e ‘know-how’ em prol da sociedade», refere aquele responsável. Xavier Malcata acredita que esta iniciativa vem pôr em prática a interligação entre a universidade, o mercado de trabalho e a sociedade.

A Escola de Biotecnologia irá desenvolver acções de formação no SMAS e sobretudo, de sensibilização às populações para o melhor aproveitamento da água. «Nós iremos dar apoio ao SMAS, tal como já vínhamos a fazer com as Câmaras Municipais de S. João da Madeira e de Santo Tirso», especifica Xavier Malcata.

Alunos da licenciatura de Engenharia do Ambiente da Escola Superior de Biotecnologia poderão desta forma pôr em prática os seus conhecimentos e desenvolver campanhas de formação nos centros de educação ambiental.

Xavier Malcata adianta ainda que estes alunos irão realizar estágios curriculares e profissionais nos SMAS. «Isto significa uma nova possibilidade de integração no mercado de trabalho para os nossos estudantes», remata aquele dirigente.

 

 





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT BANKING SECTOR-PSA BANK

Spring Professional Portugal

ARCHITECT / PROJECT MANAGER

Michael Page Portugal

ASSISTANT ACCOUNTING CONTROLLER

Spring Professional Portugal