Notícias

Alentejo dinamiza empresas

09.05.2003


  PARTILHAR






Cátia Mateus

A região alentejana conta a partir de agora com um novo apoio ao empreendedorismo.


Na CHAMA-SE "Começar" e é a mais recente aposta na dinamização do espírito empreendedor português.

A iniciativa está a dar os primeiros passos na região do Alentejo e tem por objectivo apoiar os jovens que pretendam lançar-se no mundo empresarial, através da concretização de uma ideia de negócio. Uma aposta estratégica numa região há muito castigada pelos efeitos do desemprego.

A par de outras iniciativas que Portugal tem visto nascer um pouco por todo o território, a aposta no estímulo ao empreendedorismo e criação de auto-emprego ganha também forma na região do Alentejo.

O "Começar" é um projecto liderado pela Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL) que visa "através da criação de gabinetes nos estabelecimentos de ensino superior da região, fomentar o empreendedorismo como uma porta de entrada para o mercado laboral".

Os primeiros gabinetes de apoio aos jovens empreendedores começam já a ganhar forma e segundo fonte da ADRAL, "o projecto contempla a prestação de apoio aos recém-licenciados, bacharéis ou jovens em fase de conclusão da licenciatura, no sentido de lhes fornecer ferramentas que lhes possibilitem dirigir com sucesso o seu próprio negócio ou empresa".

A apresentação do projecto será feita em várias instituições de ensino superior da região. Para a entidade promotora, a principal meta deste projecto é estimular a fixação dos jovens recém-licenciados na região, ao mesmo tempo que reforça a capacidade de iniciativa e o rejuvenescimento do tecido empresarial alentejano.

É que para a ADRAL, o desenvolvimento sustentado desta região do país passa antes de mais pela sua capacidade em atrair e fixar a população. A aposta nos jovens é pois vital já que "a falta de oportunidades no mercado de trabalho faz com que as novas gerações continuem a procurar alternativas noutras regiões do país, alimentando o êxodo do interior para o litoral".

O projecto "Começar" é financiado por fundos comunitários e reúne vários parceiros de mérito reconhecido na região do Alentejo, como sejam: a Universidade de Évora, os institutos politécnicos de Beja e Portalegre, o pólo de Beja da Universidade Moderna, o Núcleo do Alentejo da Associação Nacional de Jovens Empresários, o Banco Espírito Santo e o Instituto do Emprego e Formação Profissional.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ARQUITETO GRÂNDOLA

Michael Page Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER BEJA

Michael Page Portugal

ASSISTANT STORE MANAGER PORTALEGRE

Michael Page Portugal