Notícias

AIMinho apoia empreendedorismo

AIMinho apoia empreendedorismo

A Associação Empresarial AIMinho está a estimular o empreendedorismono norte do país e vai apoiar a criação de 20 novas empresas.
06.08.2010 | Por Maribela Freitas


  PARTILHAR



A AIMinho apresentou recentemente os resultados do Desafio Ousar, um concurso/jogo de empreendedorismo que durante quatro meses mobilizou mais de 200 empreendedores das regiões norte e centro do país. Das propostas apresentadas a associação vai apoiar a criação de 20 novas empresas com ideias de negócio inovadoras. A iniciativa Desafio Ousar insere-se no Projeto Ousar – Criar, Competir e Inovar que tem como objetivo estimular e desenvolver o empreendedorismo e a inovação nas regiões do norte e centro do país. O projeto é financiado pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional, no âmbito do Programa Operacional Fatores de Competitividade e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

No Desafio Ousar, cuja primeira fase foi realizada através de uma plataforma online na Internet, registaram-se 234 empreendedores e foram apresentados 75 projetos e destes 60 foram concluídos e validados. Das ideias apresentadas, as três primeiras posições foram atribuídas às ideias de negócio GreenFeet (setor da Energia – Porto), Bioserviços (setor da Biotecnologia – Porto) e Biscoito Gourmet (setor das Indústrias Alimentares e Bebidas – Braga). André Vieira de Castro, vice-presidente da AIMinho revela que "esta é uma iniciativa fundamental ao tecido empresarial da região norte e centro pois apoia as empresas numa das fases mais frágeis do seu percurso" .

As 20 melhores candidaturas apresentadas – que se preparam agora para a segunda fase do Desafio Ousar, ou seja, a criação da empresa -, beneficiarão de apoio na elaboração dos planos de negócios, aconselhamento e assistência técnica no arranque da empresa. O apoio é facultado através da disponibilização de 100 horas de consultoria técnica especializada a cada candidatura. Destas as dez melhores beneficiam também de apoio na incubação durante seis meses. Os três primeiros ganharão ainda prémios não pecuniários constituídos por vales de consultoria para estudos especializados no valor de 3.250 euros, 1.625 euros e 650 euros respetivamente para o primeiro, segundo e terceiro lugar. Aos 20 projetos será ainda disponibilizado apoio na estruturação da ideia de negócio e na procura de financiamento. Poderão ainda contar com o apoio e acompanhamento da Rede Ousar Apoiar o Empreendedor, também desenvolvida no âmbito do projeto Ousar.

Braga, Porto e Aveiro foram os distritos que apresentaram mais projetos. Dos setores considerados preferenciais – TIC, Biotecnologia, Saúde e Bem Estar e Energia -, os que receberam maior número de candidaturas foram a Saúde e Bem Estar e as Tecnologias de Informação e Comunicação.



OUTRAS NOTÍCIAS
Apespe apoia recrutamento

Apespe apoia recrutamento


A conjuntura económica teima em permanecer adversa com impactos preocupantes no mercado de trabalho mas, apesar disso, o portal de emprego da Associação Portuguesa das Empresas do...

Comerciais precisam-se!

Comerciais precisam-se!


Os tempos são de crise, mas no mercado de trabalho continuam a surgir ofertas para a área comercial. E quem pretende encontrar emprego nesta atividade pode esperar remunerações variadas que diferem de...

Acesso ao ensino superior: Orienta-te!

Acesso ao ensino superior: Orienta-te!


Decidir o futuro pode ser muito angustiante. Para facilitar a tarefa aos jovens estudantes mais indecisos face a um vasto leque de hipóteses, a rede Universia volta a realizar a ediç&ati...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


FACILITIES MANAGER

Michael Page Portugal

FRONT END DEVELOPER

Adecco Recrutamento Especializado