Notícias

Brinquedos didáticos geram projeto online

Brinquedos didáticos geram projeto online

Criar e manter um negócio não é tarefa fácil. Mesmo assim e apesar do cenário económico que se vive em Portugal surgem cada vez mais empreendedores que não desistem e avançam com uma ideia por acreditarem no seu potencial.
08.06.2012 | Por Maribela Freitas


  PARTILHAR



Foi o caso de Lília Pedro e de Francisco Lontro, licenciados em educação especial e reabilitação. Há cerca de três anos, em Leiria, pegaram em algo tão simples como a arte de brincar e transformaram-na num negócio. Nasceu assim a Pimpumplay, uma loja online que comercializa jogos e brinquedos educativos para todas as idades e presta serviços de formação direcionados à família e actividades de brincar e aprender para crianças.

Na altura em que criaram a Pimpumplay, Lília Pedro estava desempregada e Francisco Lontro, apesar de ter um emprego estável, sentia-se insatisfeito com o que fazia. A ideia de criar um negócio com estas caraterísticas veio de um gosto partilhado entre os dois empreendedores. Contudo, não descuraram aspectos como a pesquisa de campo e a verificação da concorrência. “Antes de lançarmos o negócio fizemos trabalho de pesquisa, desde vermos outras lojas para conhecermos como organizavam a oferta e o sistema de distribuição, a fornecedores e inventores de jogos e brinquedos inovadores e por fim, de testagem de produtos para garantirmos que a selecção respondia aos nossos critérios”, conta Francisco Lontro.

Na perspetiva dos empreendedores e na altura do lançamento do negócio, esta área oferecia pouca oferta. “Olhámos para o mercado e verificámos que existiam poucas lojas especializadas em brinquedos e jogos educativos, as que existiam eram extremamente caras e estavam limitadas às cidades do litoral e o atendimento que conhecíamos era sempre pouco profissional”, revela Lília Pedro. Foi por isso que resolveram enveredar por uma loja online, capaz de dar resposta a todo o país e com oferta variada e atenta às necessidades de desenvolvimento e aprendizagem nas diferentes fases da vida.

Mas nem tudo são facilidades na criação de um negócio e Lília Pedro e Francisco Lontro procuraram ajuda para colmatar algumas lacunas. Contam que pensar na gestão de uma empresa foi a maior dificuldade que encontraram, uma vez que nenhum dos dois tinha experiência e conhecimentos em gestão. “Sentimos que o projecto tinha pernas para andar e pedimos ajuda à Incubadora de empresas D.Dinis que nos foi ajudando desde a criação do plano de negócios até à reflexão sobre o modelo de gestão”, explica Francisco Lontro. Hoje mantém esse apoio, mas investiram na formação profissional que lhes deu algumas ferramentas e acrescentou competências.

Quando ao financiamento, os empreendedores socorreram-se de capitais próprios e contaram com a ajuda do Instituto de Emprego e Formação Profissional. Lília Pedro avança que “com a previsão de crescimento do projecto estamos a estudar a possibilidade de entrarem investidores que manifestem interesse na ideia e nos novos projectos da Pimpumplay”. Esses novos projectos passam pela criação dos seus próprios jogos e brinquedos. Querem também crescer dentro de Portugal e explorar os mercados europeus vizinhos. “A diversificação que agora procuramos é aquela que identificamos no nossos plano de negócios inicial. Já estamos a desenvolver a componente de formação e de atividades para crianças e estamos agora a amadurecer as ideias que irão dar origem à vertente de criação dos nossos próprios jogos e brinquedos”, salientam os empreendedores.

E nem mesmo a crise económica que se vive no país afasta estes dois jovens do seu caminho. Apesar do cenário económico vigente o projeto tem vindo a crescer, embora nem sempre ao ritmo que desejavam. Mas isso só os fez reforçar as suas capacidades de gestão e aguçou-lhes a criatividade. E consideram que essas são duas valências importantes para se singrar num negócio.

BI Empresarial:

Promotores: Francisco Lontro, 31 anos e Lília Pedro, 28 anos
Formação: Licenciados em Educação Especial e Reabilitação pela Faculdade de Motricidade humana da Universidade Técnica de Lisboa.
Área de actividade: A Pimpumplay é uma marca registada da empresa Encontros Lda e dedica-se à comercialização online de jogos e brinquedos educativos para todas as idades, presta ainda serviços de formação direccionados à família e a actividades de brincar e aprender para crianças. A Pimpumplay foi criada com a missão de divulgar o jogo e o brincar como mediadores e promotores do desenvolvimento, aprendizagem e bem-estar humanos.
Data da criação da empresa: Julho de 2009
Principais clientes: Escolas, instituições, famílias e profissionais ligados à educação.
Investimento inicial: 35 mil euros
Postos de trabalho: dois a tempo inteiro
Conselhos de actuação: Estudar, conhecer o mercado e desenvolver a ideia com capacidade crítica são fundamentais. Pensar em parcerias é vital nos dias de hoje, bem como estar atento às oportunidades que possam surgir. Avaliar com clareza as capacidades financeiras e não deixar que seja a necessidade de dinheiro a tomar as rédeas.
Sítio online: www.pimpumplay.pt



OUTRAS NOTÍCIAS
IPAM lança Latin Polish

IPAM lança Latin Polish


A Polónia tem sido sucessivamente apontada como das economias mais dinâmicas da União Europeia e são cada vez mais as empresas portuguesas a colocar este destino nas suas rotas de internacionalização....

Engenharia domina novas contratações

Engenharia domina novas contratações


A engenharia parece ser o principal motor das novas contratações nacionais. Apesar da taxa de 14,9% de desemprego registada, os licenciados nesta área, cada vez mais global, gozam...

Safira está a recrutar em Portugal

Safira está a recrutar em Portugal


A tecnológica Safira está a contrariar a adversidade nacional, apostando em novos recrutamentos. Depois de ter anunciado recentemente a sua aposta em Inglaterra e Angola e de ter recrutado, já este an...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT

Michael Page Portugal

ASSISTENTE DENTÁRIO - AMADORA

Kelly Services Portugal