Notícias

Cascais empreende

Agência DNA Cascais apoioa 32 novas empresas num ano
12.10.2007


  PARTILHAR



Cátia Mateus
O desafio de criar no concelho de Cascais um “ecossistema empreendedor” norteou há um ano a criação da Agência DNA Cascais. Cumpridos os primeiros doze meses de actividade, a agência apresenta saldo positivo. Ao todo foram apoiados 32 novos projectos empresariais, num investimento que excedeu os 11 milhões de euros. Turismo, energia e tecnologias são os sectores que lideram nos negócios criados.

A DNA Cascais tem como parceiros o Clube de Business Angels de Cascais, o IAPMEI, o BPI, a Inovcapital e a Lisgarante e foi criada no ano passado pela Câmara Municipal de Cascais com o objectivo de fomentar o espírito empreendedor no concelho e favorecer a criação de emprego e a inovação. Desafios que parecem estar a ser alcançados. Somado que está um ano de actividade, a associação totaliza um apoio efectivo a 32 novas empresas.

Segundo Carlos Carreiras, presidente da Agência DNA Cascais e vice-presidente da autarquia cascalense, “o investimento nestes projectos ultrapassou os 11 milhões de euros e num prazo de três anos, estas empresas deverão gerar cerca de 257 novos postos de trabalho”. De acordo com o responsável, 52% dos projectos foram apoiados pelo microcrédito.

Os projectos relacionados com o turismo receberam a maior parcela deste investimento, o equivalente a 4,5 milhões de euros. A energia mereceu também uma aposta forte, com 2,5 milhões de euros investidos. O menor montante coube às tecnologias que levaram apenas 2,3 milhões de euros deste bolo global. Carlos Carreias explica que “a meta é com este projecto captar os talentos que estão no concelho ou atrair novos talentos a fixarem-se aqui”.

E o presidente da DNA Cascais reforça que a actuação da agência não se resume ao apoio financeiro de novos projectos, mas a toda uma educação pelo empreendedorismo. No decorrer do último ano, a agência levou a cabo várias acções de formação junto das escolas do concelho, numa iniciativa designada Escolas Empreendedoras. Uma intervenção que permitiu a cerca de 3200 alunos, entre o 9º e o 12º anos de escolaridade, terem um primeiro contacto com o empreendedorismo.

Além desta formação, a Agência DNA ‘assina' também a criação do 1º Concurso de Ideias de Negócio do concelho, o lançamento do Banco de Ideias de Cascais e a criação de uma Bolsa de Interin Management. A breve prazo deverá ser também criada uma incubadora de empresas. A meta é, pois, fazer de Cascais um concelho de empreendedores e para empreendedores.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


1 estagiário

INPI Instituto Nacional da Propriedade Industrial

COLABORADORES

ERA BELÉM/RESTELO - ERA ALCÂNTARA/AJUDA

COLABORADORES

RE/MAX MAJESTIC