Notícias

Almada lança manual de emprego

09.05.2003


  PARTILHAR




Fernanda Pedro

OS JOVENS que se iniciam no mercado de trabalho são por vezes assolados com inúmeras dúvidas ligadas ao mundo laboral. Os conhecimentos que adquirem na escola não os preparam para enfrentarem a burocracia que envolve a entrada na vida activa nem têm consciência relativamente às leis que os protegem.


Confrontada com esta situação, a Associação Almada Jovem decidiu avançar com um projecto que ajuda os jovens a ultrapassar as dificuldades na entrada da vida activa. Um manual com todas as informações necessárias quer ao nível fiscal quer legal.

A ideia surgiu quando Sónia Fanico, presidente da associação, Liliana Dias e Andreia Dias, vice-presidentes, entraram no mercado de trabalho. Todas elas, jovens na casa dos 23 e 24 anos, sentiram imensas dificuldades em gerir a burocracia inerente à entrada no mundo laboral.

Conscientes de que existem obstáculos para os quais nenhum jovem está preparado para ultrapassar, as três responsáveis decidiram avançar com a elaboração deste manual. "Depois de sair da faculdade, comecei a dar aulas e fiquei completamente apavorada com os papéis que tinha de preencher e as voltas que tinha de dar para ficar com a minha situação fiscal regularizada. Felizmente, tive apoio familiar para me orientar nessa missão mas verifiquei que necessitava de outro curso para me orientar dentro desse labirinto burocrático", revela Liliana Dias.

O mesmo aconteceu com Andreia. Perante uma situação difícil na sua primeira experiência profissional quase perdeu o emprego e tudo porque não sabia que a lei a protegia. "Foi necessário recorrer a um amigo para me ajudar a interpretar a legislação e a saber quais os direitos que defendiam naquela situação", recorda.

Estes são alguns dos problemas que podem surgir na vida dos jovens trabalhadores e o manual da Associação Almada Jovem poderá ajudá-los a suplantar estes obstáculos. "Esta será uma ferramenta muito útil para todos aqueles que ainda não se sabem defender nos locais de trabalho. Os contratos de trabalho são também difíceis de entender para muitos jovens", explica Sónia Fanico.

O trabalho final será impresso e estará disponível também no sítio da Associação (www.almadajovem.net).

A Associação Almada Jovem conta com cerca de 700 associados e desenvolve outras iniciativas. A formação é uma aposta desta instituição para este ano. "Estão previstas algumas acções de formação em gestão associativa, uma área onde não existe muita oferta mas é muito importante", conclui Liliana Dias.





DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNTANT BANKING SECTOR-PSA BANK

Spring Professional Portugal

ARCHITECT / PROJECT MANAGER

Michael Page Portugal

ASSISTANT ACCOUNTING CONTROLLER

Spring Professional Portugal