Notícias

Cascais potencia 300 novos empregos

Em três anos de actividade a Agência Municipal DNA Cascais já apoiou a criação de mais de 100 empresas e 300 novos empregos.
18.03.2010 | Por Cátia Mateus


  PARTILHAR



Foi criada com o objectivo de dinamizar o espírito de iniciativa e empreendedorismo no concelho de Cascais e desde a sua criação, há três anos atrás, já apoiou a criação de mais de 100 negócios e desenvolveu novos projectos inovadores capazes de viabilizar a criação de 300 postos de trabalho imediatos. A Agência DNA Cascais conta com um investimento global na ordem dos 12 milhões de euros e prevê criar nos próximos três anos um total de 500 postos de trabalho.

Na semana em que apresenta as novas empresas a apoiar a DNA Cascais traça também o balanço dos últimos anos de actividade e da sua missão. Para Carlos Carreiras, presidente da agência e vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, “é espantoso, quando se fala tanto de crise, viver este momento extraordinário de ultrapassar a barreira das 100 novas empresas criadas a partir da DNA”. O responsável afiança que “em Portugal, existe talento e competências, capacidade criativa e de assumpção de risco. Este é um país que responde de forma positiva contra a adversidade e estamos muito satisfeitos por sermos a capital desse Portugal Positivo”.

Carlos Carreiras refere ainda que as empresas agora apresentadas pela agência contribuíram de forma decisiva para alcançar estes resultados e reforçam a importância da actividade da Agência no desenvolvimento do empreendedorismo e da criação de projectos e ideias inovadoras, essenciais ao crescimento económico. O sector dos serviços foi o que apresentou desde o início da actividade da agência maior apetência para a captação de investimento, criação de empresas e geração de postos de trabalho, com o apoio da DNA. Contudo, nos últimos três anos merecem também destaque os projectos na área da saúde e bem-estar.

Desde a sua criação, a agência DNA Cascais recebeu mais de 900 contactos directos de potenciais empreendedores dos quais resultaram 280 ideias fundamentadas. Da totalidade das empresas apoiadas, 73% foram financiadas, tiveram acesso a investidores ou foram incubadas pela DNA Cascais e 27% receberam apoio, via DNA Cascais, para mitigação de riscos de negócio, optimização do plano de negócios e apoio na procura de parcerias.

Depois de ter inaugurado no ano passado o Ninho de Empresas DNA - que conta já com 23 empresas instaladas em áreas tão diversas como a saúde, ambiente, serviços qualificados e instituições de investigação ligadas a universidades – Carlos Carreiras assegura que “no futuro, a DNA Cascais continuará a trabalhar no sentido de fomentar o empreendedorismo a nível local e nacional, apoiando mais ideias pioneiras e facilitando o seu desenvolvimento com projectos como o Portal DNA, uma ferramenta online disponível a partir do site www.dnacascais.pt que vai permitir colocar em contacto empreendedores, a DNA Cascais e financiadores, de forma mais eficiente”.



OUTRAS NOTÍCIAS
Factor humano: a chave da competitividade

Factor humano: a chave da competitividade


Os tempos não são de feição, mas diz o senso comum que os momentos de adversidade abrem as portas à oportunidade. Por essa razão, o International Faculty for ...

O futuro é teu!

O futuro é teu!


Global, competitivo, em constante mutação e longe de assegurar lugares vitalícios, assim é o mercado de trabalho actual. Uma radiografia que exige por parte dos jovens um c...

Futebol na universidade

Futebol na universidade


A Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) já abriu as inscrições para a 3ª edição do MBA TOP Executive em Gestão & Liderança no Futebol, ...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


SENIOR PAYROLL SPECIALIST

Michael Page Portugal

ACCOUNTANT

Michael Page Portugal